Atingidos conseguem reunião com Renova, após 17 dias de ocupação

Em ocupação do escritório de Mariana (MG), atingidos pressionam fundação por auxílio financeiro emergencial, que quatro anos após rompimento ainda não chegou às famílias 

No MAB

Após 17 dias de ocupação do escritório da Fundação Renova, os atingidos conseguiram uma reunião nessa quarta-feira (19) com a Renova para debater o pagamento de auxílio financeiro emergencial para garimpeiros e pescadores. A Renova disse que primeiro fará o cadastramento das categorias de atingidos em agosto. A partir do cadastramento, será debatido o que cada família deve receber. A Renova informou que deve terminar o cadastramento em novembro de 2019 – quatro anos após o crime do rompimento da barragem de Mariana. 

(mais…)

Ler Mais

Justiça determina que a ANM suspenda pedidos de exploração mineral em unidades de conservação do AM

Agência Nacional de Mineração deverá atender à determinação judicial em 60 dias, sob pena de multa de diária de R$ 15 mil por descumprimento

Procuradoria da República no Amazonas

A pedido do Ministério Público Federal (MPF) em ação civil pública, a Justiça Federal determinou à Agência Nacional de Mineração (ANM) que suspenda os requerimentos de exploração mineral em unidades de conservação federais de uso sustentável no Amazonas, quando não houver plano de manejo aprovado que permita a atividade. Conforme a decisão, as medidas devem ser cumpridas em 60 dias, sendo prevista multa diária de R$ 15 mil, em caso de descumprimento.

(mais…)

Ler Mais

Desastre de Brumadinho: Copasa apresenta relatório sobre reserva hídrica da região metropolitana de BH

Ministérios Públicos e Defensorias apresentam nome da assessoria técnica para atingidos de Betim e mais quatro municípios

Ministério Público Federal em Minas Gerais

Em mais uma audiência de conciliação ocorrida ontem (18), na 6ª Vara da Fazenda Pública Estadual e Autarquias, em Belo Horizonte (MG), nas ações judiciais que tratam do desastre do rompimento da barragem da Vale na mina do Córrego do Feijão, a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) apresentou relatório indicando que, no pior cenário histórico na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), o nível dos reservatórios poderá ficar em situação crítica a partir de junho de 2020.

(mais…)

Ler Mais

Caso Samarco: Instituições e órgãos públicos reforçam proibição da pesca e consumo de peixe do rio Doce

Anvisa participou de reunião e informou que nota técnica emitida não fundamenta tomadas de decisão acerca de liberação ou proibição de pesca e consumo de pescado da área atingida pela lama

Ministério Público Federal no Espírito Santo

As instituições dos Sistema de Justiça do Espírito Santo que atuam em defesa das pessoas atingidas pelo rompimento da barragem de Fundão, ocorrido em 2015, em Mariana (MG), junto com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), o Instituto Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema/ES), a Agência Estadual de Recursos Hídricos (Agerh), Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e a Secretaria de Estado da Agricultura (Seag), divulgaram nota pública para reforçar que a pesca continua proibida, assim como o consumo de peixe proveniente do Rio Doce e da costa marinha afetada pelos rejeitos da Samarco.

(mais…)

Ler Mais

Vale desobedece ordem de paralisar minas de níquel no PA e é multada por Tribunal

A ordem para cessar todas as atividades nas minas Onça e Puma foi dada em 26/02. A multa é contada por dia de desobediência e pode passar de R$ 19,5 milhões

No MPF

A Vale desobedece, desde o dia 26 de fevereiro, uma ordem do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) para cessar todas as atividades na mineradora Onça Puma, que extrai e beneficia níquel no sudeste do Pará e causou graves danos ambientais que atingem os povos indígenas Xikrin e Kayapó. 

(mais…)

Ler Mais

Resistência popular é a única que pode barrar a mineração no RS

Importância da luta do povo pelo seu território foi reforçada em assembleia popular

Por Maiara Rauber, na Página do MST

“Apenas a mobilização popular tem o poder de equiparar a luta e a discussão com essas minerações”, enfatizou Caio dos Santos, pesquisador do Observatório dos Conflitos do Extremo Sul do Brasil, vinculado à Universidade Federal do Rio Grande (FURG), durante Assembleia Popular da Mineração em Eldorado do Sul, na região Metropolitana de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.

(mais…)

Ler Mais

Roraima exporta 194 kg de ouro à Índia sem ter nenhuma mina operando legalmente

Policiais federais, procuradores e técnicos da Agência Nacional de Mineração (ANM) tentam decifrar um enigma: como o ouro se tornou em 2019 o segundo maior produto de exportação de Roraima sem que o Estado tenha uma única mina operando legalmente?

por João Fellet, em BBC News Brasil

As exportações têm como destino quase exclusivo a Índia e ocorrem enquanto a Terra Indígena Yanomami, parcialmente localizada em Roraima, enfrenta a maior invasão de garimpeiros desde sua demarcação, nos anos 1990 – o que leva autoridades ouvidas pela BBC News Brasil a afirmar que o ouro exportado está sendo retirado ilegalmente do território indígena.

(mais…)

Ler Mais

Intercept publica, na Parte 5, os diálogos de Sérgio Moro e Deltan Dallagnol que embasaram a reportagem do dia 9/6

The Intercept Brasil

O INTERCEPT BRASIL publicou, no domingo, trechos de conversas entre Sergio Moro e Deltan Dallagnol que provocaram um terremoto político. Na reportagem, “Chats privados revelam colaboração proibida de Sergio Moro com Deltan Dallagnol na Lava Jato”, mostramos comportamentos proibidos e antiéticos entre o então juiz e o coordenador da Lava Jato que botam em questão o trabalho e a credibilidade de ambos.

No Intercept, sempre trabalhamos com o princípio de máxima transparência possível. Isso significa que colocamos links para fontes primárias, explicamos por que — excepcionalmente — preservamos a identidade de algumas das nossas fontes e sempre lutamos para publicar os documentos que embasam nossas investigações.

(mais…)

Ler Mais

Carta do V Encontro Popular da Bacia do Rio São Francisco

VELHO CHICO, TE QUEREMOS VIVO!

Na CPT/BA

Estivemos reunidos em Januária – MG, de 07 a 09 de junho de 2019, no V Encontro da Articulação Popular da Bacia do Rio São Francisco, 109 pessoas de 56 organizações de povos indígenas, quilombolas, geraiseiros/as e catingueiros/as de fundos e fechos de pasto, pescadores/as, pesquisadores/as, pastorais e de grupos urbanos das quatro regiões da Bacia – Alto, Médio, Submédio e Baixo. Desafiados e confiantes, olhamos para trás, para os aprendizados dos 14 anos de luta da articulação, para as dificuldades imensas da atualidade e para os compromissos que assumimos daqui para frente. No horizonte a necessidade de mobilização social mais competente e urgente para avançar na luta pela vida e dignidade dos humanos e da natureza da grande Bacia do Velho Chico. Bem mais do que constatamos, aqui mesmo, em maio de 2012, no III Encontro.

(mais…)

Ler Mais

Mina Guaíba: um empreendimento de altíssimo impacto ambiental e lobby da indústria dos combustíveis fósseis. Entrevista especial com Paulo Brack

Por: Patricia Fachin, em IHU On-Line

O projeto de abrir uma mina a céu aberto em uma área de quatro mil hectares nos municípios de Eldorado do Sul e Charqueadas “para trazer à tona 166 milhões de toneladas de carvão mineral para uso em gaseificação, termoelétricas a carvão, ou mesmo em um Polo Carboquímico”, proposto pela Copelmi Mineração, ainda não foi “explicitado e esclarecido à sociedade gaúcha”, adverte o biólogo Paulo Brack. Segundo ele, apesar de a região concentrar as maiores reservas de carvão do Rio Grande do Sul, o projeto da Mina Guaíba “surge a reboque do desejo de uma exploração mineral que representa o lobby da indústria dos combustíveis fósseis e por setores da economia imediatista, negacionistas das mudanças climáticas”, mas vai na contramão das orientações internacionais sobre a crise climática.

(mais…)

Ler Mais