BA – Trabalhadores/as debatem impactos da mineração e parques eólicos

Por CPT Juazeiro

“Uma destruição total, tanto da natureza como do sossego das pessoas que vivem ali”, relata Pedro Sérgio dos Santos se referindo à instalação de um parque eólico na vizinhança da sua comunidade. O jovem, nascido e criado na Taquara, localizada no município de Morro do Chapéu-BA, conta com tristeza as mudanças que ocorreram no local após a chegada do empreendimento há pouco mais de um ano. Entre as transformações nas paisagens e no cotidiano, os impactos nas relações de pertencimento e culturais é o que mais chama a atenção na fala de Pedro. (mais…)

Ler Mais

No Pará, famílias expulsas pela Vale agora brigam contra a Hydro

Para apostar na agricultura tradicional, comunidade do Tauá enfrentou a vigilância de drones, destruição das casas e poluição tóxica

Por Jessica Mota, da Agência Pública

O visitante desavisado que pega a PA-483 em Barcarena, ilha próxima a Belém do Pará, nem imagina o que se esconde por trás da floresta que margeia a estrada. A rodovia de duas mãos e duas pistas, sem acostamento, é rota de caminhões que vão e voltam dos portos de escoamento de multinacionais que exportam grãos, bois e alumina – substância-base do alumínio –, produções de muito peso na balança comercial brasileira. (mais…)

Ler Mais

América Latina e a busca de um modelo econômico pós-extrativista. Entrevista especial com Dário Bossi

Por: Patricia Fachin, no IHU

“Muitos pensam que não é um problema para um país depender economicamente dos recursos naturais que tem à disposição em seu território”, diz Dário Bossi à IHU On-Line. Entretanto, adverte, a pauta extrativista que visa à exploração de bens naturais propicia ao país “um desenvolvimento instável, fortemente dependente das flutuações dos preços internacionais das matérias-primas, de visão curta e sem futuro, pela finitude dos recursos à disposição”. (mais…)

Ler Mais

O mercúrio nas veias da Amazônia

Por Sucena Shkrada Resk*, Blog Cidadãos do Mundo

Quem dera que falar sobre “mercúrio” fosse um assunto somente de interesse da pauta astronômica? Voltando à realidade do planeta Terra, se trata dos impactos da contaminação pelo metal, altamente letal, um tema ainda subnotificado, que mexe em uma ferida aberta, em especial, na região amazônica, que vem se agravando ao longo dos anos e confirmado por exames e pesquisas realizadas em peixes, ribeirinhos e em povos indígenas. São populações que fazem parte desse ecossistema que sofre pressão de garimpos e, inclusive, de efeitos indiretos de hidrelétricas. O comprometimento com esta pauta ainda é incipiente na agenda das políticas públicas e, com isso, os problemas de saúde ambiental e de direitos humanos que representa podem ser muito maiores, pois estão interligados com outras agendas do mercado comercial e industrial internacionais. (mais…)

Ler Mais

A Vale está atropelando quilombolas com processos para duplicar ferrovia no Maranhão

Por Sabrina Felipe, no The Intercept Brasil

“O senhor se vê em alguma dessas quatro fotos, seu Benedito?”, pergunto ao lavrador Benedito Pires Belfort, 75 anos. Ele aperta os olhos, ajeita os óculos no rosto, se aproxima da tela do computador e examina as imagens. “Não, não me vejo.”

Informo a ele que foi com base em um boletim de ocorrência e nas quatro fotos em preto e branco apresentadas, bastante granuladas e com a maioria das 28 pessoas aparecendo de costas que ele e mais cinco quilombolas foram processados pela mineradora transnacional Vale S.A. em 2014. É impossível ver com nitidez o rosto das cinco que aparecem de frente. “É mesmo?!”, pergunta, rindo da inconsistência da ação de reintegração de posse ajuizada pela empresa. (mais…)

Ler Mais

MPF e MPPA apresentam novo texto com proposta de acordo para governo do Pará e Hydro

A minuta do acordo já foi enviada às partes. Acordo trata de medidas emergenciais e não implica retorno das atividades

Ministério Público Federal no Pará

O Ministério Público Federal (MPF) e o Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) apresentaram proposta de acordo para a implantação de medidas emergenciais relativas aos vazamentos na planta industrial da Hydro Alunorte em Barcarena (PA), ocorridos em fevereiro de 2018. O principal objetivo é a implantação de medidas com base nos princípios da precaução e prevenção, que permitam avaliar, indicar providências e cessar os danos socioambientais provocados pela atividade industrial da Hydro Alunorte, em decorrência dos vazamentos e de irregularidades verificadas a partir de fevereiro de 2018.  (mais…)

Ler Mais

Quilombolas marcham por Justiça e contra a mineração exploratória em Minas Gerais

Estudantes de Araçoais, norte do estado, denunciam a contaminação das águas e prisão ilegal de líder quilombola

por Juca Guimarães, em Brasil de Fato

A Marcha Lula Livre, que segue para Brasília, com o objetivo de garantir o registro da candidatura de Lula à eleição para a Presidência é uma inciativa de diversos movimentos sociais. Muitos dos marchantes também denunciam casos de prisões injustas, assim como a do ex-presidente. (mais…)

Ler Mais

Nota Pública: Juiz do caso Samarco – espetáculos, manobras e violação de direitos civis e políticos

Na última quarta-feira, 8, a Justiça e empresas criminosas Samarco/Vale/BHP realizaram um verdadeiro espetáculo ao qual foi dado o nome Sessão Solene de Conciliação, no Prédio da Justiça Federal, em Belo Horizonte.

No MAB

Com a participação dos advogados das empresas, órgãos públicos federais e dos estados do Espírito Santo e Minas Gerais, a “conciliação” de mais um documento jurídico orientador da reparação dos danos causados com rompimento da Barragem de Fundão foi firmada sem a participação dos atingidos, reais interessados e vítimas do crime. (mais…)

Ler Mais

MPF e MPRJ obtêm decisão liminar para redução de escória acumulada ao lado do Rio Paraíba do Sul (RJ)

A cada mês, CSN e metalúrgica Harsco terão que limitar a quantidade de escória recebida a 100% do volume removido no mês anterior

Procuradoria da República no Rio de Janeiro

Em ação civil pública movida pelo Ministério Público Federal (MPF) e pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ), a Justiça Federal concedeu liminar para determinar a redução da escória depositada ao lado do Rio Paraíba do Sul, no pátio da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), pela empresa metalúrgica Harsco. O acúmulo desse subproduto da fundição de minério para purificar metais chegou a atingir mais de 20 metros de altura. Pela liminar, a CSN e a Harsco deverão, de imediato, limitar a quantidade de escória recebida mensalmente a 100% do volume removido do pátio no mês anterior. (mais…)

Ler Mais

Caso Samarco: Nota de Esclarecimento sobre audiência judicial de conciliação ocorrida nesta quarta-feira(8)

O Ministério Público Federal (MPF), o Ministério Público do Estado de Minas Gerais (MP-MG), o Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MP-ES), a Defensoria Pública da União (DPU), a Defensoria Pública do Estado de Minas Gerais (DP-MG) e a Defensoria Pública do Espírito Santo (DP-ES) emitem nota de esclarecimento sobre a homologação do acordo ocorrida nesta quarta-feira(8).

No MPF

As seis Instituições que subscrevem esta Nota, surpresas com a inserção realizada pelo Juízo Federal da 12ª Vara de Belo Horizonte, quando da audiência judicial de conciliação realizada na data de ontem, criando condições que não haviam sido previstas nos acordos que firmaram com as empresas Vale S/A, BHP Billiton Brasil Ltda. e Samarco Mineração S/A, vêm esclarecer: (mais…)

Ler Mais