Primeira Conferencia Livre de Atingidos e Atingidas do país é realizada em Minas Gerais

No Mab

Primeira “Conferência Livre de Saúde das Atingidas e Atingidos” em todo o Brasil marca momento histórico na ultima sexta-feira, 12, em Brumadinho. Com a presença de 250 pessoas, atingidos por barragens de todo o estado de Minas Gerais e o tema “Água é vida: queremos viver com saúde”, o dia foi de debates e discussão da importância do direito à saúde, a manutenção do SUS e os problemas vividos pela população atingida por barragem.

(mais…)

Ler Mais

Em live com cinco indígenas levados por Nabhan Garcia, Bolsonaro defende exploração de terras, ataca Ibama, ONGs e ameaça cortar diretoria da Funai

Por Folhapress, na GaúchaZH

Em transmissão ao vivo pelas redes sociais de dentro do Palácio do Planalto, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) repetiu críticas da campanha: atacou fiscais do Ibama, ONGs e ameaçou cortar a diretoria da Funai.

Além de Bolsonaro, participaram do vídeo cinco indígenas de etnias diferentes, de diversas origens do país. Eles foram levados ao Planalto por Luiz Antonio Nabhan Garcia, ruralista e Secretário de Assuntos Fundiários do Ministério da Agricultura.

(mais…)

Ler Mais

Contaminação do Rio São Francisco pode afetar os diversos usos da água

Lama tóxica vinda do crime da Vale em Brumadinho pode restringir uso da água para consumo humano

Vanessa Gonzaga, Brasil de Fato

Após a chegada da lama tóxica da Vale nas barragens de Três Marias e Retiro Baixo, uma das preocupações tem sido a contaminação do Rio São Francisco, que em algumas cidades já vem apresentando sinais de contaminação, como a turbidez da água. Caso a suspeita de contaminação se concretize, serão mais de 500 municípios afetados social e economicamente.

(mais…)

Ler Mais

Rejeitos de Brumadinho chegam ao São Francisco e autoridades ainda não têm plano

Poderes municipais, estadual e federal ainda não sabem o que fazer para proteger o Velho Chico e as comunidades

Vinícius Sobreira, Brasil de Fato

No último dia 25 de janeiro, quando a barragem de Córrego do Feijão rompeu e devastou Brumadinho, poucos perceberam que o crime e a lama poderiam afetar a região Nordeste do país. Mas não tardou até que os rejeitos de minério matassem o rio Paraopeba, afluente do São Francisco em Minas Gerais, comprometendo a vida vegetal e animal na zona de mata atlântica, e seguissem em direção ao Velho Chico.

(mais…)

Ler Mais

Caso Hydro: imagens gravadas na planta industrial da empresa são investigadas pelo MPF e MPPA

Força-tarefa está verificando todos os registros das operações no dia 04/04/2019 e pedirá as análises necessárias

Ministério Público Federal no Pará

A força-tarefa formada pelo Ministério Público Federal (MPF) e o Ministério Público do Estado do Pará (MPPA), que atua no caso Hydro Alunorte, vem a público informar que está apurando as circunstâncias da situação registrada em vídeo que mostra o transbordamento do que parece ser uma bacia da planta industrial da empresa Hydro Alunorte, que teria ocorrido no dia 4 de abril passado.

(mais…)

Ler Mais

MPF pede explicação ao Ibama sobre conversão de multa aplicada à Vale

Ministro do meio ambiente teria afirmado que valor das multas aplicadas à mineradora seriam revertidas a sete parques no estado

Ministério Público Federal em Minas Gerais 

O Ministério Público Federal (MPF), por meio da Força-Tarefa Brumadinho, solicitou explicações ao presidente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) sobre a possível conversão em investimentos da multa de R$ 250 milhões aplicada à Vale S/A pelo rompimento de suas barragens na Mina Córrego do Feijão.

(mais…)

Ler Mais

Após crime de Brumadinho, ministro propõe “premiar” Vale com concessão de parques

Ricardo Salles propôs conceder sem licitação sete parques nacionais de Minas Gerais à mineradora Vale 

Leonardo Fernandes, Brasil de Fato

A empresa provoca um dano ambiental de enormes proporções, pelo qual é multada em R$ 250 milhões. Alguns meses depois, recebe “a incumbência” de cuidar do meio ambiente que ela mesma devastou. E com qual recurso? Com os mesmos R$ 250 milhões que ela havia desembolsado por conta da destruição provocada.

(mais…)

Ler Mais

Pior que Brumadinho: barragem na Bahia é interditada por risco de rompimento

Além de não existir monitoramento da barragem, estrutura já apresenta sinais de comprometimento

Correio24Horas

A barragem de rejeitos da mineração Grafite do Brasil, que fica em Maiquinique, foi interditada nesta terça-feira (9) pela Seção de Inspeção do Trabalho da Superintendência Regional do Trabalho na Bahia (STR/BA). Segundo o órgão, há risco iminente de rompimento da barragem e inundação por lama de rejeito nas instalações da empresa e no entorno da barragem nº1. Para os auditores-fiscais que estiveram no local, esta barragem possui maior risco à população do que a de Brumadinho.

(mais…)

Ler Mais

MPF vai à Justiça para obrigar Agência Nacional de Mineração a fiscalizar barragens inseguras em todo o país

Órgão também deve apresentar plano de reestruturação da atividade de fiscalização de barragens de mineração no Brasil

Ministério Público Federal em Minas Gerais

O Ministério Público Federal (MPF), por meio da Força-Tarefa Brumadinho, ajuizou ação civil pública, com pedido de liminar, para que a Agência Nacional de Mineração (ANM) e a União sejam obrigadas a realizar inspeções em todas as barragens de mineração consideradas inseguras ou com segurança inconclusiva. A ação pede que a fiscalização seja feita também nas certificadas como seguras, mas que estejam classificadas como Dano Potencial Associado (DPA) alto, considerando os novos parâmetros de declaração de estabilidade definidos na Resolução 4/2019 da ANM, que determina medidas regulatórias para assegurar a estabilidade de barragens de mineração construídas pelo método a montante ou por método declarado como desconhecido.

(mais…)

Ler Mais