PE – Arquidiocese recebe denúncias contra Suape

Moradores das comunidades impactadas pelo Complexo Industrial Portuário de Suape denunciaram as violações que vem sofrendo para membros da Comissão de Justiça de Paz da Arquidiocese de Olinda e Recife e Comissão de Direitos Humanos da OAB

Rosilene Miliotti¹, na Fase

A Comissão de Justiça de Paz da Arquidiocese de Olinda e Recife, juntamente com Fórum Suape², na tarde de ontem (20), deram continuidade ao diálogo estabelecido durante o encontro realizado com Dom Fernando Saburido, em dezembro de 2017, na comunidade quilombola Mercês, em Ipojuca (PE). Na ocasião, representantes da arquidiocese foram conversar e conhecer as famílias que estão tendo seus direitos violados. (mais…)

Ler Mais

Rio 2016: Mitos Olímpicos, Duras Realidades

Adam Talbot – RioOnWatch

A coletânea editada por Andrew Zimbalist intitulada Rio 2016: Olympic Myths, Hard Realities (Rio 2016: Mitos Olímpicos, Duras Realidades) é uma brilhante análise sobre os Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro e seu impacto na cidade. Como já é de conhecimento dos leitores deste site, os Jogos Olímpicos Rio 2016 foram caóticos, caracterizados por uma polícia violenta, remoções de favelas, degradação ambiental e uma série de outros abusos dos direitos humanos, além da corrupção e consequências econômicas que foram divulgadas na imprensa mundial. (mais…)

Ler Mais

Valor Inexplicável e Altíssimo na Conta de Luz Ameaça Rio das Pedras, Amplia Medo de Remoção

Tyler Strobl – RioOnWatch

O último ano, 2017, trouxe uma enorme pressão para Rio das Pedras, na Zona Oeste, na medida em que o Plano Estratégico do Prefeito Crivella a marcou para um projeto de verticalização, para substituir casas existentes por prédios de apartamentos. Poucas semanas após o ano novo, os moradores estão novamente pressionados, desta vez pela Light. Depois de aproveitar o feriado com suas famílias e amigos, os moradores ficaram chocados ao receber contas chegando a R$400, R$500, R$600, ou até mais. Um morador publicou uma foto no Facebook de uma conta da Light de mais de R$1.000. Isso para uma quitinete. (mais…)

Ler Mais

Cinco maneiras que ativistas de favelas usam o Facebook para resistirem às remoções

Lucas Smolcic Larson – RioOnWatch

No Brasil, 52.5% da população têm um perfil no Facebook, sendo o terceiro maior país em usuários no mundo. E as favelas são o coração da febre das redes sociais no país, já que 59% dos moradores de favela usam a internet, mais do que os 54% dos moradores do asfalto, de acordo com um estudo do Data Favela, de 2015. No Rio, 90% dos jovens de favela acessam a internet regularmente –apesar de suas comunidades serem algumas das últimas partes da cidade a receberem sistemas formais de telecomunicações– e mesmo com o padrão de exclusão das favelas quanto a infraestrutura tecnológica e serviços sociais. No entanto, a grande disponibilidade de smartphones e cobertura 4G permitem que muitos acessem a internet sem ter um computador. (mais…)

Ler Mais

‘Juntos Somos Mais Fortes’: Favelas Ameaçadas Lançam Frente Parlamentar Contra Remoções

Edmund Ruge – RioOnWatch

Na noite de 30 de novembro, líderes de comunidades de todo o Rio reuniram-se na Câmara Municipal para se manifestarem contra as remoções. O painel da noite marcou o lançamento da primeira “Frente Parlamentar Contra Remoções e Despejos“ do Rio, e contou com ativistas representando os bairros do Horto na Zona Sul, Barrinha, Rio das Pedras, Caetés e Araçatibana Zona Oeste, e Indiana, Rádio Sonda, e Maracajás na Zona Norte. (mais…)

Ler Mais

Intervenção federal despeja dezenas de famílias no interior do Paraná

Duas comunidades rurais de mais de 25 anos de existência foram surpreendidas, na manhã desta sexta-feira (01/12), por um grande aparato policial de reintegração de posse no município de Pinhão, no centro-sul do Paraná. Dezenas de famílias foram expulsas de suas casas devido a uma intervenção federal autorizada pelo Supremo Tribunal de Justiça (STJ), atendendo pedido da indústria madeireira Zattar

Júlio Carignano, no Porém.net / CPT

Segundo relatos dos moradores, a operação da PM do Paraná começou logo nas primeiras horas do dia. Os moradores foram expulsos de suas casas e na sequência as máquinas da empresa destruíram as residências, algumas delas de alvenaria. Escola, padaria comunitária e igreja também foram demolidas. A Prefeitura de Pinhão auxiliou no trabalho de remoção das famílias para outras localidades, porém a situação de moradia dos despejados segue indefinida. (mais…)

Ler Mais

Seminário discute experiências de mediações de conflitos pelo poder público

Por  Cristiano Müller, do CDES

No dia 08 e 09 de dezembro de 2016 o CDES Direitos Humanos realizou o Seminário sobre Experiências de Mediações de Conflitos pelo Poder Público. Essa atividade foi realizada juntamente com a Terra de Direitos, uma organização não governamental de direitos humanos sediada no Paraná, e também com o Fórum Sul de Reforma Urbana. (mais…)

Ler Mais

Trabalhadores Sem Teto sofrem truculência policial durante despejo em Vitória da Conquista

A polícia chegou fortemente armada e realizou disparos com bala de borracha contra os trabalhadores. Quatro pessoas estão hospitalizadas, entre elas um idoso e uma criança

Por Coletivo de Comunicação do MST na Bahia
Da Página do MST

Um verdadeiro cenário de terror foi montado na manhã desta segunda-feira (4), na ocupação do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) e do Movimento das Trabalhadoras e Trabalhadores por Direitos (MTD), durante despejo contra as famílias da ocupação Cidade Bonita, localizada às margens da BR 116, em Vitória da Conquista. (mais…)

Ler Mais

Favela Sustentável? Favelas e Ecologia contra remoção

Moradores de favelas do Rio estão lutando contra ameaças de remoção, criando novas identidades baseadas na preservação ecológica.

por Jennifer Chisholm*, no RioOnWatch

 Durante os preparativos para a Copa do Mundo de 2014 e para os Jogos Olímpicos de 2016 no Rio de Janeiro, remoções em massa deslocaram milhares de moradores na cidade. No entanto, moradores das favelas continuam sofrendo ameaças de remoção desde os megaeventos citados. A nova administração da cidade, liderada pelo Prefeito Marcelo Crivella, lamentou que a “moradia irregular” vem pressionando indevidamente um meio ambiente supostamente já frágil, e idealizou a criação de mais parques públicos e áreas de lazer na Zona Oeste da cidade através de remoções, em seu novo Plano Estratégico para 2017-2020. Embora esses planos tenham sido cancelados após protestos públicos de moradores e aliados, os ativistas continuam preocupados com futuras tentativas de remoção, em razão da conhecida antipatia de Crivella pelas favelas. (mais…)

Ler Mais

Comunidades do Rio se Unem para Protestar Contra Remoções

Tyler Strobl – RioOnWatch

Centenas de moradores do Rio se reuniram na Cidade de Deus na manhã de segunda-feira, 13 de novembro, e marcharam até a residência do Prefeito Marcelo Crivella na Barra da Tijuca, na Zona Oeste, em protesto contra inúmeras ameaças recentes de remoção por toda a cidade. Mais de 77 mil moradores de favelas foram removidos pelo último prefeito, Eduardo Paes, e no primeiro ano do governo de Crivella, uma combinação de ameaças de remoções antigas e novas, deixam milhares de moradores preocupados com suas casas e comunidades. Tendo prometido em época de campanha que iria cuidar dos cidadãos do Rio, muitos sentem que Crivella fez uma volta de 180 graus. (mais…)

Ler Mais