Acordo para leiloar direitos dos/as atingidos/as pelo crime da Vale e do Estado? Injustiça que clama aos céus!

Nota de repúdio ao Acordão que Governo de MG, MP/MG, DPE/MG e TJMG estão negociando com a mineradora Vale.

Após acompanharmos atentamente a Live de quase quatro horas via Youtube no canal Extensão PUC Minas, dia 10/11/2020, e a Audiência Pública da Comissão dos Direitos Humanos da ALMG, presidida pela Dep. Beatriz Cerqueira, dia 11/11/2020, mais de seis horas de duração, sobre proposta de Acordo que o Governo de Minas Gerais, Ministério Público de Minas (MP/MG), Defensoria Pública de Minas (DPE/MG) e TJMG estão negociando para celebrar com a mineradora Vale, temos o direito e o dever de repudiar com veemência o pretenso Acordo com a mineradora Vale, assassina reincidente e ré em vários processos judiciais.

(mais…)

Ler Mais

Governo impõe sigilo a decisões de junta que analisa compra polêmica de satélite por R$ 145 milhões

ClimaInfo

Você se lembra da compra daquele satélite de R$ 145 milhões que os militares queriam, mas que acabou não indo pra frente por cortes de despesas? Pois bem: a Piauí revelou que as decisões da Junta de Execução Orçamentária (JEO), responsável por garantir o equilíbrio das contas públicas da União, foram classificadas como “reservadas” pela Presidência da República. Foi por determinação da JEO que o ministério da defesa teve que suspender a operação, tida como a 1ª fase de um novo sistema de monitoramento espacial orçado preliminarmente em mais de R$ 575 milhões.

(mais…)

Ler Mais

Nunca se viu um governo tão abençoado: fundamentos teológicos do bolsonarismo. Por Fábio Py

“Nunca se viu um presidente tão afinado com as grandes estruturas cristãs. Nunca se viu um dirigente que falasse tanto de deus nos discursos oficiais para sensibilizar sua base social promovendo-se um “rei-presidente segundo o coração de deus”, escreve Fábio Py, doutor em teologia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro – PUC-RIO e professor do Programa de Pós-Graduação em Políticas Sociais da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro – UENF.

IHU On-Line

Mesmo diante das denúncias sobre sua família, mesmo com a postura agressiva para com a imprensa, mesmo com a não adoção de medidas integradas contra a Covid-19, negando que combate à pandemia deve ser concebido como política de estado, Jair Messias Bolsonaro surpreendentemente amplificou sua base social de 31% para 40%, segundo última pesquisa. A pergunta óbvia é entender como o governante consegue manter a adesão social a seu governo tão pouco preocupado com políticas populares? Como um governo tão ligado às práticas da ‘velha’ política como rachadinhas e a negociação de cargos no parlamento segue mantendo e amplificando sua base social? Um dos indícios de sua aprovação está na capacidade de se comunicar ao público preferencial: o cristianismo conversador. Seus discursos são sempre no mesmo tom. Salpicando expressões cristãs ligadas do fundamentalismo, versa sobre liberalismo de mercado até a questão da reforma da previdência.

(mais…)

Ler Mais

Militares usam verba da proteção da Amazônia para reformar quartéis

ClimaInfo

Dinheiro que deveria estar sendo efetivamente gasto para conter o desmatamento e as queimadas na Amazônia está sendo utilizado para a compra de latas de tinta, portas e janelas, troca de telhados, instalações elétricas, entre outros itens que pouco ou nada têm a ver com a proteção do meio ambiente. Esse é o balanço da análise feita pela Piauí sobre os gastos da Operação Verde Brasil 2, iniciada em maio passado sob comando das Forças Armadas como a principal iniciativa do governo Bolsonaro para reduzir a taxa de desmatamento na Floresta Amazônica. No entanto, parte desses recursos está financiando a reforma de instalações militares.

(mais…)

Ler Mais

Ministério da Agricultura reforça ofensiva para derrubar Guia Alimentar, referência internacional

Nota elaborada a pedido da ministra Tereza Cristina solicita modificações em documento do Ministério da Saúde sobre alimentação adequada e saudável.

por Guilherme Zocchio, em O Joio e O Trigo / IHU On-Line

A ministra da Pecuária, Agricultura e Abastecimento (MAPA), Tereza Cristina, requisitou ao Ministério da Saúde a revisão do Guia Alimentar para a População Brasileira. Na Nota Técnica nº 42/2020, assinada pelo chefe do seu gabinete, servidores do MAPA refutam argumentos contidos no Guia fundamentados na classificação NOVA.

(mais…)

Ler Mais

“Não podemos compactuar com atos de violação de direitos humanos e crimes financeiros”, diz bispo angolano sobre ruptura com Edir Macedo

Em entrevista à Pública, o bispo Felner Batalha, o primeiro a ser ordenado em Angola, explica a origem da revolta dos religiosos angolanos e diz que o líder da Universal tinha conhecimento dos problemas da igreja no país africano, mas não agiu para coibir os delitos

Por Tatiana Merlino, em Agência Pública

“Eu prefiro morrer do que perder essa causa para um negro.” “Não se deve dar pérolas aos porcos.” “Os africanos cheiram mal.” “Os negros têm lábios grossos e nariz avantajados porque seus antepassados olhavam para gorilas e macacos nas selva.” Essas são algumas das frases racistas que líderes religiosos brasileiros da Igreja Universal do Reino de Deus (Iurd), entre eles seu líder máximo, Edir Macedo, teriam dito a bispos e pastores em Angola, onde a igreja está instalada desde 1992.

(mais…)

Ler Mais

Esplanada da Morte (XIX) — Como o Congresso ajudou a criar condições para o genocídio

Parlamentares evitaram crise mais grave com auxílio emergencial, mas antes aprovaram projetos de desmantelamento de políticas públicas; enquanto Rodrigo Maia fecha com agenda de Paulo Guedes, Davi Alcolumbre busca apoio inconstitucional para reeleição

Por Leonardo Fuhrmann, em De Olho nos Ruralistas

Mesmo com alguns atritos com o presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo Guedes, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), tem sido um dos principais defensores do teto de gastos e também das reformas, como a trabalhista e a previdenciária. A diminuição dos investimentos é um dos fatores que deixou o país mais vulnerável à pandemia e com menos condições de controlar seu avanço. Apesar de desentendimentos casuais com Guedes, primeiro retratado nesta série de reportagens, as semelhanças nos objetivos de ambos permanecem as mesmas.

(mais…)

Ler Mais