666: Portaria de Moro permite deportar “pessoas perigosas” com investigações “em curso”

Texto foi assinado em 25 de julho, mesmo dia em que Operação Spoofing colheu depoimento de supostos “hackers”

Por Opera Mundi*, no Brasil de Fato

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, editou, na quinta (25), uma portaria, de número 666, que regula a deportação ou encurtamento da estadia no Brasil de pessoas consideradas “perigosas” ou “suspeitas” de praticar atos que contrariem a Constituição da República.

(mais…)

Ler Mais

MPF requer arquivamento de ações que tentam impedir continuação da Vaza Jato. Uma delas é de deputado do PSL

Por Rafael Moro Martins, Tatiana Dias, no The Intercept Brasil

O PROCURADOR MARCUS MARCELUS GONZAGA GOULART, do Ministério Público Federal, requereu à justiça o arquivamento de dois pedidos de censura ao Intercept. Um deles foi feito por um político do PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, o deputado federal cearense Heitor Freire, e, o outro, por alguém que pediu sigilo sobre a identidade.

(mais…)

Ler Mais

Incra diz que desapropriação de R$ 41 milhões no MT que beneficiou pai, tios e primos de Deltan Dallagnol foi ilegal

Presidente do órgão, general João Carlos de Jesus Corrêa investiga indenizações, diante dos “indícios de irregularidades” praticadas por servidores; família do procurador cedeu mais de 36 mil hectares para a reforma agrária e recebeu a maior bolada, R$ 37 milhões

Por Leonardo Fuhrmann e Alceu Luís Castilho, em De Olho nos Ruralistas

O Conselho Diretor do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) abriu em maio um procedimento para investigar irregularidades na desapropriação dos imóveis que constituem a Fazenda Japuranã, em Nova Bandeirantes (MT), em região de floresta na Amazônia Legal. Entre os beneficiários da megadesapropriação estão pelo menos 14 parentes de Deltan Dallagnol, coordenador da Operação Lava Jato em Curitiba. Entre eles o pai do procurador da República, o ex-procurador Agenor Dallagnol. Somente a família de Deltan recebeu R$ 36,9 milhões em dezembro de 2016, durante o governo Temer, diante da desapropriação de pelo menos 37 mil hectares no município, no noroeste do Mato Grosso.

(mais…)

Ler Mais

Toffoli suspende inquéritos contra Flávio Bolsonaro baseados em dados do Coaf

A pedido do senador e filho do presidente, ministro do STF paralisa investigações como as do caso Queiroz por tempo indeterminado

Por Redação RBA

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, suspendeu os inquéritos que envolvem o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) , que tramitem em todas as instâncias da Justiça e que tenham partido de dados compartilhados por órgãos de controle. A suspensão atende a pedido do próprio parlamentar, filho do presidente Jair Bolsonaro. Flávio alega que os dados obtidos pelo Conselho de Controle de Atividades Fiscais (Coaf) não tiveram prévia autorização judicial.

(mais…)

Ler Mais

Tariq Ali: “Você olha para Sergio Moro e não vê a cara da Justiça”

Escritor paquistanês diz que Moro é “enganador e corrupto” e conta sobre “Em defesa de Julian Assange”, livro que reúne textos de Noam Chomsky, Chelsea Manning, entre outros

Por Natalia Viana, Agência Pública

Defender Julian Assange é defender o direito que as pessoas têm de saber como estão sendo governadas. É essa a opinião de Tariq Ali, intelectual e escritor paquistanês que lança em agosto o livro “Em Defesa de Julian Assange” (In defence of Julian Assange), que reúne textos de Noam Chomsky, Daniel Ellsberg, Chelsea Manning, Ai Weiwei e Slavoj Žižek, entre outros autores, analisando a situação do australiano fundador do Wikileaks. A autora desta entrevista também colaborou para o livro, que está em pré-venda, em inglês, no site da editora ER Books. Toda a renda será revertida para a organização Courage Foundation, que auxilia Assange e apoia pessoas que vazam informações.

(mais…)

Ler Mais

Jaques Wagner aciona PGR e TCU para investigar suspeita de fraude em banca organizadora de concurso para diplomata

Senador pede apuração para averiguar troca sem licitação de instituto que faz provas para concurso do Itamaraty

Por George Marques, na Revista Fórum

O senador Jaques Wagner (PT-BA) protocolou, nesta quarta-feira (3) representações solicitando que o Tribunal de Contas da União (TCU) e a Procuradoria-Geral da República (PGR) investiguem se houve fraude no processo de troca da banca organizadora do concurso de admissão para a carreira de diplomata.

(mais…)

Ler Mais