Todo o episódio estrelado por Joesley causa, a cada curva, novo espanto. Por Janio de Freitas

Na Folha

O assunto é sério demais para que tenha a sepultá-lo dois despachos simples. O primeiro já dado, com a recusa ao pedido de investigação, por alegada insuficiência de indícios. Não é bem assim. E há casos em que sua gravidade justifica o mínimo necessário para permitir uma investigação preliminar.

A Procuradoria-Geral da República entende que em dado telefonema gravado pode referir-se à compra de sentenças judiciais pela J&F, holding, ou empresa central, do grupo controlado pelos irmãos Joesley e Wesley Batista. A conversa foi entre Francisco de Assis, diretor jurídico da J&F, e uma advogada a serviço da empresa. A Procuradoria-Geral pediu autorização ao Supremo para levantar sentenças judiciais envolvendo a J&F e, se houver, investigar as de lisura pouco clara. O ministro Ricardo Lewandowski negou a permissão, em nome das exigências convencionais. (mais…)

Ler Mais

Parece que ministro da Justiça só viu agora Tropa de Elite 2, diz Freixo, por Leonardo Sakamoto

Blog do Sakamoto

”Seria muito grave se o ministro da Justiça ouvisse o que disse o ministro da Justiça.” A opinião é do deputado estadual Marcelo Freixo (PSOL-RJ), que conversou com este blog sobre a crise institucional aberta após as duras acusações feitas pelo ministro da Justiça, Torquato Jardim, à cúpula da Polícia Militar e ao governo do Rio de Janeiro em entrevista ao jornalista Josias de Souza, do UOL. Torquato afirmou que o governador Luiz Fernando Pezão e sua equipe não controlam a PM e ”comandantes de batalhão são sócios do crime organizado”. (mais…)

Ler Mais

MPF pede a condenação de ex-secretária de Meio Ambiente e deputado por interferência em operação do ICMBio no AM

Acusados respondem na Justiça pela prática de atos de improbidade que acarretaram a expulsão de servidores do ICMBio do município de Lábrea, em março de 2010, após ameaças e ofensas

MPF/AM

O Ministério Público Federal (MPF) no Amazonas pediu a condenação da ex-secretária estadual de Meio Ambiente (SDS) Nádia Ferreira, do ex-diretor-presidente do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) Graco Diniz Fregapani e do deputado estadual Adjuto Afonso (PDT), por intimidar e constranger servidores públicos do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) durante a realização da Operação Matrinxã, no município de Lábrea (a 702 quilômetros de Manaus), em 2010. (mais…)

Ler Mais

MPF/PE consegue liminar que garante contrato da União com a Hemobrás

Decisão impede eventual transferência de tecnologia para processamento de plasma para o Paraná

MPF PE

Atendendo a pedido feito em ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público Federal em Pernambuco (MPF/PE), a Justiça Federal proferiu decisão liminar garantindo a manutenção do contrato firmado entre a União, por meio do Ministério da Saúde (MS), e a Empresa Brasileira de Hemoderivados e Biotecnologia (Hemobrás), impedindo eventual transferência de tecnologia para processamento de plasma para o Paraná, conforme defendido publicamente pelo MS. O caso é de responsabilidade da procuradora da República Silvia Regina Pontes Lopes.

(mais…)

Ler Mais

A canalhocracia e os direitos sociais

Por Wagner Giron de la Torre, no Justificando

Como bem salientado pelo jornalista Kiko Nogueira, o ambiente de deboche, canalhice saltitante e impunidade foi bem representado na dancinha, sob a música “tudo está no seu lugar” de Benito Di Paula, pelo deputado federal do PMDB, Carlos Marun, um dos baluartes da defesa mercenária em prol da manutenção de Michel Temer no poder nesta última semana. (mais…)

Ler Mais

Deputado vende voto, mas não é suicida: Temer não deve mudar Previdência, por Leonardo Sakamoto

Blog do Sakamoto

Michel Temer teve 251 votos, na Câmara dos Deputados, nesta quarta (25), para mante-lo no poder. Foram dados por alguns poucos amigos, um punhado de sequestradores e muitos clientes. A diferença entre o ”Fica, Temer” e o ”Fora, Temer” foi de 18 juras de amor ao microfone – menor, portanto, que as 33 que conseguiu na rejeição à denúncia anterior da Procuradoria-Geral da República. (mais…)

Ler Mais

55% dos novos votos a favor de Temer saíram da Frente Parlamentar da Agropecuária

Porcentagem na 1ª votação, em agosto, tinha sido de 51%; 137 dos 251 votos ontem foram de integrantes da FPA: entre eles, 112 votaram contra Dilma e duas vezes a favor de Temer

Por Alceu Luís Castilho* – De Olho nos Ruralistas

Aumenta a porcentagem de deputados, entre os decididos a preservar o mandato de Michel Temer, que fazem parte da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA). Nesta quarta-feira, na Câmara, 54,58% dos votos a favor do presidente saíram dessa frente, o braço institucional da bancada ruralista. Isso significa um total de 137 parlamentares entre os 251 que livraram Temer de outra investigação. O levantamento foi feito pelo De Olho nos Ruralistas. (mais…)

Ler Mais

Custo de denúncias contra Temer alcança R$ 32,1 bi

A negociação política para barrar duas denúncias criminais contra o presidente da República, Michel Temer, tem um custo que pode chegar a R$ 32,1 bilhões. Essa é a soma de diversas concessões e medidas do governo negociadas com parlamentares da Câmara entre junho e outubro, desde que Temer foi denunciado pela primeira vez, por corrupção passiva, até a votação da segunda acusação formal, pelos crimes de organização criminosa e obstrução da Justiça – o que está previsto para esta quarta-feira, 25

Felipe Frazão – O Estado de S. Paulo / IHU On-Line

O preço para impedir o prosseguimento das denúncias supera em R$ 6 bilhões os recursos previstos por Temer para pagar parcelas de famílias beneficiárias do programa Bolsa Família ao longo do ano que vem. O programa de complementação de renda foi orçado em R$ 26 bilhões, em 2018. Também é maior do que o custo total para a construção da Usina Hidrelétrica Belo Monte, atualmente estimado em cerca de R$ 30 bilhões. (mais…)

Ler Mais

Piabódromo: Cadê os três caras-pintadas de Barcelos?, por José Ribamar Bessa Freire

No Taqui Pra Ti

“Sou caboclo, sou amazônida!  Não nego não. Eu sou rio,
Sou floresta. Eu sou a natureza, a cultura e a história”.
(Josias e Gláucio Matos – Ethos Caboclo –  2018)

Setembro de 1992. O movimento dos cara-pintadas ocupava ruas e avenidas de todo o país exigindo o impeachment do presidente Collor de Mello, mas na cidadezinha de Barcelos, no Amazonas, seus vinte mil moradores permaneciam inertes, salvo três pessoas que desfilaram solitariamente com um cartaz “Fora Collor” pela avenida Ajuricaba, cruzaram a Lobo D’Almada e dispersaram na Dom Bosco. Esses três eram “os agentes da História”. (mais…)

Ler Mais