Opus Dei, a herdeira investigada

A ordem enfrenta atualmente processos judiciais no Uruguai e na Argentina em que os requerentes a acusam de pressões indevidas e métodos abusivos para ficar com a herança de idosos

Por Paula Bistagnino*, na Agência Pública

Em 16 de outubro de 2008, o telefone tocou na casa de María Elena Abazo, na cidade de Buenos Aires. Seu tio, Francisco Noreiko, de 81 anos, havia capotado a caminhonete enquanto dirigia pela rota 11 na cidade de Salta, na Argentina, até sua fazenda em La Caldera. Quando a família recebeu a notícia, já haviam se passado 15 dias desde o acidente. Francisco estava paraplégico e imobilizado devido a fraturas na coluna e não conseguia falar.

(mais…)

Ler Mais

Governo Bolsonaro implanta agentes da Abin em diversos ministérios

Pelo menos 15 agentes foram lotados em ministérios como Economia, Infraestrutura, Saúde e Casa Civil; agente da Abin, Rafael Augusto Pinto é o responsável pelo relacionamento com ONGs na Secretaria de Governo

Por Vasconcelo Quadros, em Agência Pública

O avanço da atuação da Abin no governo Bolsonaro vai além da denúncia recente de que o órgão produziu pelo menos dois relatórios orientando a defesa de Flávio Bolsonaro no caso das “rachadinhas”. Uma investigação da Agência Pública revela como o presidente Jair Bolsonaro tem usado o órgão para fortalecer a espionagem sobre áreas críticas do governo, contra adversários, organizações não-governamentais (ONGs) críticas às políticas ambiental, indigenista e de direitos humanos. 

(mais…)

Ler Mais

MPF pede explicações do governo sobre retirada do ipê da lista internacional de proteção

Por Felipe Campinas, no Amazonas Atual

MANAUS – O MPF (Ministério Público Federal) solicitou que o Ministério do Meio Ambiente explique os critérios que embasaram a retirada do ipê da lista internacional de proteção de espécies ameaçadas. Segundo o procurador da República Leonardo Galiano, a Operação Arquimedes, que investiga exploração ilegal de madeira na Amazônia, revelou que o ipê é a espécie mais explorada na região.

(mais…)

Ler Mais

CNS e CNDH protocolam no STF manifesto contra tentativa de censura ao deputado Alexandre Padilha, por defender a Reforma Psiquiátrica

O deputado vem sofrendo represálias por se posicionar sobre a Reforma Psiquiátrica Brasileira. O documento também foi protocolado no Conselho Federal de Medicina

CNS

Na manhã desta quinta (10/12), o Conselho Nacional de Saúde (CNS) e o Conselho Nacional de Direitos Humanos (CNDH) protocolaram manifesto em defesa da liberdade de expressão e opinião do médico e deputado federal Alexandre Padilha. O documento foi entregue no Supremo Tribunal Federal (STF) e no Conselho Federal de Medicina (CFM), em Brasília. Padilha vem sofrendo represálias por parte do Conselho Regional de Medicina de São Paulo (Cremesp) por defender os princípios da Reforma Psiquiátrica Brasileira.

(mais…)

Ler Mais

Justiça discute se dívida de cervejaria com o RJ pode ser parcelada em mais de 2 mil anos. Decisão já foi favorável em primeira instância

Nos cálculos da Procuradoria Geral do Estado, a conta de R$ 1,2 bilhão só seria quitada em 4105.

Por Nicolás Satriano, G1 Rio

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) deve analisar e definir se a dívida de uma empresa do grupo Cervejaria Petrópolis com o Rio de Janeiro poderá ser parcelada em mais de 2 mil anos.

A previsão era que houvesse um resultado do julgamento até esta segunda-feira (7).

(mais…)

Ler Mais

A impunidade do governo está assegurada, protegida pelo esquecimento fácil. Por Janio de Freitas

Escândalo sobre testes entulhados não durou, e retorno das contaminações deve-se, em parte, à falta de informação

Na Folha

Vida curta, umas 72 horas, a do escândalo de testes da pandemia entulhados em Guarulhos. O retorno das contaminações em massa deve-se, em parte, à baixíssima aplicação pública de testes. À falta de explicação, Bolsonaro recorreu à condição de farsante profissional e mentiu que “todo o material foi enviado aos estados e municípios”. Mas não faltaram crimes contra a saúde pública e de administração perdulária.

(mais…)

Ler Mais

A madeira vai às urnas: os candidatos das toras na Amazônia

Dezoito donos de empresas do setor tentam ser prefeitos nas regiões Norte e Centro-Oeste; parte da madeira explorada por políticos é exportada para Estados Unidos e Canadá; em Matupá (MT), prefeito latifundiário cedeu terra pública para madeireira de possível sucessor

Por Alceu Luís Castilho, Bruno Stankevicius Bassi e Priscilla Arroyo, no De Olho nos Ruralistas

Em seu quarto mandato como prefeito de Matupá (MT), Valter Miotto (MDB) é dono de 12 mil hectares de terras no município, divididos em oito propriedades rurais. Em 2001, ele promulgou uma lei que teve um fim muito específico: doar um lote urbano de 28 mil metros quadrados para a madeireira Suprema Esquadrias de Madeira Ltda, empresa de Fernando Zafonato (DEM), prefeito de Matupá entre 2009 e 2012, hoje seu rival político e candidato que lidera as pesquisas de intenção de voto no município no norte do Mato Grosso. O documento mencionado é da própria prefeitura.

(mais…)

Ler Mais

Candidato a prefeito na Chapada dos Guimarães compra terreno da reforma agrária por R$ 10 mil

Apoiado pelo Japonês da Federal, Ricardo Sarmento (DEM) adquiriu a terra de um analfabeto surdo-mudo por meio de procuração, em 2001; propriedade fica em área que atraiu mansões e resorts e teve valorização de 3.900% em quase vinte anos

Por Priscilla Arroyo, no De Olho nos Ruralistas

A 67 quilômetros de Cuiabá, no lote 6 do assentamento PA Quilombo, legumes e hortaliças orgânicas poderiam ter sido produzidos por José de Lima Gregório, homem simples e analfabeto. Mas a agricultura camponesa não existe no local. A propriedade de seu José, de 15 hectares, foi vendida há dezenove anos para Ricardo Sarmento (DEM) – candidato à prefeitura da Chapada dos Guimarães (MT) – por R$ 10 mil, por meio de procuração.

(mais…)

Ler Mais