Bolsonaro insulta jornalistas em vez de dar respostas sobre seu governo. Por Janio de Freitas

Presidente não dá explicação satisfatória às relações comerciais do seu secretário de Comunicação

Na Folha

“Cala a boca!”. “Você tá falando da tua mãe?“. Ainda não foi dessa vez. A repórter e o colega ficaram impassíveis, tal como outros jornalistas profissionais têm suportado as reações de Jair Bolsonaro a perguntas que não pode responder, apesar de legítimas e necessárias. Mas não está eliminada a possibilidade, um dia qualquer, de que um repórter não aceite ver sua mãe em frase de moleques, e reaja à altura. Pode ser outra a frase insultuosa, e sempre será uma situação sem precedente, porém não exótica.

(mais…)

Ler Mais

Japoneses abrem mão de contratos milionários com o governo por medo de corrupção

Por Vicente Souza, no Blog do Vicente/Correio Braziliense

Uma das maiores empresas de comunicação digital do país, a Isobar, controlada pelo grupo japonês DAN, decidiu abrir mão de contratos milionários com o governo e empresas estatais temendo se envolver com corrupção. A Isobar tem contratos com a Secretaria de Comunicação da Presidência da República (Secom), que está no meio de denúncia de favorecimento do secretário Fábio Wajngarten, e com o Banco do Brasil.

(mais…)

Ler Mais

Onde está o fim do caso Flávio Bolsonaro. Por Janio de Freitas

Indícios para uma investigação levada até o final são numerosas

Na Folha

Se as investigações irão até o fim, é a expectativa de sempre, mas com a curiosidade diminuída no caso do Bolsa Família particular criado pelos Bolsonaro. O endereço do fim não é obscuro, mais do que sugerido por indícios acumulados desde os primeiros sinais do caso. Quase se diria que as revelações começaram pelo que seria o seu final.

(mais…)

Ler Mais

Caso Marielle, um teste definitivo para Moro

Se o ministro decidir entrar furtivamente no caso Marielle, seu comportamento será um teste definitivo para saber se é somente o ministro da Justiça do Governo ou também o advogado de defesa do presidente

por Juan Aria, em El País

O ministro da Justiça de Jair Bolsonaro, o ex-juiz da Lava Jato, Sergio Moro, apesar de não estar à frente do caso Marielle, o assassinato que a cada dia se enche de novas nuvens e suspeitas de que nele, de alguma forma, a família do presidente brasileiro tenha estado envolvida, no entanto, se encontra no dilema de ser o ministro da Justiça do Governo ou o advogado de defesa do presidente e seus filhos.

(mais…)

Ler Mais

Perícia incompleta em áudios do condomínio de Bolsonaro expõe nova falha em caso Marielle

Laudo feito pela promotoria mostra que investigadores não auditaram material original, mas o recebido dos funcionários do complexo de luxo. Laudo ficou pronto no mesmo dia da coletiva de imprensa das promotoras, na quarta

por Daniel Haidar, em El País

Em uma investigação marcada por falsos testemunhos e versões conflitantes, um laudo produzido pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro escancarou nesta quinta-feira mais uma falha nos trabalhos de elucidação do assassinato de Marielle Franco e de seu motorista, Anderson Gomes. Documento anexado aos autos do caso mostra que a Promotoria não examinou a possibilidade de que os arquivos de áudio que tratam da entrada de visitantes no condomínio do presidente Jair Bolsonaro e do ex-policial Ronnie Lessa, acusado de ser o atirador que matou a vereadora, tenham sido alterados antes de enviados às autoridades.

(mais…)

Ler Mais

Nota Pública dos Servidores Ambientais Federais (MMA, Ibama, ICMBio e SFB) sobre o maior desastre ambiental de vazamento de óleo no Brasil

Na Ascema

Em 22 de outubro de 2019.

Num único ato, o decreto 9.759 de 11 de abril de 2019, o atual presidente da república extinguiu diversos colegiados, dentre os quais aqueles que estariam responsáveis por operacionalizar e acionar o Plano Nacional de Contingência – PNC (1). Em claro ato de improbidade administrativa, que atenta contra os princípios da administração pública, extinguiu, de forma unicamente ideológica, tudo aquilo que não é do seu governo, sem qualquer motivação razoável. Tal irresponsabilidade deixou o país desguarnecido para esta situação de crise nacional, que se configura no maior desastre ambiental de vazamento de óleo no Brasil, cujas consequências ambientais e sociais são agravadas a cada momento de lentidão e improviso.

(mais…)

Ler Mais

Calote bilionário

O Ibama tem R$ 59 bi em multas ambientais para receber. Mas o governo está abrindo mão desse dinheiro

por Aldem Bourscheit, Alexandre de Santi, Stefano Wrobleski, Sérgio Spagnuolo, em The Intercept Brasil

DESDE QUE ASSUMIU, o presidente Jair Bolsonaro tem afirmado que o Ibama é uma “indústria de multas”. Para ele, o órgão federal aplica punições contra crimes ambientais de forma “ideológica” para prejudicar empreendedores na cidade e no campo.

(mais…)

Ler Mais

Corrupção: aparência e realidade. Por Marcio Sotelo Felippe

Na Revista Cult

Conhecer é distinguir entre aparência e realidade. Quem olha para o céu estrelado e não conhece o cosmos terá a plena convicção de que as estrelas são menores do que a lua e nem estão muito distantes dela. Poderá até mesmo medir a distância entre os astros pelo tamanho do seu dedo. Em um dia de sol terá também a absoluta convicção de que o sol se movimenta e a terra não.

(mais…)

Ler Mais

Treta no PSL: Bolsonaro prometeu ordem no Brasil, mas nem militares e PMs seguram o caos do governo. Por João Filho

No The Intercept Brasil

O BRASIL parou para acompanhar uma grotesca briga pelo controle do PSL nessa semana. O baixo clero recém-empoderado pautou o país ao protagonizar uma disputa pelo controle do partido de aluguel que abrigou o bolsonarismo. Estão em jogo os R$ 350 milhões do fundo partidário do PSL para as eleições do ano que vem.

A treta foi feia, cheia de ataques, espionagens, grampos, ameaças e xingamentos entre os representantes da chamada nova política. O racha não se deu por divergências ideológicas ou programáticas, mas por grana e poder. Bem vindos à “nova era”.

(mais…)

Ler Mais