Tacla Durán reforça suspeita da existência de indústria da delação dentro da Lava Jato

Por João Filho, no The Intercept Brasil

Enquanto Sérgio Moro era premiado pela realeza de um paraíso fiscal chamado Mônaco, um ex-advogado da Odebrecht denunciava na Câmara a existência de uma quadrilha criminosa operando dentro da própria Lava Jato. Morando na Espanha por ter dupla cidadania e considerado foragido por Moro, Rodrigo Tacla Durán falou durante 4 horas por videoconferência aos deputados. Ele reiterou as acusações que vem fazendo sobre a existência de uma indústria da delação na Lava Jato. (mais…)

Ler Mais

De onde Temer vai tirar dinheiro para “comprar” sua permanência no cargo?, por Leonardo Sakamoto

no blog do Sakamoto

A greve dos caminhoneiros não jogou o país em uma nova crise, apenas deixou claro que nunca havíamos saído da anterior – apesar do ufanismo desvairado da publicidade estatal e do otimismo vai-que-cola de parte dos analistas.

Mais de 13 milhões de desempregados e suas famílias, além de outros 4,6 milhões que desistiram de procurar emprego de tanto procurar, já sabiam disso, claro. (mais…)

Ler Mais

FUP processa Pedro Parente por improbidade e exige confisco de seus bens

Para federação dos petroleiros, tucano favoreceu sócio, presidente do banco J.P. Morgan, ao antecipar repasse de US$ 600 milhões

Por Redação RBA

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) ingressou com ação civil pública contra o ex-presidente da Petrobras Pedro Parente, por improbidade administrativa. A ação cobra a anulação do pagamento de US$ 600 milhões (cerca de R$ 2,2 bilhões) que a estatal, sob comando do tucano, fez em maio ao banco J.P. Morgan. A medida antecipou em mais de quatro anos a quitação de uma dívida que só venceria em setembro de 2022. (mais…)

Ler Mais

Ditadura abafou apuração de corrupção dos anos 70, revelam documentos britânicos

Documentos confidenciais históricos do governo do Reino Unido revelam que a ditadura brasileira atuou para abafar uma investigação de corrupção na compra de fragatas (navios de escolta) construídas pelos britânicos nos anos 1970. Os fatos narrados nos papéis ocorreram durante os governos dos generais Emílio Garrastazu Médici (1969-1974) e Ernesto Geisel (1974-1979)

por Daniel Buarque, em Folha de S. Paulo / IHU On-Line

Segundo os registros, em 1978 o Reino Unido estava disposto a investigar denúncia de superfaturamento na compra de equipamentos para a construção dos navios vendidos ao Brasil e se ofereceu para pagar indenização de pelo menos 500 mil libras ao Brasil (o equivalente a quase 3 milhões de libras hoje —ou R$ 15 milhões). (mais…)

Ler Mais

Justiça rejeita denúncia contra ‘tomataço’ em Gilmar

Ricardo Rocchi foi acusado pelo Ministério Público Federal por incitação à prática de crime, mas juíza Renata Lotufo considera que liberdade de expressão é um ‘direito fundamental de 1.ª geração, que possui inegável posição preferencial em relação aos demais direitos’

por Julia Affonso e Luiz Vassallo, em Estadão

A juíza federal Renata Andrade Lotufo rejeitou a denúncia contra Ricardo Rocchi por suposta incitação pública à prática de crime, por haver organizado em rede social um ‘tomataço pacífico‘ contra o atual ministro do Supremo, Gilmar Mendes. Segundo a acusação da Procuradoria da República, Rocchi compareceu em eventos em que o ministro esteve presente e atirou-lhe tomates em protesto a decisões dadas por ele. (mais…)

Ler Mais

Não os progressismos, mas a nova esquerda é imprescindível para a América Latina. Entrevista especial com Eduardo Gudynas

por Vitor Necchi, em IHU On-Line

A constituição de um pensamento de esquerda na América do Sul remonta às discussões europeias, que tinham grande influência no continente. “No século 19, por exemplo, as ideias dos socialistas europeus eram bem conhecidas e discutidas”, lembra Eduardo Gudynas. “Embora tenham surgido posicionamentos próprios dentro do continente, sempre foi preciso enfrentar a influência de posições eurocêntricas e muitas vezes o dogmatismo.” (mais…)

Ler Mais

Após áudios, Padilha exonera diretor da Funai

Gravações envolvendo Francisco Nunes Ferreira indicam tentativa de favorecimento a empresas

Por André Borges, O Estado de S.Paulo

BRASÍLIA – O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, determinou a exoneração imediata do diretor de administração da Funai, Francisco José Nunes Ferreira. A exoneração será publicada nesta quinta-feira, 24, segundo a assessoria de Padilha. A decisão foi tomada após publicação, na quarta, de reportagem do Estado que revelou áudios de conversas entre Ferreira e o ex-coordenador de tecnologia da informação da Funai Bruno Rebello. (mais…)

Ler Mais

O PSDB não foi o fiel escudeiro de Temer, mas seu contratador e avalista, por Leonardo Sakamoto

no blog do Sakamoto

Por mais que a campanha do ex-governador Geraldo Alckmin queira ficar a uma distância segura da impopularidade radiante do presidente Michel Temer, o passado de seu partido o condena.

Levantamento de Bernardo Caram, da Folha de S.Paulo, publicado nesta segunda (21), confirma o que já foi dito neste blog. Nas votações tidas como prioritárias pelo governo no Congresso Nacional, o PSDB foi – em média – o partido mais fiel a Temer, com 83,5% dos votos favoráveis, seguido pelo DEM, com 80,7%, e pelo próprio MDB do presidente, com 78,9%. (mais…)

Ler Mais