Aliança de golpe e eleição. Por Janio de Freitas

A Abin é sempre esquecida quando o golpe é citado, e esse é um erro

Na Folha

Um indicador visível e seguro dos efeitos do bolsonarismo nas Forças Armadas, segundo a parte mais notória da opinião pública, veio da opção de confiança depositada em duas repórteres ou no general de quatro estrelas e ministro da Defesa que as contestou, Walter Braga Netto. Mesmo sem possibilidade de oferecer prova do que noticiaram, as duas jornalistas viram-se acreditadas enquanto a nota contestatória do general-ministro ruía em desconsideração imediata e irremediável.

(mais…)

Ler Mais

Larissa Bombardi: “Pesquisadores vivem ameaças como na ditadura”

Radicada na Bélgica, professora da USP que estuda papel nocivo dos agrotóxicos na produção de alimentos diz que ficou impossível permanecer no Brasil em meio a “terrorismo psicológico”.

Por Edison Veiga, na DW

Foram dois anos em que a geógrafa brasileira Larissa Mies Bombardi, professora da Universidade de São Paulo (USP), não conseguia dormir em paz. O pesadelo começou com o lançamento, na Europa, da versão em inglês do seu atlas Geografia do Uso de Agrotóxicos no Brasil e Conexões com a União Europeia.

(mais…)

Ler Mais

Uma deputada da ultradireita alemã no Brasil

Dirigente da AfD, Beatrix von Storch se encontrou com Bia Kicis e Eduardo Bolsonaro em Brasília. Neta de um ministro do regime nazista, ela provocou escândalo em 2016 ao se manifestar favorável a atirar em refugiados.

Por Jean-Philip Struck, na DW

Na quinta-feira (22/07), a deputada de extrema direita Bia Kicis (PSL-DF) exibiu em suas redes sociais uma foto com a parlamentar alemã Beatrix von Storch, do partido de ultradireita Alternativa para a Alemanha (AfD). O registro foi feito durante um encontro em Brasília. Poucas horas depois, foi a vez de o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), o filho “03” do presidente Jair Bolsonaro, fazer o mesmo.

(mais…)

Ler Mais

Banditismo e gestão da força de trabalho: A inovadora parceria entre o iFood e as milícias

Considerável parte dos entregadores do iFood, principalmente em cidades como Rio de Janeiro e São Paulo, trabalha sob um sistema jagunço, em que banditismo e gestão da força de trabalho se cruzam 

Por Leo Vinicius Liberato, no Diplomatique Brasil

Talvez você, leitor, tenha conhecimento de parte da realidade de trabalho dos entregadores de aplicativo. É uma categoria de relativa visibilidade. Mas o que será exposto aqui, pela primeira vez, é uma realidade de ameaças a que os entregadores do iFood estão submetidos.

(mais…)

Ler Mais

Manifesto de 40 coletivos de igrejas evangélicas apoia o movimento “Fora, Bolsonaro”. Por Juan Arias

Toda uma série de grupos evangélicos levanta sua voz contra os abusos de um Governo e de um presidente que, dizendo-se cristão, age em total desacordo com os ensinamentos dos livros sagrados

El País

As igrejas evangélicas começam a abandonar Bolsonaro, que aposta na morte contra a vida. Mais de 40 movimentos e coletivos dessas igrejas assinaram, segundo o site Brasil 247, um manifesto denominado “Coalizão evangélica contra Bolsonaro”.

(mais…)

Ler Mais

Margareth Dalcolmo tira dúvidas sobre vacina contra Covid-19 em live

Conexão Saúde / Cooperação Social da Fiocruz

Em 17 de julho o Brasil chegou ao número de 122 milhões de doses aplicadas da vacina contra a Covid-19. Após mais de um ano de pandemia e centenas de milhares de mortes, o avanço da imunização tem sido bem visto pela população em geral e por especialistas. Entretanto, a vacinação também tem gerado muitos questionamentos: pessoas que querem escolher a marca da vacina que irão tomar, receios relacionados às reações e ao grau de confiabilidade e eficácia dos imunizantes frente às novas variantes do novo coronavírus, entre outros. Nesse cenário, o projeto Conexão Saúde – de Olho na Covid, em parceria com a Coordenação de Cooperação Social da Fiocruz e o apoio da Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca (Ensp/Fiocruz), apresenta a live Me vacinei, e agora? nesta segunda-feira (26/7) a partir das 10h, no canal do Cidades em Movimento no Youtube.

(mais…)

Ler Mais

Representantes dos Poderes reagem a ameaça à eleição de 2022

“Retórica perversa”, “não somos república de banana”, “eleições periódicas são inegociáveis”: após jornal noticiar que Braga Netto condicionou pleito de 2022 ao voto impresso, autoridades saem em defesa da democracia.

DW

Representantes dos três Poderes reagiram nesta quinta-feira (22/07) a uma ameaça supostamente feita pelo ministro da Defesa, Walter Braga Netto. Ele teria dito que o Brasil não teria eleições em 2022 caso não fosse aprovada pela Câmara a chamada proposta do voto impresso auditável – defendida insistentemente pelo presidente Jair Bolsonaro.

(mais…)

Ler Mais

O que há por trás das “ameaças” militares?

Script se repete: para tirar governo das cordas, cria-se o enredo de que Forças Armadas “não aceitarão” voto eletrônico. Risco real ou tentativa do Planalto de fugir das pautas que importam? E mais: Brasília atrasa chegada de Sputnik V ao Nordeste

Por Leila Salim e Maíra Mathias, em Outra Saúde

CRONOLOGIA DO GOLPISMO

Brasília, 7 de julho. O ministro da Defesa, Walter Braga Netto assina junto com os comandantes do Exército, da Marinha e da Aeronáutica uma nota em tom de ameaça dirigida a um senador da República: “As Forças Armadas não aceitarão qualquer ataque leviano”. 

(mais…)

Ler Mais

Extrema direita mundial estreita laços com Governo Bolsonaro, que segue passos de Orbán e Trump. Por Jamil Chade

Após troca de comando nos EUA, Brasil ganha centralidade entre nações que pregam contra o que chamam de comunismo e defendem pautas ultraconservadoras. País emula modelo húngaro de controle

El País

A deputada bolsonarista Bia Kicis (PSL-DF) exibiu orgulhosa uma foto com a deputada alemã Beatriz von Storch, do partido de extrema direita AfD. “Hj recebi a deputada Beatrix von Storch, do Partido Alternativa para Alemanha [AfS], o maior partido conservador daquele país. Conservadores do mundo se unindo p/ defender valores cristãos e a família”, escreveu a deputada em sua rede social. A foto causou choque, especialmente pelo fato de Storch ser neta de Lutz Graf von Krosigk, ministro de Finanças do Governo nazista de Adolph Hitler. Nascido em 2013, o partido AfD é alvo de investigação do serviço secreto alemão por conexões com atos extremistas no país.

(mais…)

Ler Mais