No Brasil de Bolsonaro, as definições de vagabundo foram atualizadas

Por Rosana Pinheiro-Machado , no The Intercept Brasil

A subjetividade fascista que cresce no Brasil não mobiliza o medo de um inimigo externo, como é comum no hemisfério norte. Nosso inimigo é interno: o velho conhecido vagabundo.

Todo mundo conhece muitos vagabundos, mas ninguém se acha um. Vagabundo é sempre o “outro”. “Nós” somos humanos, do bem, inteligentes, realizadores e dotados da moral cristã. Tudo que temos é mérito do suor de nosso trabalho, e o que não temos é porque os “vagabundos” recebem privilégios e mamatas. Quando “nós” morremos, a dor é imensa porque nossas vidas importam. “Eles”, os vagabundos, são menos humanos. São lesados, preguiçosos e pervertidos. Tudo o que eles possuem vêm de vida fácil. Quando “eles” morrem não há dor e, muitas vezes, há até comemoração, pois vagabundo bom é vagabundo morto.

(mais…)

Ler Mais

A blitzkrieg do olavo-bolsonarismo contra a educação está em marcha

Por Rafael Moro Martins, do The Intercept Brasil

Empunhando simplórias Bic Cristal e com o ar compenetrado de quem acaba de se alistar nos Intocáveis de Eliot Ness, os ministros Ricardo Vélez Rodríguez e Sergio Moro assinaram ontem um documento que o colombiano e discípulo de Olavo de Carvalho vê como o estopim da “Lava Jato da Educação”.

O objetivo é “apurar indícios de corrupção, desvios e outros tipos de atos lesivos à administração pública no âmbito (sic) do MEC e de suas autarquias nas gestões anteriores”, diz no release.

(mais…)

Ler Mais

Mecanismo Nacional de Prevenção e Combate à Tortura é impedido de atuar pelo Ministério da Família e Direitos Humanos

Comunicado Público

O Mecanismo Nacional de Prevenção e Combate à Tortura (MNPCT), órgão instituído pela Lei federal nº 12.847/2013, promulgada a partir do compromisso estabelecido pelo Estado brasileiro após ratificar a Convenção Contra a Tortura promulgado por meio do Decreto No 40, de 15 de fevereiro de 1991 e da ratificação do Protocolo Facultativo à Convenção Contra a Tortura e Outros Tratamentos ou Penas Cruéis, Desumanos ou Degradantes (OPCAT), ratificado em 2007, vem, por meio deste Comunicado Público, informar à sociedade que foi IMPEDIDO pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) de cumprir sua função primordial de realização de vistoria a locais de privação de liberdade.

(mais…)

Ler Mais

Governo de coturnos. O Exército na política nacional. Entrevista especial com Eduardo Raposo


por João Vitor Santos, em IHU On-Line

A participação das Forças Armadas no governo nacional não é de hoje. Do Império Ultramarino Português à atual vice-presidência da república, da proclamação da república aos governos desenvolvimentistas de Vargas e  Dilma Rousseff, os militares sempre tiveram um papel estratégico, seja pela atuação prática (como braço armado dos regimes autoritários ou na garantia de execução de projetos como a construção de Belo Monte e a “neutralização” dos protestos contrários à Copa do Mundo e Olimpíadas), seja pela inspiração política (desenvolvimentismos, milagre econômico, abertura ao capital internacional).

(mais…)

Ler Mais

Notas sobre o fascismo

Muito se debate se há ou não ameaça de fascismo no Brasil. As considerações de Gramsci, Brecht, Debord e outros autores sobre o conceito podem dar diretrizes ao debate

Por Iná Camargo Costa, em Outras Palavras

I. Contribuições de Gramsci, Nelson Werneck Sodré e Umberto Eco (apud Espaço Literário Marcel Prousthttp://proust.net.br/blog/?p=1451)

Segundo Gramsci, o fascismo se caracteriza pela leviandade, irresponsabilidade, desonestidade, ganância e vileza política.

(mais…)

Ler Mais

Deputado do PSL quer tornar compulsória a doação de órgãos de mortos pela polícia

Daniel Silveira ficou conhecido em 2018 por destruir, ao lado de deputado Rodrigo Amorim (PSL-RJ), a placa de Marielle Franco, no Rio de Janeiro

Por Caroline Oliveira,  no Justificando

O deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) apresentou, nesta quarta-feira (13), na Câmara dos Deputados, dois projetos de lei que versam sobre a “cessão compulsória de órgãos, no caso em que o cadáver apresenta indícios de morte por resultado de ação criminosa” mediante confronto com agentes de segurança pública. Agora os projetos 727 e 2019 aguardam o despacho do presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia (DEM-RJ).

(mais…)

Ler Mais

O fetichismo e as formas políticas: o Estado burguês na forma burlesca. Por Mauro Luis Iasi

A bizarrice burlesca do governo atual não é uma característica contingente. Ela é a forma necessária do Estado burguês em um momento em que nenhuma racionalidade minimamente séria consegue mais ligar as intensões neoliberais aos resultados obtidos

“Se há um idiota no poder
é porque os que o elegeram
estão bem representados.”
Barão de Itararé

No Blog da Boitempo

Marx estava convencido de que o fetichismo da mercadoria constituía a base real daquilo que Hegel entendia como uma das dimensões da alienação: o estranhamento, esse processo pelo qual as objetivações humanas se distanciam daqueles que as criaram e se voltam contra ele como uma força hostil que os controla.

(mais…)

Ler Mais

Órgão federal que fiscaliza barragens é o 2º mais exposto a fraudes e corrupção, diz TCU

A Agência Nacional de Mineração (ANM), instituição responsável por fiscalizar mineradoras e garantir a segurança de barragens, como a que rompeu em Brumadinho (MG), é o segundo órgão federal mais exposto à fraude e à corrupção no país

por Nathalia Passarinho, em BBC News Brasil / IHU On-Line

A conclusão é de uma auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU), concluída no final do ano passado. Para a pesquisa, auditores do  TCU  analisaram a existência de mecanismos internos de prevenção e combate a irregularidades em quase 300 órgãos federais.

(mais…)

Ler Mais

Vale “vende para si mesma” na Suíça para pagar menos impostos no Brasil; entenda

Mineradora derruba preço na exportação para uma subsidiária na Europa quando o destino final é a China

por Juca Guimarães, em Brasil de Fato

A Vale, responsável por mais de 84,5% da exploração de minério de ferro no Brasil e líder nas exportações, de acordo com o Instituto Brasileiro da Mineração (IBram), tem como principal cliente as siderúrgicas chinesas.

(mais…)

Ler Mais