Índio terena emociona ao chegar no doutorado sem nunca ter abandonado seu povo

Aos 33 anos, Leosmar quer concluir o doutorado e continuar fortalecendo a resistência do povo indígena.

Por Thailla Torres, no Campo Grande News

Aos 33 anos, Leosmar Antonio é o primeiro da família a ter um diploma e também o único da terra indígena Cachoeirinha, no município de Miranda, aprovado em todas as etapas da seleção do doutorado, na destacada instituição de pesquisa na área de ciência e tecnologia em saúde da América Latina, a Fiocruz.

(mais…)

Ler Mais

‘Chico Rei’ e a luta pela superação do racismo e da escravidão. Por frei Gilvander Moreira*

“Feliz Ano Novo”, dizem pessoas, em uma padaria, enquanto compram o pão de cada dia. Em Brasília, com o maior aparato militar de segurança e repressão da história, Jair Bolsonaro toma posse como presidente do Brasil. Em 8 de dezembro de 1967, o papa Paulo VI propôs a criação do Dia Mundial da Paz a ser celebrado todo dia 1º de janeiro. Porém, como conquistar um “Feliz Ano Novo” e Paz como fruto de justiça social, agrária, ambiental, urbana e com respeito aos direitos humanos fundamentais diante do cenário e contexto político, econômico, religioso e social que atravessamos: imensa dívida histórica com o povo negro, racismo institucional, ascensão do fascismo e igrejas com teologia da prosperidade? Com 54% de sua população negra, segundo o IBGE, o Brasil continua reproduzindo uma das maiores desigualdades sociais e raciais do mundo. Essa questão nos remete à história do povo negro no Brasil e ao filme ‘Chico Rei’.

(mais…)

Ler Mais

2019: que país será esse?

A RBA ouviu gente das mais diversas áreas sobre expectativas, receios e anseios para o ano que se inicia. De nossa parte, continuaremos na trincheira do jornalismo em defesa da democracia

Por Cláudia Motta, da RBA

O ano de 2019 promete, só não se sabe bem o quê. Como em toda virada de ano, a expectativa é grande, mas nesta, especialmente, os receios também são muitos. A eleição de Jair Bolsonaro, diante de suas promessas de campanha e da composição da equipe com que pretende governar o Brasil, provoca temores em setores essenciais para o país e para qualquer sociedade que se pretenda civilizada, moderna, desenvolvida.

(mais…)

Ler Mais

A posse

Por Lília Diniz

Tá bom senhor presidente, respondendo a sua inoportuna mensagem, que invadiu meu celular, confirmo que:

além de não levar a mim mesma para sua posse, informo que dona poesia também não irá! Ela estará em delírio gozoso com Gullar, Mercedes Sosa, Violeta Parra, Brecht, Maiakovski, Artur Gomes, Adeilton Lima, Celso Borges, Margô, Marina Mara, Edmilson Souza, Neruda… cantando para o proletariado e para quem tiver ouvidos de ouvir e coração de sentir.

(mais…)

Ler Mais

“2019 será sinônimo de luta e resistência”

Em entrevista, Kelli Mafort da direção nacional do MST, fala sobre o ano que chega ao fim e analisa as projeções para o próximo período

Por Maura Siva, da Página do MST 

O ano termina tendo como marca o avanço da extrema direita, simbolizado dentre outras coisas pela vitória de Jair Bolsonaro nas urnas, mas 2018 também foi marcado pela resistência e pela luta dos movimentos populares, em especial o MST. Para falar sobre o esse cenário e analisar as projeções para o próximo período conversamos com Kelli Mafort, da direção nacional do MST.

(mais…)

Ler Mais

Aos 97 anos, falece Irmã Alberta, uma lutadora incansável

Religiosa teve uma longa de trajetória de luta junto aos mais excluídos do campo e da cidade no Brasil e na Itália

Redação Brasil de Fato

“Se pudesse voltar atrás, voltaria a viver e lutar com os sem-terra. A vida com eles resume um pouco a minha vida de missão”, afirma irmã Alberta em entrevista realizada em 2016 à publicação Família Cristã. A história de Irmã Alberta Girardi, que faleceu na madrugada deste domingo (30), está marcada pela resistência e a luta. Nasceu na localidade italiana de Mestre, em Veneza, em 1921, um ano antes do ascenso do fascismo nesse país. Seu pai foi um antifascista declarado, e foi perseguido pelo regime de Benito Mussolini. Durante a Segunda Guerra Mundial, a casa onde morava junto a sua mãe e irmã foi bombardeada, deixando uma parte dela totalmente em cinzas.

(mais…)

Ler Mais

As fotos de Bolsonaro que se tornaram virais

Atrás de Bolsonaro lia-se “transição governamental”, mas o enquadramento das fotografias com a cara do político criou palavras como “verme” ou “anta”. Fotógrafo nega ter sido intencional.

Por Manuel Pestana Machado, no Observador

O objetivo do fotógrafo Rafael Carvalho era capturar em imagens o que o gabinete de “transição governamental” do presidente eleito brasileiro Jair Bolsonaro anda a preparar, mas nas redes sociais as fotografias foram partilhadas como se tivessem sido tiradas como forma de protesto. Com as frases de fundo de “transição governamental”, o enquadramento de algumas fotografias com a cara de Bolsonaro e futuros ministros criou as palavras “traição”, “anta” ou “verme”.

(mais…)

Ler Mais

XIII Reunião de Antropologia do Mercosul: Porto Alegre, 22 e 25 de julho de 2019

Antropologias do Sul…

Os ventos que sopravam nos idos da década de 1990 anunciavam profundas mudanças políticas, econômicas e sociais nos países que acabavam de fundar o Mercosul.  Um espaço de diálogo, formação e expansão de parcerias na Antropologia entre estes países era urgente. Foi com esse espírito que o Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (PPGAS-UFRGS) concebeu e sediou a I Reunião de Antropologia do Mercosul – RAM em 1995. 

(mais…)

Ler Mais

Al Margen: um presente de Natal perturbador

Tania Pacheco

Falta de informação minha? Provavelmente, mas só hoje descobri o trabalho do desenhista argentino Matías Almargen. E não há como passar ilesa pelas visões que seus desenhos oferecem da às vezes assustadora realidade que nos cerca. Nesse sentido, o pseudônimo por ele escolhido – Al Margen (À Margem) – já aponta a perspectiva crítica a partir da qual seu lápis desnuda uma sociedade que ameaça transformar em realidade as profecias de obras de meados do século passado, como 1984 e Admirável Mundo Novo, agora em versão Black Mirror.

(mais…)

Ler Mais

Natal de Jesus Cristo na periferia de Belém: “Não tenham medo!”. Por Gilvander Moreira

É tempo de natal e de virada de ano. Sob a avalanche do natal do mercado idolatrado, necessário se faz resgatar o sentido bíblico do Natal de Jesus Cristo, que é revolucionário. Faz bem entendermos a narrativa bíblica do Evangelho de Lucas (Lc 2,1-20) que versa sobre o nascimento do galileu que se tornou Cristo, que testemunhou um jeito de conviver libertador e salvador. 

(mais…)

Ler Mais