Coronavírus: em tempos de guerra, a briga política precisa de um cessar-fogo. Por João Filho

No The Intercept Brasil

ENQUANTO TODOS OS LÍDERES do mundo enfrentam a pandemia do coronavírus tomando medidas com base em evidências científicas, o presidente brasileiro enfrenta com base em misticismo e politicagem barata.

Não nego a possibilidade, mas para mim é difícil enxergar em Bolsonaro um genocida frio e calculista. Não vejo frieza nem cálculo ali, apenas ignorância, medo e covardia. É um tiozão de churrasco profundamente ignorante, empoderado pelas convicções forjadas nas teorias da conspiração do WhatsApp que passaram pela curadoria de Olavo de Carvalho. Como a história recente da democracia brasileira nos conta, o país tem sido movido mais pelas convicções das suas autoridades do que pelos fatos.

(mais…)

Ler Mais

“Gado” bolsonarianio: o que os animais têm com isso? Por João Alfredo Telles Melo

Enquanto espero a minha vez na fila de vacinação para idosos, fico aqui matutando por que tenho tanta resistência em chamar de GADO os seguidores fanáticos de Bolsonaro. 

Primeiro, porque talvez tenha aprendido com Carlos Walter Porto-Gonçalves que não devemos  designar as (más) qualidades e condutas humanas com nomes de animais, pois, não deixa de ser uma forma de desvalorizar a natureza não-humana e absorver (e absolver) nossos humanos defeitos (e assim legitimar o saque e a devastação do ambiente natural e de seus seres). 

(mais…)

Ler Mais

Pela equidade racial. Embora… Por acaso

Por Nilma Bentes*

O dia 21 de Março foi escolhido para marcar vários eventos e ressaltar a importância de outros. Além do “Dia Internacional contra a Discriminação Racial” (massacre em Shaperville, África do Sul, 1960), temos também segundo Wikipédia (da qual  muitas pessoas falam mal, mas é uma fonte bastante utilizada): o  Dia Internacional da Astrologia, Dia Universal do Teatro, OMS — Dia Mundial do Sono, UNICEF — Dia Mundial da Infância, UNESCODia Internacional da Síndrome de Down, ONU — Dia Mundial da Floresta, UNESCODia Mundial da Poesia. Mas neste 2020 em que a população mundial está quase que inteiramente em pânico por causa da disseminação do corona vírus (covid19), resta tentar fazer um liame dessas celebrações sinalizadas no 21 Março, via um “ Embora-Por acaso”:

(mais…)

Ler Mais

A única saída é o impeachment. Por Vladimir Safatle

Esse gesto tem força civilizadora. O Brasil não pode ter duas crises a gerenciar, a saber, o coronavírus e Bolsonaro

No El País

No dia 18 deste mês, três combativos deputados federais (Fernanda Melchionna, Sâmia Bonfim e David Miranda) protocolaram um pedido de impeachment contra Jair Bolsonaro na Câmara dos Deputados. Este pedido foi assinado por vários membros da sociedade civil, entre eles por mim. A este grupo, somaram-se mais de 100.000 assinaturas de apoio.

(mais…)

Ler Mais

Espiritualidade Libertadora é tema de formação com comunidades camponesas de Monte Santo (BA)

Por Maria Aparecida de J. Silva e Clériston Oliveira/ CPT Centro-Norte

Camponeses/as de comunidades de fundo de pasto, quilombolas e assentamentos da reforma agrária participaram, no dia 12 de março, da primeira etapa de formação do Liderar em Monte Santo (BA), que teve como tema a Espiritualidade Libertadora. O encontro teve como objetivo fortalecer as lideranças na espiritualidade de Jesus que caminha com o povo e na forma de organização na luta da terra por direitos, preservação da natureza e dos laços comunitários, tendo em vista o bem viver das comunidades.  

(mais…)

Ler Mais

Em defesa da democracia. Por Dom Walmor Oliveira de Azevedo, Felipe Santa Cruz, José Carlos Dias e Paulo Jeronimo de Souza

Na Folha

Constitui objetivo fundamental da República Federativa do Brasil, entre outros, “construir uma sociedade livre, justa e solidária, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação”. Isto está escrito com todas as letras na nossa Constituição Federal de 1988 e é aspiração do povo brasileiro. É preciso reafirmar, no momento atual do país, com todas as nossas forças, que a democracia é o único regime político capaz de implementar a sociedade prevista na Carta Cidadã.

(mais…)

Ler Mais

MPF recomenda revogação imediata da portaria que autorizou Força Nacional em manifestações de índios na Funai

Para o MPF, presença de tal força tem caráter intimidatório e silenciador

Procuradoria da República no Distrito Federal

O Ministério Público Federal (MPF) recomendou ao ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, que revogue imediatamente a portaria que determinou o uso da Força Nacional para “preservar a ordem pública”, na sede da Fundação Nacional do Índio (Funai). A portaria 117 foi expedida na quinta-feira (12). A recomendação também. O uso da força policial nessas quinta e sexta-feira (12 e 13) foi autorizado porque foram previstas manifestações de grupos de indígenas na porta da fundação nesses dias. Para o MPF, não há fundamentação que justifique o uso excepcional de tal recurso, bem como a conduta acaba por “legitimar prática nitidamente discriminatória contra os índios”.

(mais…)

Ler Mais

RS – Paraninfo tem discurso desrespeitado por familiares e amigos (?) de formandos que o escolheram

Paraninfo da turma de formando em Comunicação Social da Unisinos  (Universidade do Vale do Rio dos Sinos), o professor Felipe Boff fez seu discurso acompanhado por vaias e ameaças, no dia 8 de março. Motivo? Reafirmava para seus alunos, que não por acaso o haviam escolhido, a importância do jornalismo e da liberdade de imprensa na defesa da democracia, sob ataque pelo atual ocupante do Palácio do Planalto. Felipe Boff levou a fala até o fim, aplaudido de pé pelos formandos que enfrentavam assim os ataques de familiares e amigos (?) fascistizados e incapazes de respeitá-los.

O discurso pode ser lido na íntegra abaixo, após a pequena explicação de abertura que Felipe Boff também publicou em sua página no Facebook.

(mais…)

Ler Mais

No Ceará, MAB, MST e Levante Popular da Juventude fazem jornada em defesa dos direitos

No Mab

No mês de jornada nacional de lutas dos atingidos por barragens, onde o 14 de março representa o dia Internacional de luta contra as barragens, pelos rios, pela água e pela vida, os atingidos por barragens se mobilizarão de 11 a 13/03 em todo o país para reivindicar uma política nacional de direitos e de segurança para essa população.

(mais…)

Ler Mais

No dia 14 de março, atingidas e atingidos resistem em defesa da vida

No Mab

Todos os anos, o Movimento dos Atingidos por Barragens organiza uma série de ações relacionadas ao dia 14 de março. A data é bastante importante e simbólica na trajetória dos atingidos por barragens no Brasil. É um dia de luta, em defesa da vida e dos direitos, para que exista uma justa reparação a todas as famílias vítimas de crimes cometidos pelas empresas e pela falta de políticas governamentais adequadas.

(mais…)

Ler Mais