Zizek: “liberdade é escravidão”, mostra Assange

Como em 1984, o poder deseja que pensemos em lógica da “novilíngua” – enxergando como liberdade o fluxo de informações que nos aprisiona e denuncia. Por isso, o Wikileaks é tão importante – e só a mobilização libertará seu criador

Por Slavoj Zizek | Tradução: Simone Paz Hernández, em Outras Palavras

Finalmente, aconteceu — Julian Assange foi retirado da embaixada do Equador e preso. Não foi surpresa: vários sinais já vinham apontando nessa direção.

(mais…)

Ler Mais

A acusação contra Julian Assange pelo governo dos EUA representa uma grave ameaça à liberdade de expressão

Por Glenn GreenwaldMicah Lee, no The Intercept Brasil

O conteúdo da da acusação contra Julian Assange, revelado nessa semana pelo Departamento de Justiça de Trump, representa grande ameaça à liberdade de imprensa, não apenas nos EUA, mas em todo o mundo. O documento de denúncia, acompanhado do pedido de extradição pelo governo dos EUA, que foi usado pela polícia do Reino Unido para prender Assange tão logo o Equador suspendeu oficialmente o asilo diplomático, pretende criminalizar diversas atividades que fazem parte da essência do jornalismo investigativo.

(mais…)

Ler Mais

Diretor do WikiLeaks: “Assange pode enfrentar décadas de prisão nos EUA”

Se condenarem Assange nos EUA, nenhum jornalista estará seguro em lugar nenhum do mundo, avalia Kristinn Hrafnsson em entrevista exclusiva à Pública

Por Natalia Viana, Agência Pública

Após a prisão de Julian Assange em Londres na última quinta-feira, a equipe do Wikileaks se prepara para uma nova batalha judicial. Assange foi condenado em um tribunal Londrino por não ter se apresentado à Justiça Britânica quando pediu asilo na embaixada do Equador, o que pode levar a uma pena de até 12 meses de prisão. Mas a maior preocupação do WikiLeaks é com o pedido de extradição para os Estados Unidos – um risco que a organização tem apontado por mais de oito anos.

(mais…)

Ler Mais

“Prisão de Assange é vingança pessoal do presidente equatoriano”, diz Rafael Correa

Em entrevista à Pública, ex-presidente diz que escândalo de corrupção revelado por Assange sobre Lenin Moreno foi definitivo para a decisão – inconstitucional – de retirar a cidadania e o asilo do fundador do Wikileaks

Por Natalia Viana, em Agência Pública

Na manhã dessa quinta-feira, o fundador do WikiLeaks, o australiano Julian Assange foi retirado à força da embaixada equatoriana em Londres, onde vivia há sete anos, pela polícia britânica. Inicialmente, as autoridades do Reino Unido afirmaram que o motivo seria o fato de Assange ter fugido da sua “liberdade condicional” ao entrar na embaixada em junho de 2012 para receber asilo político. Menos de uma hora depois, a Polícia Metropolitana de Londres emitiu um comunicado reconhecendo que Assange foi preso a pedido do governo americano, que fez um pedido de extradição para os Estados Unidos, onde ele é acusado de “conspirar para hackear” um computador americano. A acusação se refere ao vazamento de 250 mil telegramas da embaixada Americana ocorrido em 2010, que conferiu fama mundial ao Wikileaks. Chelsea Manning, a soldado acusada de ser a fonte dos documentos – assim como de documentos referentes à Guerra do Iraque e do Afeganistão como o vídeo “Collateral Murder” – está presa numa solitária desde 8 de março por negar-se a testemunhar contra Assange no mesmo caso.

(mais…)

Ler Mais

Gentrificação: resposta radical em Berlim

Diante da disparada dos alugueis, cresce o movimento para desapropriar 200 mil imóveis e convertê-los em habitação popular. Como esta reviravolta vai se tornando possível? De que forma pode inspirar outras cidades do mundo?

Por Lucas Hermsmeier, do Le Monde Diplomatique, em Outras Palavras

No início de março, o maior tabloide da Alemanha, Bild, proclamou: “Um espectro ronda a Alemanha, o espectro da expropriação”.

(mais…)

Ler Mais

O Vale dos Caídos no século XXI

Por Francisco Ferrandiz, no Buala

O Vale dos Caídos é o monumento mais polémico da Espanha contemporânea. Francisco Franco concebeu o projeto durante a Guerra Civil (1936-1939), a fim de receber os corpos daqueles que morreram lutando ao seu lado, “por Deus e pela Espanha”, e para comemorar seu sacrifício e martírio. O projeto começou a ser construído em 1940 e, depois de quase 20 anos de trabalho, foi inaugurado em 1 de Abril de 1959, no vigésimo aniversário da “Vitória” na guerra. É um monumento impressionante e enorme, cuja basílica foi escavada numa colina rochosa, e é coroado por uma enorme cruz de 150 metros de altura. Concebido como um panteão, há atualmente nas suas criptas subterrâneas cerca de 33.800 corpos.

(mais…)

Ler Mais

Destruam Greta Thunberg, em nome do capital

Após inspirar marchas de jovens contra o desastre climático, em todo o mundo, adolescente sueca é alvo de ataques pesados. Quais são eles. O que revelam sobre a importância de enfrentar o cinismo em nossas sociedades

Por Roberto Salvio, no Others News | Tradução: Rôney Rodrigues, em Outras Palavras

Em 15 de março, uma poderosa marcha com centenas de milhares de estudantes espalhou-se por 1.000 cidades do mundo, contra as mudanças climáticas. Desde então, insinua-se uma inesperada campanha de deslegitimação, “desmitificação” contra Greta Thunberg, a adolescente sueca que iniciou o movimento. Nos meios de comunicação, nas mídias sociais e em sites, essa campanha é movida por quatro grupos diferentes.

(mais…)

Ler Mais

Os gurus digitais criam os filhos sem telas

No Vale do Silício proliferam escolas sem tablets nem computadores e jardins da infância onde o celular é proibido por contrato

Por Pablo Guimón, El País Brasil

A professora, armada com giz colorido, acrescenta frações no grande quadro-negro, emoldurado em madeira rústica, que cobre a parede frontal da classe. As crianças da quarta série, 9 e 10 anos, fazem suas contas nas carteiras com lápis e cartelas. A sala de aula é revestida de papéis: mensagens, horários, trabalhos dos alunos. Nenhum saiu de uma impressora. Nada, nem mesmo os livros didáticos, que as próprias crianças elaboram à mão, foi feito por computador. Não há nenhum detalhe nesta aula que possa estar fora de sintonia com as memórias escolares de um adulto que frequentou a escola no século passado. Mas estamos em Palo Alto. O coração do Vale do Silício. Epicentro da economia digital. Habitat daqueles que pensam, produzem e vendem a tecnologia que transforma a sociedade do século XXI.

(mais…)

Ler Mais

A Argentina tragada pela “austeridade”

No país vizinho, escondido pela mídia, outro sinal de como fracassam as políticas de “corte de gastos”. Pobreza explodiu, inflação passa de 60% e, apesar de empréstimo gigante do FMI, país pode afundar em nova crise cambial

Mark Weisbrot, entrevistado por Greg Wilpert, no Real News | Tradução: Antonio Martins, em Outras Palavras

A economia argentina declinou 6,2% no quarto trimestre de 2018. O retrocesso ocorreu no período em que o país recebeu 56 bilhões de dólares do Fundo Monetrário Internacional – o maior empréstimo deste tipo na história do FMI. Estima-se que a inflação supere os 40% este ano, mas os salários crescerão apenas a metade. Mauricio Macri, o presidente conservador-neoliberal da Argentina, tenta concorrer à reeleição em outubro. Mas à medida em que economia continua a naufragar, é improvável que obtenha um segundo mandato.

(mais…)

Ler Mais