A mágica fajuta para sair da crise

Crescimento do PIB ficará abaixo do previsto para 2019. Desemprego cresce. Políticas públicas são desmanteladas. Para o desvairado Paulo Guedes, culpa não é de seu ultraliberalismo, mas de inépcia do Congresso em votar “reforma” da Previdência…

por Paulo Kliass, em Outras Palavras

A segunda semana de julho começa com uma grande expectativa criada pelos grandes meios de comunicação em torno do avanço do processo de votação da Reforma da Previdência. Todas as atenções se voltam para as negociações que ocorrem agora no âmbito da Câmara dos Deputados. O processo já vinha de longe, lá ainda em 20 de fevereiro desse ano. Foi naquele dia que o Poder Executivo enviou oficialmente a PEC 06 para apreciação pelo Congresso Nacional.

(mais…)

Ler Mais

Votação da Previdência em comissão da Câmara dá vitória a ruralistas no último minuto

Aprovação de texto-base em comissão não atende completamente a policiais e agrada produtores rurais. Texto vai ser analisado pelos 513 deputados

por Afonso Benites e Heloísa Mendonça, em El País

A reforma da Previdência foi aprovada com folga na comissão especial do tema nesta quinta-feira, mas chega ao plenário da Câmara dos Deputados na próxima semana com algumas batalhas ainda a serem travadas. Uma delas envolve diretamente uma base de apoio do presidente Jair Bolsonaro: a bancada ligada à segurança pública. Outra atinge uma categoria que tem obtido êxito em seus anseios e também o apoio de boa parte da sociedade, os professores. Já outra base bolsonarista, a dos ruralistas, obteve uma vitória no último minuto.

(mais…)

Ler Mais

Previdência: A solução é incomodar as elites

Desemprego e precarização devastam a Seguridade. Para corrigir distorções do sistema, há alternativa óbvia: formalizar trabalho; estender direitos previdenciários às multidões hoje excluídas; obrigar corporações a contribuir

por José Álvaro de Lima Cardoso, em Outras Palavras

Sistemas de Seguridade Social que proporcionem condições razoáveis de saúde, previdência e assistência social encontram-se no olho do furacão. Tornaram-se um artigo de luxo em países subdesenvolvidos e periféricos como o nosso. Por isso, no Brasil, estão tentando destruir a previdência social e a assistência social. Mesmo nos países capitalistas centrais os trabalhadores estão tendo grandes dificuldades para manter seus direitos trabalhistas e previdenciários, obtidos em batalhas seculares.

(mais…)

Ler Mais

Rede Jubileu Sul repudia Reforma da Previdência

As propostas de desconstitucionalização, de capitalização e a redução da arrecadação municipal por meio da previdência preocupam pastorais sociais, além de movimentos populares e especialistas

Por Mayrá Lima, na Página do MST

Após três dias de debates sobre a PEC 06/2019, referente à Reforma da Previdência, a Rede Jubileu Sul manifestou “preocupação diante da devastação que acometerá a sociedade brasileira caso a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 06/2019, apresentada pelo governo federal, seja aprovada”.

(mais…)

Ler Mais

O percurso desumano da comida até sua casa

Precarização e falta de responsabilidade trabalhista: iFood, Rappi e outras plataformas punem quem não se submete ao ritmo frenético de entregas. Entregadores precisam emendar jornadas e dormir nas ruas para pagar os boletos

Por Leandro Machado, da BBC Brasil, no Outras Mídias

Um deles explica: “Dou entrevista para você, sim, parça. Ainda está suave, porque o bagulho aqui só estrala às 7 horas da noite. Então, nessa hora, começa a pingar pedidos e eu não paro mais”.

(mais…)

Ler Mais

A uberização do trabalho é pior pra elas

Entregadoras, motoristas, manicures e diaristas explicam como a informalidade dos aplicativos precariza suas vidas

Por Julia Dolce, Agência Pública

Anos de experiência como motorista mecânica de testes em fábricas de automóveis, onde teve aulas de postura correta ao volante, não foram suficientes para impedir que Tatiana Francisca de Souza adoecesse dirigindo com aplicativos. Mineira de 29 anos, ela foi demitida em 2017, quando se despediu da carteira assinada e do acompanhamento semestral que a empresa fazia de sua saúde e começou a trabalhar com a Uber. No início deste ano, as longas jornadas que precisa fazer para pagar as contas começaram a gerar os primeiros impactos.

(mais…)

Ler Mais

Brasil precisa de um Plano Nacional de Desenvolvimento. Entrevista especial com Paulo Kliass

Por: Patricia Fachin, em IHU On-Line

Compreender a economia como um conjunto de regras de econometria e de cálculos que permitem alcançar um resultado quantitativo é insuficiente quando se trata de resolver crises econômicas que têm implicações sociais. Entendê-la e operá-la deste modo “é uma tentativa de retirar os conteúdos social, político e humano da economia, como se ela fosse um campo à parte do conjunto das Ciências Sociais e do conjunto das Ciências Humanas”, afirma o economista Paulo Kliass na entrevista a seguir, concedida por telefone para a IHU On-Line.

(mais…)

Ler Mais

Ajuste fiscal com fim de direitos fundamentais

A reforma da Previdência proposta pelo governo federal

por Pedro Calvi / CDHM

O governo federal apresentou ao Congresso Nacional a Proposta de Emenda à Constituição 6/2019 que prevê mudanças na aposentadoria de servidores públicos, militares e trabalhadores da iniciativa privada. Entre as alerações estão o fim da aposentadoria por tempo de contribuição, a implementação de idade mínima para se aposentar – 62 anos para mulher e 65 para homem – e o tempo mínimo de contribuição aumenta de 15 para 20 anos. Para ter direito a 100% do benefício, o trabalhador deve contribuir com o INSS pelo período de 40 anos. Outra mudança é o benefício inicial a idosos pobres, que cai de R$ 998 para R$ 400.

(mais…)

Ler Mais

“Austeridade”, Paulo Guedes e o verdadeiro fundo do poço

Centenas de bilhões de reais escorrem no ralo da dívida pública, isenções fiscais e sonegação. Seriam recursos para gerar ocupações, reativar economia, recuperar infraestrutura. Mas ministro insiste em dogmas e fórmulas ultrapassadas

por Ivo Lesbaupin, em Outras Palavras

Há três dias o ministro Paulo Guedes falou que a economia brasileira está no “fundo do poço”. Parecia um estudioso de fora do governo, que não tinha responsabilidade para com esta situação.

(mais…)

Ler Mais

Gaudêncio Frigotto: Reforma da Previdência ou a “revogação do direito de viver” dos pobres

Mesmo que se concorde que deva haver ajustes na Previdência, ela tem que ser oposta ao que propõem Guedes e sua equipe

por Gaudêncio Frigotto*, em Brasil de Fato

A informação de uma pesquisa de opinião que indica que 69% dos brasileiros são favoráveis à reforma da Previdência passa a impressão de que esta maioria entendeu todas as contas pirotécnicas que o ministro Guedes e sua equipe fizeram para chegar ao mágico montante de um trilhão e duzentos milhões de reais. O mais curioso é que no Congresso há a reclamação reiterada de que até agora Guedes e sua equipe não apresentaram a planilha de cálculos para demonstrar este total mágico.

(mais…)

Ler Mais