Voto: um direito fundamental também do trabalhador e da trabalhadora

“Não se trata de qualquer tipo de integração dos trabalhadores à empresa, mas do ato de tirar proveito da fragilidade dos empregados para que estes reproduzam os interesses que são próprios do patrão, ainda mais quando se lembra da precariedade jurídica em que os trabalhadores se encontram nessa relação, sobretudo diante do advento da denominada “reforma” trabalhista, que foi, aliás, aprovada com o enorme apoio desses mesmos empregadores.”

Por Jorge Luiz Souto Maior, no Blog da Boitempo

Há uma concepção deturpada, mas que está arraigada à experiência cultural, social, política e econômica do país, desenvolvida e reproduzida há longa data, de que as trabalhadoras e os trabalhadores brasileiros não são detentores de direitos; que os limites à exploração de seu trabalho, fixados em lei, são favores que lhe foram ofertados pelo Estado, em uma atuação combinada com os interesses dos patrões. Dentro dessa concepção, as intensas lutas implementadas pelos trabalhadores por melhores condições de trabalho são apagadas dos registros históricos, evitando-se, inclusive, que se integrem à memória nacional e da própria classe trabalhadora. (mais…)

Ler Mais

Desemprego cai puxado pelo aumento da informalidade. Setor privado patina. Por Leonardo Sakamoto

No Blog do Sakamoto

O aumento no número de pessoas que trabalham por conta própria, de empregadas domésticas (principalmente sem carteira assinada) e de empregados do setor público foi o responsável pela leve redução da taxa de desocupação de 12,7% (no trimestre entre março e maio) para 12,1% (no trimestre entre junho e agosto). Os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) Contínua do IBGE foram divulgados nesta sexta (28). No mesmo período no ano passado, a taxa estava em 13,1%. Segundo o instituto, o país conta com 12,7 milhões sem trabalho. (mais…)

Ler Mais

Brasil em transe e o desmonte generalizado, duas constatações

“Em termos de maioria afro-brasileira, a repressão sempre se fez presente, e se faz, na distribuição espacial da mesma, cortando na ausência de direitos civis e sociais da maior parte de nossa população”, alerta Bruno Lima Rocha,  pós-doutorando em economia política, doutor e mestre em ciência política e professor de relações internacionais e de jornalismo

IHU On-Line

Às vésperas do sete de setembro de 2018 houve um atentado contra Jair Messias Bolsonaro, candidato do PSL, deputado federal no sétimo mandato e aquele que encarna a “grande esperança branca” da Casa Grande do país governado por um baronato rentista e seus aliados dentro e fora de nossas fronteiras. Desde então abundam teorias especulativas e uma evidência: tal fato tem relação total com o contexto vivido pelo Brasil desde o início do terceiro turno de 2014. (mais…)

Ler Mais

‘Terceirização vai levar ao fim do emprego de classe média no país’, diz Ruy Braga

O que acontecerá com o mercado de trabalho a partir da reforma trabalhista e da liberação da terceirização irrestrita? Para ajudar a entender o que virá, o Sul21 conversou com Ruy Braga, professor do Departamento de Sociologia da Universidade de São Paulo. Autor de diversos livros, sendo o último A Rebeldia do Precariado, lançado pela editora Boitempo em 2017, o sociólogo tem se dedicado a estudar o mercado de trabalho e a consequências da precarização que vem ocorrendo em diversos países do mundo, especialmente a partir da crise econômica de 2008.

por Luís Eduardo Gomes, em Sul21 / IHU On-Line

As previsões que Braga faz não são nada favoráveis ao trabalhador. Pelo contrário, ele acredita na proliferação do subemprego, levando ao achatamento da renda das famílias, dificultando a retomada do crescimento e com poucas chances de trazer grandes modificações para o atual cenário de elevado desemprego no país. Além disso, com a generalização da terceirização, o sociólogo acredita estar próximo o desaparecimento do chamado emprego protegido. (mais…)

Ler Mais

STF acata argumentos e interesses patronais e libera terceirização irrestrita

Voto decisivo foi dado nesta quinta-feira pelo decano, Celso de Mello, que se alinhou aos ministros que defenderam a livre iniciativa e não viram prejuízo ao trabalhador

por Redação RBA 

Na quinta e última sessão para discutir o tema, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu liberar a terceirização, independentemente de setor ou atividade, como pediam representantes patronais. Por 7 votos a 4, a Corte acolheu a Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 324, ajuizada pela Associação Brasileira do Agronegócio, e o Recurso Extraordinário (RE) 958.252, da empresa Cenibra, de Minas Gerais.  (mais…)

Ler Mais

A derrota histórica dos trabalhadores e o projeto nacional-desenvolvimentista autônomo. Entrevista especial com Mário Maestri

por João Vitor Santos, em IHU On-Line

Nas eleições deste ano, ao contrário daquela que ocorreu no início dos anos 1960, quando Jânio Quadros foi eleito presidente do Brasil, “não temos sequer um nacionalista-radical como Leonel Brizola, com topete suficiente para chamar a população a enfrentar o golpismo e o imperialismo”, constata o historiador Mário Maestri à IHU On-Line. Para ele, “a rendição” do ex-presidente Lula, na ocasião da sua prisão, “foi uma espécie de paródia — em negativo — do suicídio de Vargas”. Ele explica: “Se o ato extremo de Getúlio levantou a população indignada, a submissão de Lula da Silva, proclamando sua confiança na Justiça, teve consequências desastrosas para o movimento social”. (mais…)

Ler Mais

O investimento social é uma via para garantir o crescimento econômico e melhorar a qualidade de vida da população. Entrevista especial com Eduardo Fagnani

por Patricia Fachin, em IHU On-Line

A redução do desemprego de 13 milhões para 4,5 milhões levou mais de uma década, mas nos últimos três anos “voltamos praticamente ao patamar de 10 anos atrás”, lamenta o economista Eduardo Fagnani na entrevista a seguir, concedida por telefone à IHU On-Line, ao comentar os dados da Pnad sobre o aumento do desemprego no país. Apesar do índice elevado de desemprego, Fagnani alerta que o número de brasileiros “subutilizados” no mercado de trabalho ultrapassa 24,6 milhões de pessoas, se forem contabilizados os “subocupados”, que trabalham cerca de 20 horas por semana e desejariam ter uma jornada maior, e os “desalentados”. (mais…)

Ler Mais

Meses após greve, funcionários do Mundial voltam a cruzar os braços e são demitidos 24h depois

Por Juliana Gonçalves, The Intercept Brasil

Em novembro, um corte nas horas extras levou os funcionários da rede de supermercados Mundial, no Rio de Janeiro, a entrarem em greve. Nos meses seguintes, os grevistas passaram a ser perseguidos e mandados embora aos poucos, por motivos diversos. Agora, nove meses depois, trabalhadores da rede cruzaram os braços novamente, mas dessa vez a reação foi mais rápida: menos de 24 horas após a paralisação, ao menos 40 pessoas foram demitidas. (mais…)

Ler Mais

Por que revogar a Emenda Constitucional 95

“Tripé macroeconômico” neoliberal e teto de gastos adotado por Temer devastaram o investimento público e levam o Estado a desrespeitar sistematicamente os direitos sociais

Por Grazielle David*, em Outras Palavras

O excesso e desalinhamento das regras fiscais, como a regra de ouro, a lei de responsabilidade fiscal, o tripé macroeconômico e o teto dos gastos, colocaram o país numa situação em que é impossível obedecer a todas simultaneamente, tanto na elaboração quanto na execução do orçamento. No momento, o teto dos gastos tem dominado o cenário fiscal. (mais…)

Ler Mais

Após acusar ONU de barganha sigilosa, ex-ministro cai por barganha sigilosa, por Leonardo Sakamoto

no blog do Sakamoto

O então ministro do Trabalho Helton Yomura – hoje personagem da operação Registro Espúrio, da Polícia Federal, que investiga fraude na concessão de registros sindicais – foi o responsável por defender a Reforma Trabalhista do governo Michel Temer durante a Conferência Internacional do Trabalho, das Nações Unidas, em Genebra, no mês passado. (mais…)

Ler Mais