Nota pelo fortalecimento da Defensoria Regional de Direitos Humanos

As organizações, articulações, Conselhos de Direitos e movimentos abaixo-assinados vêm manifestar o seu reconhecimento da importância da atuação da Defensoria Regional de Direitos Humanos – DRDH da Defensoria Pública da União no Ceará- DPU. Foram inúmeras atuações que fortalecem a DPU junto à sociedade, realizando a sua precípua razão de ser (artigo 1º, da Lc 80/1994). (mais…)

Ler Mais

Família de Marielle pede garantias de segurança ao governo do estado

Por Vladimir Platonow – Repórter da Agência Brasil

A família da vereadora Marielle Franco, assassinada em março deste ano na região central do Rio, pediu garantias de segurança ao governo do estado. Os parentes de Marielle alegam que estão recebendo ameaças, tanto por redes sociais quanto pessoalmente. O pedido foi feito nesta segunda-feira (20) ao secretário estadual de Segurança, general Richard Nunes, durante reunião no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC). (mais…)

Ler Mais

Ao culpar venezuelanos, autoridades estimulam xenofobia, diz pesquisador

Para especialista, discurso das oligarquias políticas locais colabora para o sentimento da população local contra os imigrantes

por Carol Scorce, em CartaCapital

Pela segunda vez, a governadora de Roraima e candidata a reeleição pelo PP, Suely Campos, pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) o fechamento das fronteiras entre o Brasil e a Venezuela, e que os imigrantes residentes no estado sejam enviados a outros estados.  (mais…)

Ler Mais

Trabalhadores com câncer podem ter plano de saúde suspenso

blog da Tania Malheiros

O Ministério Público do Trabalho – Procuradoria Regional do Trabalho da 1ª Região – determinou na tarde desta segunda-feira (20/8), um prazo de dez dias para que a Indústrias Nucleares do Brasil (INB), se posicione sobre a manutenção do pagamento do plano de saúde para 66 ex-funcionários – entre eles, 17 com câncer – contaminados com radiação. (mais…)

Ler Mais

PFDC e DPU dão dez dias de prazo para que Casa Civil adote medidas urgentes para minorar crise que envolve migrantes venezuelanos em Roraima

Recomendação é assinada em conjunto com a Defensoria Pública da União e estabelece prazo de dez dias para cumprimento de ações

O Ministério Público Federal, por meio da Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC), em conjunto com a Defensoria Pública da União (DPU), encaminhou, na tarde desta segunda-feira (20), uma Recomendação à Casa Civil da Presidência da República para que sejam adotadas medidas urgentes diante do acirramento da crise no estado de Roraima em razão da entrada de migrantes venezuelanos no Brasil.

(mais…)

Ler Mais

A dor dos venezuelanos, o fascismo dos que alimentam o ódio e a vergonha que me assola

Por Lúcia Helena Issa*, no Brasil 247

Uma tristeza imensa invade meu coração diante das cenas recorrentes de desumanidade e imensa miséria moral, em que centenas de “brasileiros cristãos”, moradores da região de Roraima, munidos de bombas caseiras, álcool e fósforos incendeiam covardemente abrigos e acampamentos onde vivem mulheres, homens e crianças venezuelanas.

Os chamados “cidadãos de bem e cristãos” são retratados expulsando mulheres e crianças venezuelanas de 5 anos a ponta- pés, aterrorizando- os até a fronteira e fazendo barricadas na BR-174 para impedir que voltem até mesmo para buscar seus pertences. (mais…)

Ler Mais

CDHM pede informações ao Ministério da Defesa sobre a situação dos venezuelanos em Pacaraima

No último sábado (18), brasileiros agrediram venezuelanos na cidade de Pacaraima, em Roraima, na fronteira brasileira. Um comerciante teria sido agredido, supostamente por venezuelanos, em um assalto na tarde de sexta-feira (17). Em seguida, cerca de 700 pessoas foram expulsas das tendas onde estavam acampadas depois de um grupo atirar pedras e até bombas caseiras contra os refugiados. Os manifestantes também atearam fogo em pertences dos imigrantes. A rodovia BR-174 chegou a ser bloqueada por manifestantes por algumas horas para impedir que os imigrantes retornassem ao país de origem e depois foi liberada. A informação é do Exército, que também afirma que cerca de 1.200 venezuelanos deixaram Pacaraima desde o início das agressões

CDHM

Hoje, segunda-feira (20), o presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados (CDHM), Luiz Couto (PT/PB), enviou ao ministro da Defesa, Joaquim Silva e Luna, um ofício onde solicita informações sobre as providências tomadas para abrigar os imigrantes e prevenir atos de violência e xenofobia. (mais…)

Ler Mais

Muçulmanas que vivem em BH revelam rotina de preconceitos

Grupo compartilha luta por direitos femininos e defende modo de viver e de se vestir

Aline Lourenço e Maria Irenilda Pereira*, no Estado de Minas

“Em entrevista de emprego, disseram que gostaram das minhas experiências, mas vieram com um questionamento: ‘Você vai trabalhar com isso (referindo-se ao véu)?’”, relembra Imane el Khal, designer de interiores, de 20 anos, muçulmana. “Estava numa padaria e veio um pastor tentar arrancar meu véu. Ele começou a gritar comigo e tentava falar em árabe”, diz a também muçulmana Daniela (nome fictício), contabilista, de 36. “Por nossa postura, somos apontadas como se fôssemos exemplo de opressão, mas, na realidade, várias mulheres são agredidas e a culpa não é da religião. É algo que ocorre em todas as sociedades”, lamenta Luar Furtado, de 24. Os relatos de intolerância religiosa, se não chegam a surpreender, estão muito mais próximos do que se poderia imaginar: refletem a rotina que mulheres islâmicas enfrentam no dia a dia nas ruas de Belo Horizonte. (mais…)

Ler Mais

As ideologias que matam

Por Ponte Jornalismo

Na semana em que a morte de Marielle Franco completou cinco meses sem solução, a candidata a deputada federal Talíria Petrone, que era amiga da vereadora assassinada, e também negra, mulher e política como Marielle, foi vítima de uma abordagem policial truculenta logo no seu primeiro dia de campanha. Em uma barca na travessia entre Niterói e Rio de Janeiro, um policial militar apreendeu o material de campanha da candidata e apontou uma arma para um jovem negro que tentou defendê-la. As motivações do PM foram expostas em um vídeo gravado por um repórter do Jornal do Brasil: para uma mulher que diz “arma mata”, o policial responde dizendo “ideologia também mata” e “ideologia mata mais”. (mais…)

Ler Mais