Um milhão de crianças fora da escola: o absurdo do trabalho infantil no Brasil

“Os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) mostram, ainda, que boa parte dessas crianças sequer recebe algum rendimento financeiro pelo trabalho executado. São 74% das crianças entre 5 e 13 anos nessa situação”

Lídice da Mata* – Congresso em Foco

Todos acompanharam a divulgação pela imprensa, nos últimos dias, dos novos e aterrorizantes números do trabalho infantil em nosso país a partir da base de dados do IBGE de 2016. De um total de 40,1 milhões de brasileiros e brasileiras entre 5 a 17 anos, são 1,8 milhões trabalhando e, destes, quase 1 milhão desempenham trabalhos que, de acordo com a legislação brasileira, são ilegais. (mais…)

Ler Mais

Trabalho infantil, racismo e a manipulação dos dados da PNAD

Procuradora do Trabalho contesta dados sobre situação do trabalho infantil no Brasil, divulgados pelo IBGE: “Nos dados oficiais apresentados, mais de 1 milhão de trabalhadores infantis estão invisíveis”, afirma

Por Elisiane Santos* – Negro Belchior

Na última quarta-feira (29), o IBGE divulgou os dados do trabalho infantil no Brasil, com base em nova metodologia utilizada na PNAD – Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio, que aponta 998 mil crianças e adolescentes trabalhando em atividades proibidas pela legislação, ou seja, em situação de trabalho infantil, tratando os demais casos mensurados como trabalho permitido. (mais…)

Ler Mais

Menina de 13 anos é resgatada em situação de trabalho escravo em fazenda no PA

Criança trabalhava na ordenha de leite dentro de fazenda no sudeste do Estado; multa do Ministério Público do Trabalho para o fazendeiro foi de R$ 16 mil

De Olho nos Ruralistas

Uma criança de 13 anos foi resgatada de uma situação de trabalho escravo em uma fazenda próxima do município de São Geraldo do Araguaia, no sudeste do Pará. O flagrante ocorreu durante uma operação conjunta entre o Ministério Público do Trabalho (MPT) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF). A notícia foi divulgada no portal ORM, com informações da PRF. (mais…)

Ler Mais

Brasil bate palmas para o trabalho infantil se ele fizer sucesso na TV, por Leonardo Sakamoto

Blog do Sakamoto

Buenos Aires – É fácil reconhecer trabalho infantil ao ver crianças e adolescentes esvaziando um forno de carvoaria, separando material reciclável em um lixão ou empurrando um carrinho em uma feira livre. E quando eles se encontram em programas de auditório, telenovelas, espetáculos, desfiles de moda ou propagandas? Ou quando estão jogando futebol, defendendo a camisa de um clube? (mais…)

Ler Mais

Brasil não cumpre meta de erradicar trabalho infantil até 2016, mostra relatório

Por Jonas Valente, repórter da Agência Brasil

O Brasil não cumpriu o objetivo de erradicar o trabalho infantil até 2016 e tem risco de não conseguir acabar com essa prática até 2025, mostra relatório sobre o tema, elaborado pelo Fórum Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil (FNPETI) e pelo Ministério Público do Trabalho. (mais…)

Ler Mais

Brasil mata criança de bala e doença. E quem sobrevive tem que trabalhar, por Leonardo Sakamoto

No blog do Sakamoto

”Trabalhei desde criança e isso moldou meu caráter”, ”aprendi a dar valor às coisas com o suor do meu trabalho desde muito pequeno”, ”criança ou está vagabundeando ou está trabalhando” e ”para consertar uma criança delinquente é só por no trabalho pesado”.

É triste ver parte dos trabalhadores, que foi acostumada a ser explorada, passando a justificar a sua própria exploração e a de seus filhos, repetindo bovinamente um discurso que foi reservado aos mais pobres: só o trabalho liberta. (mais…)

Ler Mais

“Escravidão é afronta global à humanidade e demanda ação global”, diz ONU, por Leonardo Sakamoto

No blog do Sakamoto

Genebra – ”Escravidão atual é uma afronta global à humanidade e demanda uma ação global mais forte ainda”. A declaração foi dada pelo Alto Comissário para os Direitos Humanos das Nações Unidas, o jordaniano Zeid Ra’ad Al Hussein, em evento que discutiu a escravidão infantil no mundo, no escritório da ONU, em Genebra, na Suíça. O painel, em comemoração ao Dia Internacional para a Abolição da Escravidão, celebrado nesta sexta (2), reuniu representações de 54 países, além de entidades internacionais e representantes de organizações que atuam diretamente no atendimento a vítimas. (mais…)

Ler Mais

Trabalho infantil perpetua o ciclo da pobreza e miséria, diz juíza

Sayonara Moreno – Correspondente da Agência Brasil

A continuidade da exploração do trabalho infantil pode alimentar um ciclo difícil de quebrar. Um exemplo disso está na Região Nordeste, onde cerca de 90% dos adultos resgatados do trabalho escravo são egressos do trabalho infantil, segundo a juíza do Trabalho Rosimeire Fernandes.

“São grandes os prejuízos que o trabalho infantil causam, sobre o aspecto físico, emocional, intelectual e social da criança, que é um ser em formação. Perpetua o ciclo de pobreza e miséria e não promove a criança para a sociedade”, diz a juíza. (mais…)

Ler Mais