Safatle: “Nos resta a desobediência sistemática a todas as ações governamentais”

“Uma das bases da democracia é não submeter a soberania popular nem a decisões equivocadas feitas no passado, nem a instituições aberrantes. O povo não é prisioneiro dos erros do passado, mas sua vontade é sempre atual e soberana. Ele pode desfazer as leis que ele mesmo fez e destituir instituições que se mostram corrompidas.”

Vladimir Safatle, no blog da Boitempo (mais…)

Ler Mais

CIR pede ajuda humanitária às comunidades indígenas afetadas pela enchente em Roraima

Conselho Indígena de Roraima – CIR

No final da tarde de ontem, 18, o Conselho Indígena de Roraima (CIR) tomou conhecimento da enchente que atinge comunidades indígenas nas regiões das Serras, Terra Indígena Raposa Serra do Sol, município de Uiramutã e na comunidade indígena Jacamim, Terra Indígena Jacamim, região da Serra da Lua, município de Bonfim/RR. (mais…)

Ler Mais

Comitê Estadual Contra a Tortura/RS debate situações de violência e tortura no RS

O Comitê Estadual Contra a Tortura/RS realizou sua quinta reunião do ano no Ministério Público Federal. Na ocasião debateu o relatório sobre violência policial na ocupação da SeFaz; a construção de evento para comemorar o Dia Internacional de Prevenção e Combate à Tortura; e o chamamento para a audiência na Assembleia Legislativa sobre extermínio e violência contra a população em situação de rua na semana que vem. (mais…)

Ler Mais

O dia em que a hipocrisia perdeu, por Roberto Malvezzi (Gogó)

Em seu blog

Finalmente o barco Temer afundou. Uma hipocrisia monumental como essa não tinha como durar, ainda que protegida pela mídia e pela justiça de Curitiba. Se Temer continua aí como um cadáver ambulante, um walking dead, tanto fez como faz. Seu governo morreu e ele também. O estrago é incalculável e só a história dirá em que abismo os golpistas meteram o povo brasileiro. (mais…)

Ler Mais

As primeiras horas de um longo dia que está distante de terminar. Entrevista especial com Adriano Pilatti

Ricardo Machado – IHU On-Line

O furacão que passou por Brasília no início da noite da quarta-feira, 17-5-2017, deixou estragos não somente no Palácio do Planalto, mas também causou efeitos na esplanada dos Ministérios e no Congresso Nacional. A delação de Joesley Batista coloca no centro da tempestade o presidente Michel Temer que, em seu pronunciamento na tarde de ontem, garantiu que não renunciará ao cargo. Os efeitos políticos, econômicos e sociais já começam a mostrar seus sinais. Os ministros Roberto Freire (PPS) e Bruno Araújo (PSDB), da Cultura e das Cidades, respectivamente, renunciaram aos cargos ainda na tarde da quinta-feira. Além disso, o senador Aécio Neves será investigado por ter recebido R$ 2 milhões da JBS, conforme autorizou o ministro Fachin. O impacto econômico foi tamanho que a Bovespa, pela primeira vez desde 2008, recorreu ao mecanismo do circuit breaker, que trava a negociação das ações quando chega a um determinado nível de queda, que foi de 10,4%. (mais…)

Ler Mais