AJD e outras entidades repudiam censura a juiz ‘acusado’ de ser ‘favorável ao desencarceramento’

Punição a Roberto Corcioli “viola o próprio Estado Democrático de Direito, fragilizado, em primeiro lugar, por ter um juiz punido por controlar, com rigor, a atividade punitiva do Estado”, diz nota

Por Glauco Faria, da RBA

A Associação Juízes para a Democracia (AJD), junto com entidades, emitiu uma nota pública nesta sexta-feira (10) repudiando a pena de censura imposta ao juiz Roberto Luiz Corcioli Filho, na última quarta-feira (8), pelo órgão especial do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP). Segundo o documento, a punição “viola o próprio Estado Democrático de Direito, fragilizado, em primeiro lugar, por ter um juiz punido por controlar, com rigor, a atividade punitiva do Estado Administração”. (mais…)

Ler Mais

Mídia monopolista incita permanentemente a violência contra os excluídos, diz Zaffaroni

Por Marco Weissheimer, no Sul21

A questão democrática e a midiatização do processo judicial no Brasil foi o tema central do debate que lotou o salão do Hotel Continental, em Porto Alegre, na noite de quinta-feira (2). O responsável pela lotação do espaço foi o jurista argentino, Eugenio Raúl Zaffaroni, principal conferencista da noite. Ministro da Suprema Corte Argentina de 2003 a 2014 e diretor do Departamento de Direito Penal e Criminologia na Universidade de Buenos Aires, Zaffaroni, desde 2015, é juiz da Corte Interamericana de Direitos Humanos, além de ser vice-presidente da Associação Internacional de Direito Penal. E a situação do Direito Penal na América Latina foi um dos principais temas abordados no evento promovido pelo Instituto Novos Paradigmas (INP), que vem promovendo uma série de encontros no Brasil e no Exterior para debater a crise do estado democrático de direito. (mais…)

Ler Mais

“Justiça que queremos”: organizações sociais lançam carta à sociedade sobre o papel do sistema de justiça

O texto relações indevidas e a configuração conservadora do sistema de justiça implicam em um Judiciário que defende o mercado, criminaliza e pune lideranças sociais

Da Página do MST 

Após realização de atividades com a população no centro de Maceió, na Universidade Federal de Alagoas (UFAL), no Sindicato dos Bancários de Alagoas e Centro de Defesa dos Direitos das Mulheres, entre outros, realizadores das atividades reafirmam a “necessidade de ampliação do debate público, transparente e plural sobre um sistema de justiça que defenda, garanta e promova os direitos humanos”, aponta um trecho da Carta. (mais…)

Ler Mais

A casta da Justiça

Trata-se de uma espécie de “nobreza” que se autorreproduz de modo familiar, por casamentos e hereditariedade

Por Jessé Souza, no Carta Capital

O uso da palavra “elite” como algo pejorativo sempre esteve na boca de todos. Como acusação abstrata, o termo é, no entanto, inofensivo. Por conta disso, sempre insisti em meus trabalhos em nomear a “elite econômica”, ou a elite dos proprietários, como aquela fundamental, dado que apenas ela pode “comprar” – não necessariamente em dinheiro vivo – as outras elites que lhe são subalternas. (mais…)

Ler Mais

Ecumenismo e prática da justiça agradam a Deus, por Gilvander Luís Moreira*

Atualmente, diante de tanto fundamentalismo, moralismo, intolerância, ódio despejado no tecido social e preconceitos com relação à multiplicidade de igrejas e à diversidade de religiões, faz bem olharmos para a experiência das primeiras comunidades cristãs, pois elas buscavam colocar em prática um ecumenismo libertador com prática da justiça. Pode parecer anacronismo falar em ecumenismo nas primeiras comunidades cristãs a partir de Atos dos Apóstolos, na Bíblia, mas se justifica, pois não existiu somente uma igreja cristã primitiva, mas muitas igrejas cristãs primitivas se relacionando com pessoas de outras religiões, inclusive. (mais…)

Ler Mais

Ricardo Lewandowski: “Chegou a hora de colocarmos um paradeiro nessa indesejável relativização do direito”

A crescente imprevisibilidade das decisões proferidas por juízes e tribunais vem alimentando uma visível descrença no Poder Judiciário.

Esse fato traz de volta uma velha questão: o direito, afinal, é uma ciência ou simples técnica retórica? A resposta a essa pergunta tem suscitado acaloradas discussões ao longo de várias gerações de juristas. (mais…)

Ler Mais

RJ – I Jornada sobre racismo institucional e sistema de justiça

Por Fórum Justiça

Visamos propiciar, neste evento, o encontro de pesquisadoras e pesquisadores, profissionais e ativistas que investiguem, trabalhem e atuem com temáticas relacionadas ao racismo institucional, em especial no sistema de justiça. Esta será uma oportunidade de apresentar resultados de pesquisas e experiências oriundas de intervenções profissionais e políticas a respeito das temáticas correlacionadas. (mais…)

Ler Mais

A (i)moralidade do juiz moralista

Por Frederico de Almeida, no Justificando

Quando se descobriu que o juiz Marcelo Bretas, responsável pelo braço fluminense da Operação Lava Jato, obteve auxílio-moradia para si e para sua esposa, também juíza, a resposta do magistrado foi no sentido de dizer que ele apenas pleiteou judicialmente um direito que considerava ter. Vamos deixar de lado, por enquanto, o fato de que a resposta de Bretas veio por meio de seu perfil no Twitter, cheio de ironias, gracinhas e emojis. (mais…)

Ler Mais

4 fatos que colocam o julgamento do TRF-4 sob suspeita para julgar caso do Triplex

No Justificando

As esferas de poder que atuam no Tribunal Regional Federal da 4ª Região, palco do julgamento do ex-presidente Lula no caso do Triplex, já deram suas mostras em público de cumplicidade com Sérgio Moro, inclusive quando ele foi julgado por confessados abusos. Do Presidente do Tribunal ao relator da apelação, passando pelo órgão especial, o comportamento é de extensão das mãos do magistrado federal. (mais…)

Ler Mais

Juiz sueco: “É inacreditável que juízes brasileiros tenham o descaramento de se auto-conceder benefícios como auxílio-alimentação”

Vale repetir esta ótima matéria de Claudia Wallin, considerando, entre outras coisas, a notícia “Entidades de juízes se mobilizam por auxílio-moradia e alegam ‘campanha orquestrada’ contra seus direitos” (TP)

Por Claudia Wallin, em seu blog

Ab ovo, desde o princípio dos tempos ditos civilizados, quid latine dictum sit altum sonatur, tudo que é dito em latim soa profundo nas egrégias Cortes da Justiça. Mas hic et nunc, neste instante, os linguistas mais perplexos com os atos de auto-caridade praticados pelo Judiciário do Brasil já estarão se perguntando, data venia, se não é chegada a hora de ampliar a definição do conceito de pornografia nos dicionários brasileiros. (mais…)

Ler Mais