Pai de Blairo Maggi escravizou trabalhadores nos anos 80, diz relatório da PF

Trabalhador relatou ter sido açoitado com um chicote de couro em fazenda pertencente à Agropecuária Maggi, de André Maggi, precursora da Amaggi; relatório de 1988 foi classificado como “confidencial”

Por Lázaro Thor Borges, em De Olho nos Ruralistas

André Antônio Maggi, pai do ex-ministro Blairo Maggi (PP), sempre foi visto como um benfeitor, um líder no campo, um verdadeiro herói mato-grossense. Seu nome está registrado em avenidas, ruas, terminais rodoviários e outras instalações públicas em Mato Grosso. Para exaltar sua figura, em abril de 2019 foi lançada a primeira biografia sobre sua história, durante um evento de gala em um shopping de Cuiabá.

(mais…)

Ler Mais

Apple e Microsoft acusadas de trabalho infantil e cumplicidade na morte de crianças congolesas

A International Rights Advocates moveu um processo jurídico contra Apple, Google, Dell, Microsoft e Tesla, acusando as multinacionais de ajudarem e incentivarem as empresas que lucraram com o trabalho de crianças em minas de cobalto na República Democrática do Congo em condições perigosas, que, em muitos casos, acabaram por levar à sua morte.

Esquerda.net

De acordo com o Guardian, o processo foi movido em Washington pela associação de Direitos Humanos, Intyernational Rights Advocates, em nome das 14 famílias e crianças da República Democrática do Congo (RD Congo). As famílias congolesas afirmam que os seus filhos foram mortos ou mutilados durante a mineração de cobalto utilizado para alimentar as baterias de lítio recarregáveis ​​usadas em milhões de produtos vendidos por estas multinacionais todos os anos.

(mais…)

Ler Mais

Trabalhador percorre 100 km a pé para denunciar escravidão e 17 são resgatados de fazendas no MS

Uma força-tarefa realizada entre os dias 2 e 6 de dezembro resgatou 17 trabalhadores de seis fazendas na região sudoeste de Mato Grosso do Sul, em situação análoga à escravidão. O resgate aconteceu após um deles ter percorrido 100 quilômetros a pé, de Porto Murtinho ao Ministério Público Estadual em Bela Vista, e realizar a denúncia.

Mídia Max com informações do MPT-MS / CPT

De acordo com o trabalhador, ele estaria há dois meses prestando serviços na carvoaria de uma fazenda próxima a Porto Murtinho, e teria recebido apenas R$ 100 pelo trabalho. E após ser agredido deixou o local e percorreu mais de 100 quilômetros até o MP-MS em Bela Vista para reclamar seus direitos. Em depoimento ele ainda afirmou que não sabe ler nem escrever.

(mais…)

Ler Mais

Negros são 82% dos resgatados do trabalho escravo no Brasil

Maioria dos 2.043 negros e pardos encontrados em situação análoga à escravidão entre 2016 e 2018 é de jovens, nordestinos e sem escolaridade. Para especialistas, dados revelam a marginalização das populações negras.

Por Daniela Penha, em Repórter Brasil / CPT

Uma família de homens e mulheres negras. Nenhum dos quatro filhos conseguiu terminar o ensino médio. Cresceram na roça e começaram a trabalhar ainda crianças. João (nome fictício), de 26 anos, deixou a escola na sexta série, por volta dos 12 anos. Desde então, trabalha cortando cana ou colhendo café.  Em agosto de 2018, foi um dos 18 trabalhadores resgatados em situação análoga à de escravo em uma fazenda de café em Minas Gerais. 

(mais…)

Ler Mais

A conexão entre Aspirina, chocolate Bis e trabalho escravo

Por Marques Casara, no Brasil de Fato

Carnaúba é um tipo de palmeira que só existe no Brasil, principalmente nos estados do Piauí e do Ceará. De suas folhas é extraída uma cera usada em várias aplicações da indústria farmacêutica e dos setores de cosméticos e alimentos. A cera de carnaúba é um dos melhores produtos conhecidos, por exemplo, para conter umidade. 

(mais…)

Ler Mais

Festival sobre o Combate ao Trabalho Escravo é realizado em escola do campo no MT

Na última sexta-feira, dia 20 de setembro, a Comissão Pastoral da Terra (CPT) no Mato grosso realizou, em parceria com a Escola Estadual José de Lima Barros, o Festival de Combate ao Trabalho Escravo, na zona rural do município de Nossa Senhora do Livramento, na Baixada Cuiabana, a cerca de 40 quilômetros da capital Cuiabá. 

por Assessoria de Comunicação da CPT com informações da CPT Mato Grosso

O festival marcou o encerramento das atividades nesta escola da Campanha “De Olho Aberto para Não Virar Escravo”. As ações da Campanha já são desenvolvidas pela CPT no Mato Grosso há mais de 15 anos.

(mais…)

Ler Mais

MPF denuncia João Luiz Quagliato Neto e Antônio Jorge Vieira por trabalho escravo na fazenda Brasil Verde (PA)

Denúncia cumpre sentença da Corte Interamericana de Direitos Humanos que condenou o Brasil pela impunidade no caso dos 85 trabalhadores mantidos em condições análogas à escravidão

Ministério Público Federal no Pará

O Ministério Público Federal (MPF) apresentou denúncia criminal à Justiça Federal em Redenção (PA) contra João Luiz Quagliato Neto e Antônio Jorge Vieira pelos crimes previstos nos artigos 149, 207 e 203 do Código Penal, cometidos contra 85 trabalhadores rurais que foram resgatados na fazenda de Quagliato, no município de Sapucaia (PA), em 15 de março de 2000. Pelo número de vítimas e pela gravidade dos crimes, os acusados podem ser condenados até à pena máxima de prisão prevista nas leis brasileiras, de 30 anos de reclusão.

(mais…)

Ler Mais

Empregada doméstica indígena é resgatada de trabalho escravo em São José dos Campos, SP

Jovem de 20 anos foi trazida de uma aldeia no Amazonas para trabalhar com serviços domésticos e como babá do bebê do casal. Segundo o MPT, ela não era remunerada e não tinha contato com a família. Casal foi preso e vai responder por tráfico de pessoas.

Por G1 Vale do Paraíba e Região

Uma empregada doméstica indígena foi resgatada na terça-feira (3) de trabalho análogo ao escravo, no Jardim Paulista, em São José dos Campos (SP). Ela foi trazida do norte do país e era mantida no apartamento da família, prestando serviços de faxina e cuidando de um bebê e uma idosa sem remuneração e contato com a família. O casal foi preso em uma operação da Polícia Federal com o Ministério Público do Trabalho (MPT) e vai responder por tráfico de pessoas.

(mais…)

Ler Mais

Trabalho escravo: fiscalização resgata 59 trabalhadores em Minas

Por Luciano Nascimento, em Agência Brasil

Operação de fiscalização resgatou 59 trabalhadores em condição de trabalho análoga à escravidão no final de agosto, no interior de Minas Gerais. A informação foi divulgada ontem (3) pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia. A fiscalização foi feita em conjunto por auditores-fiscais do trabalho e agentes da Polícia Rodoviária Federal, no período de 19 a 28 de agosto. 

(mais…)

Ler Mais