Governo do MT é acusado de desviar mais de R$ 1 milhão de recursos do combate ao trabalho escravo

Ministério Público abriu inquérito para investigar desvio de um milhão de reais de recursos de combate ao trabalho escravo no estado do Mato Grosso, um dos estados que mais escraviza trabalhadores no Brasil.

Por Marcio Camilo-Muvuca Popular, na CPT

O Governo do Estado está sendo acusado de desviar mais um recurso. Depois da CPI dos Fundos – que investiga problemas na aplicação dos recursos à Educação (Fundeb) e infraestrutura de estradas (Fethab) – o Ministério Público Estadual (MPE) decidiu abrir inquérito para apurar o desvio de mais de R$ 1 milhão do Fundo de Erradicação do Trabalho Escravo em Mato Grosso (FETE). O estado tem um dos maiores índices de trabalho escravo do país, entre os entes federados. (mais…)

Ler Mais

Trabalho Escravo: Operação de resgate visa seita religiosa que atuava em municípios mineiros, baianos e paulistas

Operação Canaã desmonta sonho da “terra prometida” por seita para trabalhadores – Número de resgatados pode chegar a 900 de acordo com estimativa da Polícia Federal

EcoDebate / IHU On-Line

Trabalhadores em condição análoga à de escravo foram resgatados nesta terça-feira (6) em 15 municípios de Minas Gerais, São Paulo e Bahia. Em uma avaliação preliminar da Polícia Federal, haveria cerca de 900 pessoas trabalhando de forma irregular. Como a ação ainda está em andamento, o número deve sofrer alteração. Foi uma das maiores operações de resgate já realizadas no país nos últimos anos. Pelo menos 22 pessoas foram presas. (mais…)

Ler Mais

Trabalhadores resgatados dão voz aos frios números da escravidão contemporânea

Em evento do MPF e da Conatrae, procuradora-geral da República pede união entre instituições e sociedade civil no combate ao trabalho escravo

MPF

Histórias de vida marcadas por trabalho desumano, exploração e violência psicológica emocionaram o público que compareceu ao evento “Vozes da Escravidão Contemporânea: correntes invisíveis, marcas evidentes”, promovido nesta terça-feira (6) pelo Ministério Público Federal (MPF) e pela Comissão Nacional de Erradicação do Trabalho Escravo (Conatrae). Os trabalhadores Ismauir de Sousa, João Batista da Cunha e Kleyne Aparecida compartilharam dores e desalentos de terem sido submetidos ao crime do trabalho escravo. A mediação da conversa foi feita pelo jornalista Leonardo Sakamoto. (mais…)

Ler Mais

Vozes da Escravidão Contemporânea: vítimas de trabalho escravo participam de evento do MPF e da Conatrae

As dificuldades para combater a prática criminosa serão pauta do evento que acontece nesta terça-feira (6) e contará com a participação da PGR e da ministra de Direitos Humanos

Procuradoria-Geral da República

Pessoas que foram vítimas de trabalho escravo vão discutir a impunidade no combate a esse crime nesta terça-feira (6), às 14h30, no Memorial da Procuradoria-Geral da República, em Brasília. O evento Vozes da Escravidão Contemporânea: correntes invisíveis, marcas evidentes é promovido pelo Ministério Público Federal (MPF) e pela Comissão Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo (Conatrae), e contará com a mediação do jornalista Leonardo Sakamoto. O debate é uma das ações do MPF em homenagem ao Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo, celebrado em 28 de janeiro. (mais…)

Ler Mais

Ruralômetro: Empresas flagradas com trabalho escravo financiaram 10% dos deputados federais

Mais de 50 deputados receberam R$ 3,5 milhões de empresas responsabilizadas por trabalho escravo. Lista tem 21 representantes da bancada ruralista e é liderada por secretário de Alckmin

Por Piero Locatelli, Repórter Brasil

Pelo menos um em cada dez deputados federais teve sua campanha financiada por empresas flagradas utilizando mão de obra análoga à escrava. Na eleição de 2014, 51 dos 513 parlamentares eleitos receberam R$ 3,5 milhões de empresas que estão ou estiveram presentes nos cadastros de empregadores autuados pelo crime. (mais…)

Ler Mais

#TrabalhoEscravoNão: crime e impunidade persistem no Rio de Janeiro e Espírito Santo

Treze ações contra escravidão tramitam na 1ª instância no RJ e outras 7 em Varas capixabas

Procuradoria-Geral da República

Cena 1: após a doença grave de um trabalhador, os filhos de 10 e 6 anos foram forçados a trabalhar num sítio em Sapucaia (RJ) para a família continuar numa casa do terreno. Trabalhavam das 5h às 12h, com pausa para a escola e volta ao trabalho às 17h. Nos fins de semana, o trabalho não tinha intervalo. As crianças eram agredidas com cordas e vara de ferrão e trabalhavam sob sol ou chuva. Para o MPF, “a autoria dos delitos ficou demonstrada pela análise conjunta da denúncia ao Disque 100, relatório social, depoimentos de duas testemunhas e, principalmente, declarações das vítimas”. (mais…)

Ler Mais

Trabalhadores são resgatados em situação análoga à escravidão no Pará

No Justificando*

No mês em que se celebra o Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo – 28 de janeiro, instituído em homenagem aos auditores fiscais do trabalho assassinados em Unaí-MG  – cinco trabalhadores em condições análogas à de escravos foram resgatados de uma fazenda em São Geraldo do Araguaia, sul do Pará. O resgate foi realizado pelo Grupo Especial de Fiscalização Móvel, composto pelo Ministério Público do Trabalho, Ministério do Trabalho e Polícia Rodoviária Federal, em operação realizada dia 18 deste mês. (mais…)

Ler Mais

PGR anuncia criação de força-tarefa para investigar casos de trabalho escravo na Fazenda Brasil Verde

Anúncio foi feito em Londres. Medida busca garantir cumprimento de decisão da Corte Interamericana de Direitos Humanos (CIDH)

PGR / CPT

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, anunciou nesta quarta-feira (24), durante palestra no King’s College, em Londres, a criação de uma força-tarefa que vai ajudar a reconstituir o processo sobre trabalhadores mantidos em situação análoga à escravidão por mais de uma década na Fazenda Brasil Verde, no sul do Pará. O grupo é composto por quatro procuradores que vão atuar na coleta de material probatório e oitiva de testemunhas. O objetivo é garantir o cumprimento das medidas impostas pela Corte Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) ao Estado brasileiro. (mais…)

Ler Mais

Auditores fiscais do Trabalho pedem prisão de mandantes da Chacina de Unaí

Por Alex Rodrigues – Agência Brasil, no Justificando

Um ato público em frente ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), em Brasília, reuniu cerca de 200 pessoas para exigir a prisão dos quatro empresários condenados pelo assassinato de três auditores fiscais do Trabalho e de um motorista do Ministério do Trabalho que apuravam denúncias de trabalho escravo em fazendas de Unaí (MG), em 2004. O episódio ficou conhecido como a Chacina de Unaí. (mais…)

Ler Mais

Escravos sem correntes: trabalhadores resgatados relatam ameaças, moradias insalubres e água dividida com animais

Dívidas impagáveis, ameaças veladas, água dividida com animais, jornadas extenuantes sem descanso, moradias insalubres, falta de equipamentos de proteção e de kits de primeiros socorros. Os relatos de trabalhadores resgatados no país reúnem vários elementos que mostram como se configura o trabalho análogo ao de escravos nos dias de hoje

Clara Velasco, Gabriela Caesar e Thiago Reis – G1 / IHU On-Line

Um levantamento exclusivo feito pelo G1 analisou 315 relatórios de fiscalização obtidos via Lei de Acesso à Informação. Foram analisadas 33.475 páginas que contêm a descrição do local e da situação verificada in loco pelos grupos de fiscalização, bem como as infrações aplicadas, fotos, depoimentos dos trabalhadores e documentos diversos, como recibos e guias trabalhistas. (mais…)

Ler Mais