Projetando o futuro: ensinamentos do triunfo de Bolsonaro para as esquerdas latino-americanas. Artigo de Eduardo Gudynas e Alberto Acosta

No IHU

“Apesar da opressão que poderiam provocar essas manifestações de ressurgimento da extrema direita na América Latina e em outras partes do planeta, não compartilhamos do pessimismo extremo que existe entre alguns atores, ainda que possamos entendê-lo. Um pessimismo que considera que o  capitalismo alcançou uma vitória total na América Latina e que qualquer  opção de esquerda se tornou inviável. Ao contrário, entendemos que esse colapso afeta os progressismos, e que eles deveriam permitir novas opções para reconstruir as esquerdas”, escrevem Eduardo Gudynas, ambientalista e pesquisador vinculado ao Centro Latino-Americano de Ecologia Social – CLAES, e Alberto Acosta, economista, foi presidente da Assembleia Constituinte do Equador e candidato à presidência pela Unidad Plurinacional de las Izquierdas. A tradução é de Wagner Fernandes de Azevedo.

(mais…)

Ler Mais

Em decisão unânime, Uruguai aprova Plano Nacional de Agroecologia

A lei é considerada vitoriosa pelas organizações que lutam pela soberania alimentar e pela agricultura familiar no país

Por Redação Radio Mundo Real, no Brasil de Fato

A Câmara de Deputados do Uruguai aprovou, na última terça-feira (11), o Plano Nacional de Agroecologia, que transforma em lei a iniciativa proposta pelos produtores e produtoras da agricultura familiar agroecológica e pelas organizações sociais que impulsionam o princípio político da Soberania Alimentar, entre elas, a Rede Nacional de Sementes Nativas e Crioulas do Uruguai, a Rede de Agroecologia do Uruguai e o secretariado uruguaio da Sociedade Científica Latino-americana de Agroecologia (Socla).

(mais…)

Ler Mais

Paraguayos tienen el 85% de la sangre guaraní

Por primera vez, Paraguay cuenta con un perfil genético que permite conocer la caracterización de la ascendencia poblacional. Tras el estudio, se concluyó que la población paraguaya conserva el 85% de sangre de los pueblos originarios de esta región.

Em Ultima Hora

La Dirección de Memoria Histórica y Reparación del Ministerio de Justicia y el Equipo Argentino de Antropología Forense (EAFF) presentaron el perfil genético de la población paraguaya. El estudio revela que los paraguayos tienen un gran porcentaje de sangre guaraní, aunque también europea y africana.

(mais…)

Ler Mais

Destrinchando a maconha paraguaia

Nosso repórter passou 15 dias em uma plantação ilegal de maconha no Paraguai; miséria e corrupção marcam o cotidiano de um “Estado paralelo”, longe das agências policiais e facções criminosas

por Matias Maxx para a Agência Pública

A pouquíssimos quilômetros da fronteira entre o Paraguai e o Brasil, pequenas comunidades trabalham duro em gigantescas plantações escondidas para garantir a maconha fumada por milhões de brasileiros. (mais…)

Ler Mais

O relatório silenciado

Informe parlamentar sobre os desdobramentos da Lava Jato no Peru revela como as empreiteiras brasileiras enviavam dinheiro para subornar políticos no país; os políticos peruanos fingiram que não viram

por , em A Pública

A solidão obscura dos arquivos do Congresso peruano pode ser o destino final do relatório do presidente da Comissão Investigadora do caso Lava Jato, que desde novembro do ano passado busca identificar as ramificações da investigação brasileira no país vizinho. Seu nome verdadeiro é bem maior: Comissão Investigadora Encarregada de Investigar o Pagamento de Supostas Propinas a Funcionários Peruanos por parte de Empresas Brasileiras Odebrecht, Camargo Corrêa, OAS, Andrade Gutierrez, Queiroz Galvão e outras, desde o Início de suas Atividades até a Data, por Qualquer Forma de Contrato com o Estado Peruano. Mas não é apenas o nome que é incomum. O fato de o presidente da comissão, o deputado independente Juan Pari, assinar o relatório final sozinho também é incomum – e inquietante. (mais…)

Ler Mais