Guerra Fria Interamericana

Com documentos inéditos, livro revela como a ditadura militar brasileira ajudou a golpear a mais longeva democracia do continente em conluio com os EUA para instalar um regime sanguinário sem precedentes no Chile. Mas, enquanto o apoio de Washington se dava às claras, a intervenção brasileira acontecia no submundo.

Por Andre Pagliarini, em Jacobin

Em 2013, enquanto o Chile marcava quarenta anos do golpe que matou o ex-presidente socialista Salvador Allende, derrubou a exitosa coalizão de esquerda conhecida como Unidade Popular e enterrou a democracia de um país que até então se orgulhava de sua estabilidade política, uma campanha presidencial marcada pela memória da ditadura de Augusto Pinochet se desdobrava. Michelle Bachelet e Evelyn Matthei, duas filhas de generais da Força Aérea chilena que brincavam juntas quando meninas, protagonizam a disputa eleitoral. Como Bachelet explicou ao jornal The Guardian, “meu pai e o pai dela eram bons amigos, mas eram muito diferentes. Meu pai falava muito e ria muito. Eu sou como ele. Matthei é mais alemã. Ela é quieta”. Bachelet, que já havia exercido a presidência entre 2006-2010, primeira mulher a ocupar o cargo no Chile, disse também que “minha família realmente acreditava na justiça social e tinha a mente aberta. Isso era visto como estranho pelos militares da época. É por isso que temos visões completamente diferentes”.

(mais…)

Ler Mais

As manifestações em Cuba

Luiz Bernardo Pericás analisa as manifestações em Cuba e reforça a necessidade de lutarmos pelo legado e pelos ideais da revolução.

Por Luiz Bernardo Pericás, no Blog da Boitempo

Os protestos em diferentes cidades cubanas, iniciados em San Antonio de los Baños no domingo passado, têm sido amplamente noticiados pela grande imprensa como um sinal de que o povo do país estaria, aparentemente, cansado de seu governo e que buscaria trocar o modelo socialista por outro supostamente mais “liberal” e “democrático”. Segundo essa narrativa, os problemas econômicos, agravados pela pandemia do novo coronavírus, teriam sido fundamentais para deflagrar as manifestações. É preciso, contudo, ter cautela neste momento para não ser influenciado pelos veículos da mídia estrangeira ou por informações provenientes de meios “alternativos” escusos, em geral, de grupos da internet locais, com intenso apoio dos Estados Unidos. 

(mais…)

Ler Mais

As prisioneiras de Daniel Ortega na Nicarágua

Uma heroína da revolução contra a ditadura da família Somoza e a filha da primeira presidente mulher do continente foram presas na nova onda de repressão

Por Julia Garcia, Agência Pública

Se em 2021 há poucas dúvidas de que a Nicarágua vive debaixo de uma ditadura comandada pelo ex-revolucionário sandinista Daniel Ortega e sua esposa, Rosario Murillo, vale lembrar que essa ditadura se foi cozinhando lentamente. Hoje, é remota a lembrança de 2006, quando Ortega voltou ao poder pelo voto popular.

(mais…)

Ler Mais

Historiadores debatem impacto da Covid-19 na América Latina

Por COC/Fiocruz

O primeiro ano da pandemia de Covid-19 na América Latina será tema de debate on-line entre historiadores na próxima sexta-feira (18/6), às 11h. Com a mediação do professor e pesquisador da Casa de Oswaldo Cruz (COC/Fiocruz) Marcos Cueto, editor da revista História Ciência Saúde – Manguinhos, o encontro terá a participação dos pesquisadores Claudia Agostoni, (Instituto de Investigaciones Históricas da Universidad Nacional Autónoma de México), Karina Ramacciotti (Universidad Nacional de Quilmes e Consejo Nacional de Investigaciones Científicas y Técnicas) e Gabriel Lopes (COC/Fiocruz).

(mais…)

Ler Mais

Colombia: A un mes del inicio del Paro Nacional, demandamos el fin de la violencia estatal e investigación internacional de los crímenes de Estado

La Via Campesina

A cumplirse un mes del inicio del Paro Nacional contra el paquetazo neoliberal de mayor corte de derechos, privatizaciones y flexibilización laboral, los movimientos y organizaciones sociales abajo firmantes, nos solidarizamos con el pueblo de Colombia y demandamos el inmediato cese de la brutal violencia estatal y para estatal contra jóvenes, mujeres, campesinxs, trabajadorxs, indígenas que se vienen manifestando incesantemente por sus derechos.

(mais…)

Ler Mais

Como história de amor e piratas: os 50 anos de “As Veias Abertas da América Latina”

Por Pedro Cardoso, no Buala

Nos anos 70, o livro “As Veias Abertas da América Latina”, do uruguaio Eduardo Galeano, foi uma bofetada às ditaduras da Operação Condor. A obra esmiúça 400 anos de saqueio dos recursos da região, desde a conquista europeia até a segunda metade do século XX. Uma história de depredação para explicar o ciclo de pobreza e exclusão da América Latina. Publicado em 1971, “As Veias”, como se referia Galeano ao seu livro icónico, faz 50 anos.

(mais…)

Ler Mais

Glifosato en el agua de escuelas de Mar del Plata

Un estudio de la Universidad de Mar del Plata confirmó lo que docentes y familias temían: el agua de las escuelas rurales contiene agrotóxicos y nitratos. “Representa un riesgo para la salud de la población”, alertó la investigación.

Por Eduardo Duschatzky, na Servindi

El Grupo Aguas de la Universidad Nacional de Mar del Plata (Unmdp) halló niveles alarmantes de glifosato y nitrato en pozos de agua que abastecen a cuatro escuelas y un jardín de infantes en la Zona Oeste Rural (ZOR) del partido de General Pueyrredón, en el sudeste bonaerense.

(mais…)

Ler Mais

Desde Cuba, Entrevista a Pepe Mujica: “Es un honor respaldar la candidatura al Nobel de la Paz para los médicos cubanos”

Maribel Acosta Damas, em Mateamargo

Hay un viejo proverbio que se utiliza en Cuba: “Dios protege a la inocencia”. Así parece con esta entrevista, después de todo… Semanas preparándola con José Mujica, ex presidente uruguayo, tupamaro, líder del Frente Amplio. El hombre de nueve balazos en el cuerpo, el que estuvo preso 13 años, el que después de la dictadura siguió aportando a su país y llegó a ser Ministro de Ganadería y Agricultura en el primer gobierno de Tabaré Vázquez en 2005 y luego Presidente del Uruguay entre 2010 y 2015; el que está casado de toda la vida con Lucía Topolansky, la también guerrillera y senadora actual. El Presidente de tres leyes trascendentales: Legalización del aborto (2012), Legalización del matrimonio igualitario (2013), Legalización de la producción y venta de la marihuana (2013). En su gobierno se redujo la pobreza al 12 %, disminuyó la desigualdad, permitió un crecimiento económico del 75 % y se pusieron en marcha importantes inversiones sociales en la salud y la ciencia…

(mais…)

Ler Mais

Opus Dei, a herdeira investigada

A ordem enfrenta atualmente processos judiciais no Uruguai e na Argentina em que os requerentes a acusam de pressões indevidas e métodos abusivos para ficar com a herança de idosos

Por Paula Bistagnino*, na Agência Pública

Em 16 de outubro de 2008, o telefone tocou na casa de María Elena Abazo, na cidade de Buenos Aires. Seu tio, Francisco Noreiko, de 81 anos, havia capotado a caminhonete enquanto dirigia pela rota 11 na cidade de Salta, na Argentina, até sua fazenda em La Caldera. Quando a família recebeu a notícia, já haviam se passado 15 dias desde o acidente. Francisco estava paraplégico e imobilizado devido a fraturas na coluna e não conseguia falar.

(mais…)

Ler Mais