“Não estamos querendo tirar nada de ninguém”: a vida sem terra e com ameaças à vida em acampamentos no Triângulo Mineiro

“Aqui do lado fica o aeroporto, que agora está cedido para uma empresa de pulverização aérea de veneno. Os aviões levantam e já saem derramando glifosato em cima da gente, até duas vezes por dia. As vacas, as porcas, abortam por causa disso. A gente quer fazer exame da água pra ver se não tá contaminada. Um dia desses, três motoqueiros botaram fogo em 38 lotes, queimaram animais, barracas. E não chega caminhão dos bombeiros ou da prefeitura com água para apagar, apagamos na mão”.

 Pedro Calvi, CDHM

O depoimento é da dona Rosa Sousa, líder do acampamento Beira Rio, na cidade de Fronteira, no sudoeste mineiro. Ela faz parte do Programa de Proteção aos Defensores de Direitos Humanos (PPPDDH-MG). Cerca de 138 famílias do Movimento Terra, Trabalho e Liberdade (MTL) vivem no local. Em janeiro deste ano, através do Coletivo de Advocacia popular do Triângulo Mineiro, o grupo conseguiu impedir o despejo. O acampamento resiste, desde 2013, a tentativas seguidas de reintegração. A Fazenda Pântano, ocupada perlo movimento desde então, já foi considerada terra improdutiva. Antes da fazenda, o terreno era da antiga Destilaria FronteiraUm suposto proprietário da fazenda não sequer consegue comprovar que é o dono.   Por outro lado, o agronegócio e empresas imobiliárias têm interesse na área.

(mais…)

Ler Mais

Acampamento da Resistência contra o despejo Centro de Formação Paulo Freire

Programação conta com assembleia, atos políticos, religiosos e culturais; veja como participar e contribuir

MST

Neste fim de semana (14), será montado um acampamento permanente em defesa do Centro de Formação Paulo Freire, localizado no Assentamento Normandia, na cidade de Caruaru, em Pernambuco.

O objetivo do acampamento é mostrar resistência diante da decisão de despejo solicitada pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), e aceito na última quinta (5) pelo juiz federal da 24ª Vara Federal de Caruaru, que determinou imediata reintegração de posse. 

(mais…)

Ler Mais

Em reunião com o Incra, grupo da PFDC cobra diálogo amplo sobre a reforma agrária e contesta desistência de desapropriações

Temas como regularização fundiária e acirramento da violência no campo também foram debatidos com o presidente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária

Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC)

O presidente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), João Carlos Jesus Corrêa, esteve na quarta-feira (11) na sede da Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC), do Ministério Público Federal, para reunião com o grupo de trabalho da PFDC que trata sobre Direito à Reforma Agrária.

(mais…)

Ler Mais

PGR pede federalização de investigações sobre mortes e torturas decorrentes de conflito agrário em Rondônia

Pedido baseia-se na grave situação de disputa agrária no estado, com alto índice de violência e impunidade

MPF

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, apresentou ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), nesta quinta-feira (12), um Incidente de Deslocamento de Competência (IDC) para transferir à Justiça Federal, em caráter de urgência, investigações de mortes e torturas no estado de Rondônia, decorrentes do grave conflito agrário instalado na região. Segundo a PGR, há no estado um percentual assustador de impunidade, que tem fomentado o ciclo de violência no campo. Rondônia é, atualmente, o segundo estado em número de mortes no campo, perdendo apenas para o Pará.

(mais…)

Ler Mais

“Reforma Agrária é o grande programa ambiental”

A afirmação é da engenheira florestal Cláudia Sonda, do Instituto Ambiental do Paraná. Segundo ela, experiências mostram que agroecologia é o caminho pra proteger o meio ambiente

Por Alan Tygel, em Página do MST

Duas semanas após os incêndios na Amazônia que chocaram o mundo, a cidade de Curitiba recebeu a 18ª edição da Jornada de Agroecologia. A praça Santos Andrade virou palco para centenas de camponesas e camponeses que produzem alimentos saudáveis, geram renda para as suas famílias e de quebra preservam e recuperam o meio ambiente.

(mais…)

Ler Mais

MST anuncia acampamento em Normandia para resistir a despejo

Incra ameaça terras onde estão o Centro de Formação Paulo Freire e três agroindústrias

Vinícius Sobreira, Brasil de Fato 

Na tarde desta segunda-feira (9) o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra realizou uma coletiva de imprensa para esclarecer a posição do movimento diante do pedido de reintegração de posse de uma área de 15 hectares no assentamento Normandia, na zona rural de Caruaru.

(mais…)

Ler Mais

PFDC recomenda ao Incra medidas para assegurar funcionamento de cursos do Pronera

Governo federal suspendeu, em várias cidades do país, o início de cursos do Programa, voltado à democratização do acesso à educação no campo

Na PFDC

A Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC), do Ministério Público Federal, encaminhou nesta terça-feira (10) ao Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) uma Recomendação para que o órgão adote as medidas administrativas necessárias tanto à continuidade quanto à abertura de novos cursos no âmbito do Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária (Pronera).

(mais…)

Ler Mais

CDHM faz diligência a áreas de conflitos agrários do Triângulo Mineiro

Pedro Calvi, CDHM

A Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados (CDHM) faz, nas próximas quinta e sexta-feira (12 e 13), uma diligência à região do Triângulo Mineiro, onde ocorrem sistemáticos conflitos pela terra. O objetivo da missão é avaliar a extensão dos conflitos, as ações já tomadas pela justiça e órgãos responsáveis, e os riscos iminentes. Os deputados Helder Salomão (PT/ES) presidente da CDHM, e Rogerio Correia (PT/MG), vão coordenar o trabalho. A Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Minas Gerais e parlamentares estaduais também devem participar da missão.

(mais…)

Ler Mais

Nota de solidariedade da CPT NE2 ao Movimento dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais Sem Terra – MST

Na CPTNE2

A Comissão Pastoral da Terra – Nordeste 2 vem expressar sua solidariedade ao Movimento dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais Sem Terra (MST) e manifestar o seu mais profundo repúdio à recente decisão judicial de reintegração de posse, movida pelo Incra-PE, contra o Centro de Formação Paulo Freire, inserido no Assentamento Normandia, na cidade de Caruaru/PE.

(mais…)

Ler Mais

Mais de 60 famílias assentadas estão sob ameaça de despejo em Macaé (RJ)

Criado em 2014, assentamento Osvaldo de Oliveira é o primeiro com projeto de desenvolvimento sustentável no estado

Do Brasil de Fato

O Projeto de Desenvolvimento Sustentável (PDS) Osvaldo de Oliveira é um assentamento organizado pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) no município de Macaé, região norte fluminense, desde 2014. A unidade com modelo pioneiro no Rio de Janeiro conta com mais de 60 famílias que produzem alimentos agroecológicos. No entanto, todo trabalho do PDS Osvaldo de Oliveira está sob ameaça de acabar por conta de um processo de reintegração de posse determinado pelo Tribunal Regional Federal do Rio de Janeiro (TRF-RJ) em agosto deste ano.

(mais…)

Ler Mais