Justiça do Pará mantem decisão e irá despejar cerca de 300 famílias do Acampamento Hugo Chávez a dez dias do Natal

Em Audiência de emergência realizada hoje, 13, após o atentado sofrido na última segunda-feira, 11 de dezembro, quando as famílias do Acampamento Hugo Chávez, que já se preparavam para o despejo marcado para essa quarta-feira, foram atacadas por pistoleiros, o juiz decidiu pela manutenção do despejo, que será realizado amanhã, dia 14.

Por Cristiane Passos – CPT Nacional*

O despejo será realizado pelo Comando Militar Especial (CME), independente da saída voluntária ou não das famílias. No processo principal da Fazenda Santa Tereza, em Marabá (PA), onde está o Acampamento, há uma decisão transitado em julgado que dá a reintegração de posse aos autores, a família Saldanha, e essa decisão foi mantida. (mais…)

Ler Mais

No Paraná, acampamento do MST erradica analfabetismo com o “Sim, eu posso!”

A comunidade fica em Centenário do Sul, norte do estado, onde o índice de analfabetismo chegava a 19% em 2010

Por Igor de Nadai*
Da Página do MST

Neste caloroso sábado (9), típico do Norte do Paraná, moradores do campo e da cidades, junto de 24 educandos e 10 educadores e educadoras, comemoraram a formatura de quatro turmas de alfabetização baseadas no método cubano “Yo, si Puedo!”, o “Sim, eu posso!”, na versão brasileira. (mais…)

Ler Mais

Em Pinhão, no Paraná, 14 mil pessoas podem ser despejadas em benefício de uma empresa

Há meio século, família Zattar era conhecida por enganar moradores e fazê-los assinar venda de terras sem consentimento

Daniel Giovanaz, Brasil de Fato

Uma semana de angústia. A imagem da demolição de uma igreja, que provocou o repúdio de autoridades religiosas na última sexta-feira (1º), foi gravada durante o cumprimento de uma reintegração de posse em Pinhão, no Centro-Sul do Paraná. Cerca de 20 famílias assistiram à destruição de suas casas naquela manhã, em uma localidade conhecida como Alecrim. As mesmas máquinas que arruinaram a igreja também puseram abaixo o posto de saúde, uma padaria comunitária e os espaços de lazer da comunidade. Era o início de um pesadelo coletivo, compartilhado por um a cada dois habitantes do município. (mais…)

Ler Mais

MG – Ato denuncia tentativa de assassinato e ameaças a trabalhadores Sem Terra

Por Geanini Hackbardt, Da Página do MST

Após uma tentativa de assassinato, em Campo do Meio, o MST e defensores dos Direitos Humanos, realizam na tarde desta segunda-feira (11) um ato pelo fim da violência e pela resolução do conflito no local. As terras da antiga usina Ariadnópolis, localizadas neste município, estão em disputa há mais de 20 anos. (mais…)

Ler Mais

Liderança de acampamento é assassinada em Candeias do Jamari, Rondônia

Nesta última quinta-feira, 07, pistoleiros armados feriram diversas pessoas e mataram uma das lideranças do Acampamento Boa Sorte, o Hugo Rabelo Leite. O acampamento está localizado na Linha 02 da área do Assentamento Flor do Amazonas, em Candeias do Jamari, município próximo a Porto Velho, em Rondônia.

Por CPT Rondônia

Conforme informações dos acampados, o assassinato de Hugo é resultado do ataque de um grupo de jagunços armados que atiraram nos sem-terra para matar. O conflito ocorreu quando os acampados tentavam recolher suas criações, que haviam ficado para trás após uma reintegração de posse do antigo acampamento – esse despejo ocorreu no dia 17 de novembro desse ano. Os acampados também acreditam que o ataque seja uma retaliação por causa das declarações do grupo, que há semanas denunciam que policiais militares de Candeias e de Porto Velho realizam vigilância privada na região. (mais…)

Ler Mais

Jagunços tentam assassinar dirigente do MST em Minas Gerais

O crime não se efetivou porque durante a intimidação outro veículo passou pelo local e os pistoleiros fugiram de carro.

Por Geanini Hackbardt, da Página do MST

Na tarde de quarta-feira (6), por volta das 16h30, dois homens armados cercaram o dirigente do MST, Silvio Netto, apontando armas contra sua cabeça. Silvinho, como é conhecido, voltava da área Quilombo Campo Grande (antiga Usina Aridnópolis), onde é assentado, quando os homens o obrigaram a parar o carro e realizaram as ameaças. (mais…)

Ler Mais

MPA faz greve de fome em Brasília contra a Reforma da Previdência

Camponeses do Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA) iniciaram ontem, 5 de dezembro, greve de fome na Câmara dos Deputados, em Brasília, como forma de repúdio a Reforma da Previdência que assombra os trabalhadores do campo e da cidade, e que poderá ser votada a qualquer momento

MPA / CPT

As recentes notícias da proposição do relator da Reforma da Previdência, Arthur Maia (PPS-BA), de retirar os trabalhadores rurais da proposta encaminhada para votação é mentira e a não votação da reforma na Câmara do Deputados não desmobilizou os trabalhadores. Diante disso, o Movimento segue somando nas atividades da Frente Brasil Popular em todo o País. “Para o MPA, a greve de fome significa que alguns passarão fome por alguns dias para evitar que muitos passem fome uma vida inteira”, afirma Bruno Pilon. (mais…)

Ler Mais

Intervenção federal despeja dezenas de famílias no interior do Paraná

Duas comunidades rurais de mais de 25 anos de existência foram surpreendidas, na manhã desta sexta-feira (01/12), por um grande aparato policial de reintegração de posse no município de Pinhão, no centro-sul do Paraná. Dezenas de famílias foram expulsas de suas casas devido a uma intervenção federal autorizada pelo Supremo Tribunal de Justiça (STJ), atendendo pedido da indústria madeireira Zattar

Júlio Carignano, no Porém.net / CPT

Segundo relatos dos moradores, a operação da PM do Paraná começou logo nas primeiras horas do dia. Os moradores foram expulsos de suas casas e na sequência as máquinas da empresa destruíram as residências, algumas delas de alvenaria. Escola, padaria comunitária e igreja também foram demolidas. A Prefeitura de Pinhão auxiliou no trabalho de remoção das famílias para outras localidades, porém a situação de moradia dos despejados segue indefinida. (mais…)

Ler Mais

Em Rondônia, trabalhadores sem-terra são agredidos e presos pela Polícia Militar e respondem: “O povo é líder!”

Em menos de quinze dias, o estado de Rondônia, através de sua Polícia, efetivou atos de violência por duas vezes contra as mesmas famílias, nos dias 14 e 25 de novembro de 2017

CPT Rondônia

Os trabalhadores e trabalhadoras, vítimas da violência, pertencem ao Acampamento Boa Sorte – local onde sofreram uma reintegração de posse no dia 14 de novembro –, área destinada à reforma agrária. Após o despejo, as famílias foram colocadas no Ginásio de Esportes da cidade de Candeias do Jamari. (mais…)

Ler Mais

Despejo destrói acampamento Marcelino Chiarelo em Santa Catarina

Texto e fotos: Juliana Adriano, no Midia Sem Terra

A madrugada avançava, mas muitos não queriam acreditar que seriam despejados, pois se a justiça já havia afirmado que aquela área de 1.000ha é do INCRA, como a juíza Heloísa Menegotto Prezonato poderia assinar a reintegração de posse a favor dos Prezzotto?! Porém, logo chegou a confirmação de que a cavalaria estava na região. Antes de clarear o dia, o drone da polícia sobrevoava a área. As seis horas da manhã a tropa de choque e a cavalaria da polícia militar avançaram em direção ao acampamento. Os Sem Terra gritavam em coro: “Marcelino Chiarello, aqui estamos nós, falando por você já que calaram sua voz”. “Pátria Livre! Venceremos!”, “MST! A luta é pra valer”. (mais…)

Ler Mais