MPF defende aquisição de alimentos produzidos por povos tradicionais para incremento da merenda escolar

Medida busca melhoria na qualidade dos alimentos fornecidos aos alunos de escolas localizadas em territórios tradicionais

Procuradoria-Geral da República

O Ministério Público Federal (MPF) divulgou nesta quarta-feira (3) nota técnica sobre a situação da alimentação nas escolas localizadas em territórios tradicionais no Brasil. O documento, elaborado pela Câmara de Populações Indígenas e Comunidades Tradicionais do MPF (6CCR), aponta para a necessidade de aquisição de alimentos produzidos por pequenos produtores e comunidades tradicionais como forma de proporcionar aos educandos alimentos mais saudáveis e frescos, garantir renda mínima para numerosas famílias, promover o desenvolvimento local sustentável, gerar renda nas áreas rurais e melhorar a qualidade de vida no campo.

(mais…)

Ler Mais

Povoado do Angico repudia versão de que população tentou ferir trabalhadores com coronavírus

Na CPT-BA

Os/as moradores/as do Povoado do Angico, localizado no município de Campo Alegre de Lourdes (BA), repudiam a acusação de que o protesto realizado na última quinta-feira (28) tenha tido a intenção de ferir os trabalhadores da empresa Andrade Gutierrez infectados com coronavírus, conforme o que foi noticiado em diversos meios de comunicação.

(mais…)

Ler Mais

Nota – Em defesa da vida dos trabalhadores e trabalhadoras do Vale do São Francisco

Na CPT-BA

A Comissão Pastoral da Terra (CPT) de Juazeiro (BA), seguindo a sua missão de ser presença fraterna  junto aos povos do campo, vem a público denunciar e se solidarizar com a situação de trabalhadores e trabalhadoras do agronegócio e das linhas de transmissão de energia eólica, da região norte do estado da Bahia, que estão com suas vidas em risco diante da pandemia do novo coronavírus.

(mais…)

Ler Mais

Trabalhadores rurais registram denúncia contra ameaças sofridas em Atalaia (AL)

Mais de 150 famílias denunciam pressão que têm vivido para que desocupem a terra pertencente ao ex-deputado João Lyra

Da Página do MST

Na manhã de ontem (28), trabalhadores e trabalhadoras rurais continuaram a registrar Boletim de Ocorrência junto a Delegacia da Policia Civil em denúncia às ameaças que vêm sofrendo por parte de supostos arrendatário da Fazenda Santa Tereza, em Atalaia, Zona da Mata de Alagoas. As famílias ameaçadas acionaram ainda o Governo do Estado para acompanhar o caso, por meio da Secretaria da Mulher e dos Direitos Humanos (SEMUDH).

(mais…)

Ler Mais

Pandemia e governantes colocam escolas do campo em risco e expõem professores à fome

Com o pretexto do coronavírus, prefeitos fazem dispensas sem justificativa e encampam projetos em favor do lucro

Erick Gimenes, Brasil de Fato

disseminação do novo coronavírus deu a governantes o impulso para desatar anos de desenvolvimento educacional no campo. Com a doença como desculpa, vários prefeitos e governadores promovem demissões, mudanças estruturais e dão respaldo a projetos de domínio econômico, pouco importantes ao ensino.

(mais…)

Ler Mais

Segundo CPT, mais de 43 mil pessoas estão envolvidas em conflitos no campo em PE

Dados da Comissão Pastoral da Terra indicam uma crescente da violência no campo junto do retrocesso na reforma agrária

Vanessa Gonzaga, Brasil de Fato

Fundado na base dos engenhos, que acentuavam a concentração de terras e eram responsáveis pela escravização dos povos do continente africano e expulsão de povos indígenas das suas terras, em 2020, Pernambuco ainda é cenário de conflitos nas áreas rurais. De acordo com o caderno Conflitos no Campo Brasil 2019, lançado no fim de abril pela Comissão Pastoral da Terra (CPT), o estado tem hoje 43.268 pessoas envolvidas em 67 conflitos que se estendem desde o município de Lagoa Grande, no sertão, até Tamandaré, no litoral do estado. No Brasil, os números assustam: em 2010, na primeira edição do estudo, 351.935 pessoas estavam em situação de conflito por terra. Hoje, esse número é de 578.968 pessoas distribuídas em todo o território nacional lutando pelo direito à terra e água.

(mais…)

Ler Mais

Em Atalaia (AL), famílias são ameaçadas para que deixem terra pertencente a João Lyra

Grupo João Lyra teve falência decretada e contabiliza dívida em torno de R$ 2,1 bilhões; ex-deputado conta com quase 300 ações judiciais

Da Página do MST

Mais de 150 famílias que vivem na Fazenda Santa Tereza, em Atalaia, na Zona da Mata de Alagoas, estão sofrendo uma série de ameaças para que saiam da área pertencente ao empresário e ex-deputado federal (PSD) João Lyra.

(mais…)

Ler Mais

Cerca de 580 mil pessoas lutam pelo direito à terra e à água no Brasil, aponta CPT

Dados da Comissão Pastoral da Terra indicam aumento da violência no campo e retrocesso da reforma agrária

Vanessa Gonzaga, Brasil de Fato

Fundado na base dos engenhos — que acentuavam a concentração de terras e eram responsáveis pela escravização dos povos do continente africano e pela expulsão de povos indígenas das suas terras — o estado de Pernambuco ainda hoje é cenário de conflitos nas áreas rurais.

(mais…)

Ler Mais

Em Jaqueira (PE), empresa é novamente acusada de destruir plantação de família camponesa

Na CPT/NE2

Na manhã desta terça-feira, 19/05, a Comissão Pastoral da Terra (CPT) recebeu mais um relato de violência praticada pela empresa Agropecuária Mata Sul S/A contra a comunidade de Fervedouro, localizada em Jaqueira, Zona da Mata Sul de Pernambuco. Segundo informações locais, por volta das 7h, cerca de 20 funcionários da empresa destruíram aproximadamente dez mil pés de banana plantados pela família do agricultor Reginaldo Felix. Durante a destruição, a família se encontrava na escola comunitária, na sede do Engenho Fervedouro, participando da campanha de vacinação promovida pela Prefeitura de Jaqueira. Só chegou ao sítio quando tudo já havia sido destruído, mas ainda a tempo de avistar funcionários da empresa indo embora com carros e motos.

(mais…)

Ler Mais

Proteção dos conhecimentos tradicionais dos povos e comunidades é tema de debate online

Atividade marca o lançamento da cartilha sobre a Lei da Biodiversidade, conhecida como “Lei da Biopirataria”

Terra de Direitos

Na véspera do Dia Internacional da Biodiversidade, data instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU) e celebrada em 22 de maio para promover a conservação e proteção da diversidade de vida no planeta, o Grupo de Trabalho sobre Biodiversidade da Articulação Nacional de Agroecologia (ANA) e a Terra de Direitos promovem, na noite desta quinta-feira (21), um debate online com destaque para a reflexão sobre a proteção dos conhecimentos tradicionais dos povos e comunidades tradicionais. O debate será transmitido simultaneamente nas redes sociais da Terra de Direitos e ANA a partir das 18h30.

(mais…)

Ler Mais