Wagner Moura: “Os cidadãos têm a obrigação de resistir”

Após a estreia na Berlinale de “Marighella”, seu primeiro filme como diretor, Wagner Moura conta em entrevista como chegou ao tema, fala sobre resistência em regimes autoritários e comenta as dificuldades que o longa deve enfrentar para ser distribuído no Brasil de hoje.

Por Camila Gonzatto, no Blog da Berlinale/Goethe-Institut

Com mais de duas horas e meia, Marighella debruça-se sobre os últimos anos da vida do escritor, político e ativista Carlos Marighella, morto pela ditadura militar no Brasil. A ênfase do filme recai sobre a atuação do protagonista na Ação Nacional Libertadora (ANL) – um dos grupos de luta armada ativos contra o regime. O longa-metragem foi construído como uma obra ficcional de ação, com câmera próxima aos personagens, muitas vezes na mão, planos rápidos e montagem ágil. “Não quero que o filme soe como algo do passado. Quero que as pessoas o sintam como algo que está acontecendo agora”, diz o diretor. Em uma mesa-redonda com jornalistas de vários países do mundo, Wagner Moura fala sobre Marighella.

(mais…)

Ler Mais

M Facebook – 27 de janeiro a 2 de fevereiro, 2019

Por Natasha Bachini e João Feres Jr., no Manchetômetro

Entre os dias 27 de janeiro e 2 de fevereiro de 2019, as 158 páginas que monitoramos publicaram 7.689 posts, que geraram 6.101.077 compartilhamentos. As páginas que mais postaram nessa semana foram: UOL (387 posts), O Globo (380 posts) e Exame (375 posts). 

Os 20 posts da tabela (AQUI) concentram 14% dos compartilhamentos obtidos pelas 158 páginas ao longo do período. O recurso mais empregado nessas postagens foi a foto (70%), seguido por vídeo (25%) e texto (5%).
Três temas se destacaram entre os posts mencionados na tabela: o rompimento da barragem em Brumadinho (MG), a disputa à presidência do Senado e o falecimento do irmão do ex-presidente Lula.

(mais…)

Ler Mais

Eduardo Galeano: Obras completas en PDF

No Bloghemia

Eduardo Galeano fue una de las plumas latinoamericanas más destacadas del siglo pasado. Pero no solamente se destacó como autor de novelas, también tuvo una prolífica y muy notable carera como periodista en el mundo gráfico.

También, debemos remarcar al abordar a este fantástico autor uruguayo que supo ser un intelectual muy comprometido con la política y el contexto social de su tiempo. Es decir, Galeano, jamás se demostró indiferente a la dictadura de su país durante la década del setenta y a la cruenta propuesta instalada en la Argentina durante la misma época, prueba de ello es que debió irse de su país por su férrea oposición.

(mais…)

Ler Mais

MPF instaura inquérito civil para identificar registros e acompanhar medidas de valorização da memória de João Cândido, líder da revolta da chibata

Inquérito busca identificar os registros da trajetória do “almirante negro”, como era conhecido, na Marinha e a atuação de entes públicos federais, estaduais e municipais na preservação de sua memória

Procuradoria da República no Rio de Janeiro

O Ministério Público Federal (MPF) instituiu inquérito civil público para apurar as medidas de valorização da memória do marinheiro João Cândido Felisberto por órgãos municipais, estaduais e federais. O procedimento também tem por objetivo identificar os registros de João Cândido na marinha brasileira e acompanhar as medidas adotadas pelos entes públicos para garantir a abordagem histórica de sua trajetória, tendo em vista o disposto na Lei nº 10.639, de 2003, que manda incluir no currículo oficial da rede de ensino a luta dos negros no Brasil.

(mais…)

Ler Mais

Evangélicos já atuam em 53,5% dos grupos indígenas na Amazônia

Missionários cristãos já atuam em mais da metade de grupos indígenas na Amazônia, informa reportagem publicada neste sábado (2/2) pelo jornal O Globo. De acordo com a matéria, há religiosos que chegam a construir igrejas dentro de unidades de conservação – o que é proibido por lei – e desrespeitam tradições das comunidades locais.

No Vermelho*

Das 340 etnias indígenas presentes na região, 182 (53,5% do total) têm presença missionária evangélica. Em 132, representantes da população nativa participam da pregação, segundo um relatório de 2010 da Associação de Missões Transculturais Brasileiras (AMTB). Mas órgãos oficiais, como a Fundação Nacional do Índio (Funai), não têm estimativas sobre a quantidade de grupos atuantes nas tribos. 

(mais…)

Ler Mais

A capacidade de julgar, distinguindo o bem e o mal, nos actuais tempos

O que fazer face a todas estas situações? Só conheço uma forma. Actuar em todos os campos da sociedade em defesa da democracia e aprofundá-la em todas as suas instituições.

Por Irene Flunser Pimentel, no Público

Aqui há uns dois anos, o jornalista e escritor Olivier de Guez entrevistou-me, como a outros portugueses, para tentar desfazer aquilo a que ele chamava mistério português, o único país da Europa onde não havia movimentos populistas de extrema-direita, racistas e xenófobos importantes, e muito menos no Parlamento. O resultado das entrevistas foi um artigo, intitulado La mélancolie portugaise, rempart contre le national-populisme (Points, 13/4/2017). No entanto, se o jornalista francês cá voltasse hoje, veria que a situação, embora não completamente, já é outra.

(mais…)

Ler Mais

Raça, género e classe: a mesma luta

Não é necessário escolher entre luta de classes ou lutas feministas e anti-racistas. Estamos perante um único processo de metamorfose, em que a multiplicidade de novos vectores se vai opondo à velha cultura patriarcal, colonial e neoliberal.

Por Vítor Belanciano , no Público

No seguimento das ocorrências no Bairro da Jamaica, houve quem afirmasse que o racismo é apenas uma questão de pele negra, independentemente da condição social. E existiu quem lembrasse que, mesmo que assim seja, quanto mais fragilizada for a condição social de alguém mais difícil será o acesso a uma cidadania plena. 

(mais…)

Ler Mais

Governador do RJ manda fechar exposição que faria referência a tortura pela ditadura

Performance que faz alusão à tortura durante a ditadura militar seria encenada hoje na mostra ‘Literatura Exposta’, no Rio

Da Folhapress, no Bem Paraná

O governador do Rio, Wilson Witzel (PSC), ordenou que a exposição ‘Literatura Exposta’ fosse encerrada neste domingo (13), um dia antes do previsto. Uma performance do coletivo de artistas És Uma Maluca, que faz referência à tortura durante a ditadura militar no Brasil, seria encenada nesta data.

(mais…)

Ler Mais

Alguém dê um dicionário para nosso novo chanceler

Por Rafael Baliardo, no Justificando

Consultando A pré-história da mente, obra de referência no campo da arqueologia cognitiva (que estuda a evolução da cognição humana), vejo que o autor, o arqueólogo inglês Steven Mithen, usa precisamente a expressão “ideologia religiosa” ao especular sobre quando os primeiríssimos humanos modernos se ocuparam de manifestações rituais e artísticas. Nesses tempos de sobredose de informação e ruído e com a palavra “ideologia” tomada por palavrão, seria de questionar se é certo o autor usar o termo no contexto da mentalidade primitiva de nossos ancestrais, que engatinhavam na direção do simbolismo religioso. Afinal, tendo por certo o que se ouve por aí, o repertório da religião não se submete de jeito algum ao domínio ideológico.

(mais…)

Ler Mais