Exposição solicita recursos da Lei de Incentivo à Cultura para fazer publicidade de grandes marcas

Com ingressos salgados, O Museu Mais Doce do Mundo tentou arrecadar R$ 2,5 milhões dos cofres públicos, mas recebeu parecer contrário da Comissão Nacional de Incentivo à Cultura

Por Natália Silva, especial para o Joio

A exposição “O Museu Mais Doce do Mundo”, em cartaz desde 5 de abril em São Paulo, está chegando ao fim. Após 18 de agosto, a mostra será deslocada para o Rio de Janeiro, onde os cenários “instagramáveis” com referências a grandes marcas – como Nestlé, Bauducco, Docile, Itubaína e Nina Ricci – seriam recheados com o dinheiro público: os organizadores do evento foram autorizados a arrecadar até R$ 2.544.060,46 por meio da Lei de Incentivo à Cultura.

(mais…)

Ler Mais

Das Casas Bahia a Donald Trump. Por Patrick Mariano

Na Revista Cult

Um aplicativo que envelhecia as faces de usuários logo se tornou febre entre os brasileiros. O roteiro é parecido: famosos e influenciadores digitais começaram a estampar os seus rostos envelhecidos nas redes sociais e rapidamente em nossos próprios grupos pipocam imagens de amigos e conhecidos. 

Pouco tempo depois, saíram algumas matérias apontando riscos na proteção de dados dos usuários do aplicativo, com autorizações amplas que permitiriam grande vulnerabilidade. Considerando que não faz muito tempo que o Facebook admitiu a utilização em massa de dados dos seus usuários – motivo pelo qual foi condenado pela Comissão Federal de Comércio dos Estados Unidos em US$ 5 bilhões por falhas na política de privacidade da rede social -, não deveria ter causado muita surpresa a notícia relativa ao aplicativo do envelhecimento.

(mais…)

Ler Mais

Atriz Ruth de Souza morre no Rio aos 98 anos

Ela foi a primeira atriz negra a atuar no Theatro Municipal e a primeira brasileira indicada a um prêmio internacional de cinema. Ruth de Souza estava internada com pneumonia.

Por G1 Rio

Morreu na manhã deste domingo (28) a atriz Ruth de Souza, de 98 anos. Ela estava internada desde o começo da semana no Centro de Tratamento Intensivo do Hospital Copa D’Or, em Copacabana, na Zona Sul do Rio, vítima de uma pneumonia. A causa da morte não foi informada pelo hospital.

(mais…)

Ler Mais

Bação e Aredes – Teatro Comunitário valorizando memórias nas Minas Gerais

por Alenice Baeta & Henrique Piló  

O grupo de teatro São Gonçalo do Bação, sob direção do dramaturgo Mauro Antônio de Souza ou Mauro Ghoña, em parceria com a Estação Ecológica Estadual Aredes-IEF e patrocínio da SAFM, vai apresentar uma nova peça inspirada no livro publicado em 2016: “Aredes- Recuperação Ambiental e Valorização de um sítio arqueológico”, organizado pelos historiadores e arqueólogos Alenice Baeta e Henrique Piló.

(mais…)

Ler Mais

Por um Fanon revolucionário

Por João Carvalho, no blog da Boitempo

Introdução

“Os filósofos têm apenas interpretado o mundo de maneiras diferentes; a questão, porém, é transformá-lo.”[1] Frantz Fanon foi um desses transformadores. Em sua obra, bem como em sua vida, sempre soube aliar a teoria à prática não apenas para compreender e tornar cognoscível o mundo que o cercava e o mundo dentro de si, mas, sobremaneira, para transformá-lo. Dentre as ferramentas de seu vasto arsenal teórico, além de Freud e Hegel,  se encontravam Marx, Lênin e Mao.

(mais…)

Ler Mais

Enredo da Mangueira em 2020 traz o Cristo histórico contra a intolerância

“Será que Jesus não está no morador da favela?” Escola traz figura política de Cristo e o amor que liberta da intolerância e do preconceito

por Redação RBA 

São Paulo — “Quando Cristo esteve aqui, ficou do lado dos oprimidos e não fez distinção de pessoas. Será que Jesus não está no morador da favela? No menor abandonado? No gay? Na mãe de santo?” O questionamento é do carnavalesco da Mangueira Leandro Vieira, em entrevista ao jornal O Globo, na qual ele anuncia que o enredo da escola de samba em 2020 será A Verdade Vos fará Livre.

(mais…)

Ler Mais

Quilombo Mesquita promove II Festa do N’golo

Por Daiane Souza

O Grupo Cultural Som de Kilombo, da comunidade Quilombo Mesquita, de Goiás, a 45Km de Brasília, promoverá nos próximos dias 20 e 21 de julho a II Festa do N’golo, com os objetivos de fortalecer a produção de renda autossustentável e de enriquecer o calendário cultural da comunidade. A primeira edição da festa ocorreu em 2018 para batizar uma bebida ancestral – o N’golo – que, a base de quiabo-de-angola, está presente nas principais celebrações Mesquita há praticamente três séculos.

(mais…)

Ler Mais

65 anos sem Frida Kahlo

Na data do aniversário da sua morte, o PÚBLICO preparou uma fotogaleria da artista mexicana — uma mulher à frente do seu tempo

Por Karla Pequenino, no Público 

“Nunca pinto sonhos nem pesadelos. Pinto a minha própria realidade.”

Era assim que a artista mexicana Frida Kahlo se definia. A mulher morena, latina, com sobrancelhas grossas, que viveu com espartilhos e uma coluna partida desde os 18 anos, não tinha medo de se vestir de formar inconvencional e dizer o que pensava. Ficou conhecida pelos seus auto-retratos, e telas mais excêntricas – que misturam montes e vales com figuras a boiar numa banheira – mas Kahlo sempre rejeitou a descrição de “surrealista”. A inspiração, dizia, vinha da sua vida: procedimentos médicos dolorosos, abortos, desilusões e um casamento tumultuoso. 

(mais…)

Ler Mais

Paraty e Ilha Grande entram na lista do Patrimônio Mundial da Unesco

Por RFI

A cidade colonial de Paraty e a vizinha Ilha Grande, localizadas ao sul do Rio de Janeiro, foram declaradas Patrimônio da Humanidade pela Unesco. A decisão foi anunciada pela instituição nesta sexta-feira (5) em Baku, capital do Azerbaijão.

A escolha do sítio brasileiro foi decidida durante a 43ª reunião do Comitê do Patrimônio Mundial, que é realizada até a quarta-feira (10), em Baku. Paraty e Ilha grande entraram para a lista por sua mistura única de riquezas históricas e naturais.

(mais…)

Ler Mais