Os índios e a queda da Bastilha, por José Ribamar Bessa Freire

No Taqui Pra Ti

Num dia de outono de 1972, depois de ver “O charme discreto da burguesia” que acabava de ser lançado em Paris, o escritor amazonense Márcio Souza e eu fizemos uma longa caminhada pela avenida Daumesnil. No momento em que entramos na Praça da Bastilha, ele interrompeu os comentários sobre o filme e me disse num tom provocador:

– Quem diria, hein? Os índios brasileiros ajudaram a derrubar a Bastilha. (mais…)

Ler Mais

Educação: Alunos Tukano escrevem dissertação de mestrado da Ufam na língua da etnia

Decisão da Universidade Federal do Amazonas é um marco no sistema do ensino superior para os índios do Brasil 

Por Elaíze Farias, em Amazônia Real

Os indígenas Dagoberto Azevedo, 37 anos, e Gabriel Maia, 45 anos, falam língua Tukano, originária dos territórios margeados pelos rios Uaupés, Tiquié e Papuri, afluentes do Alto Rio Negro, município de São Gabriel da Cachoeira, no noroeste do Estado do Amazonas, na fronteira com a Colômbia. É nesta língua, e não no português, que eles vão escrever suas dissertações de mestrado do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social (PPGAS) da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), uma iniciativa considerada um marco no sistema educacional do ensino superior do país. (mais…)

Ler Mais

MS – Com braço quebrado, indígena de 12 anos espera atendimento há 3 meses

Por Caroline Maldonado, no Campo Grande News

Com o antebraço direito quebrado, um garoto indígena de 12 anos espera há três meses por atendimento. O menino, da etnia Kadiwéu, vive na Aldeia Alves de Barros, em Bodoquena, a 270 quilômetros de Campo Grande. Ele conseguiu vaga no Hospital de Aquidauana, mas o transporte depende de um departamento especial de saúde indígena.

A informação que a família recebeu é de que uma equipe foi buscar o garoto, mas ele não estava lá, três dias depois da queda, no dia 16 de novembro. Ocorre que a família afirma não ter saído da comunidade e não ter visto nenhum veículo da Sesai (Secretária Especial de Saúde Indígena) por lá, naqueles dias. Com o tempo, o osso do antebraço do garoto está calcificando torto e ele conta apenas com medicação oferecida pelo posto da aldeia. (mais…)

Ler Mais

La infancia maltratada por la desnutrición en Colombia

Un total de 22 pequeños han fallecido desde que comenzara 2016 en la provincia de La Guajira; cinco en los últimos días. La corrupción, la sequía y la cultura indígena ancestral son las causas de la falta de alimentos

Por Salud Hdez Mora, em El Mundo

Es un goteo constante que ni el gobierno ni distintas entidades públicas saben cómo detener. Una niña de dos años y otra de 18 meses murieron de hambre en el departamento colombiano de La Guajira, al norte del país. Cinco niños más han fallecido en los últimos días por la misma causa desde el pasado viernes, lo que eleva a 22 el número total de infantes muertos desde comienzos de año. (mais…)

Ler Mais

Nuevas revelaciones sobre la Masacre de Napalpí, en El Chaco

Servindi, 27 de febrero, 2016

El testimonio de la historiadora Mariana Giordano sobre la Masacre de Napalpí, en El Chaco, fue estremecedor. Ella efectuó un análisis de imágenes, relatos y textos periodísticos sobre el episodio en el que se acribilló a más de 300 personas, mayormente indígenas, el 19 de julio de 1924.

Giordano, investigadora del Consejo Nacional de Investigaciones Científicas de la Argentina (CONICET), prestó declaración ante la Unidad Fiscal de Derechos Humanos de Resistencia en el marco de la investigación que busca llevar el caso de la matanza de Napalpí a una instancia de juicio por la verdad. (mais…)

Ler Mais

Por que se teme ao comunismo?, por Elaine Tavares

Em Palavras Insurgentes

Observando o avanço desenfreado das pautas da direita em todo o planeta, com a também crescente fascistização da vida, via as epidêmicas redes sociais, me assalta uma certeza: o comunismo, mais do que uma necessidade política, é uma necessidade biológica. E, diante da realidade, essa forma de organizar a vida aparece-me como a única alternativa possível para os seres humanos. Alguém pode dizer que sou uma louca, quando tudo parece apontar para um retorno inexorável dos tempos mais sombrios, mas, posso mostrar que não.  (mais…)

Ler Mais

Racistas, esos necios ignorantes

Por Miguel Nada Más, em Despierta

Hace algún tiempo que se demostró que el humano moderno (Homo Sapiens), porta genes neandertales en su genoma. Durante décadas se negó esta evidencia ya que hiere ciertas sensibilidades, al tratarse de una especie de humanos anterior a la nuestra, de hecho solo el 20% del ADN neandertal ha sobrevivido en el hombre moderno, por lo que cabe deducir que el resto ha sido desechado por la evolución, seguramente por ser dañino. De esta manera queda demostrado gracias a la publicación de la secuencia completa del ADN de nuestros recientemente considerados antepasados, que  la media de ADN neandertal presente en un europeo o un asiático es del 1% al 3%. Ahora también sabemos que los genes neandertales contribuyen a que suframos diabetes, lupus, enfermedad de Crohn y la cirrosis biliar primaria, entre otras dolencias. (mais…)

Ler Mais

Polícia mata jovem e aterroriza moradores durante intensa operação policial na Maré

Por Felicity Clarke, no RioOnWatch

Igor Silva, de 19 anos, foi morto pela polícia na segunda-feira (22) durante uma operação na favela Parque União, no Complexo da Maré, Zona Norte do Rio. No mesmo dia um vídeo gravado por um morador e postado numa rede social mostrava policiais da Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE) colocando o corpo já sem vida de Igor na caçamba de um carro da polícia. O vídeo e subsequentes reportagens alegando o envolvimento de Igor, que trabalhava em uma farmácia, com o tráfico de drogas–uma justificativa comum para o uso fatal de violência policial–indignaram moradores e organizações comunitárias que denunciaram as ações da polícia e da mídia. (mais…)

Ler Mais

“Tiririca dos Crioulos: um quilombo-indígena”: para nós, presentes; para a comunidade, reconhecimento e justiça

“Sempre a gente teve história pra contar, mas não tem quem ouvir” (Vera de Manoel Miguel).

Tania Pacheco – Combate Racismo Ambiental

Como isso acontece cada vez mais raramente, sinto um prazer especial quando me deparo com um texto, seja ele de que tipo for, e simplesmente não consigo parar de ler. Pois isso acaba de acontecer com relação a um livro lançado esta madrugada: Tiririca dos Crioulos: um quilombo-indígena.

A escolha do horário, meia-noite, tem explicação: é a hora em que a comunidade do quilombo que fica em Carnaubeira da Penha, interior de Pernambuco, dá início ao ritual do Toré e da Gira, toda última sexta-feira de cada mês. Hora de homenagear os Encantados e de pedir que eles “guiem a Tiririca de um buraco [como dizia a comunidade] para um mundo de possibilidades e direitos inerentes”. E assim está sendo feito.  (mais…)

Ler Mais

MPF DF investiga divulgação de curso de suposta ‘cura gay’ em rede social

Instituição esclarece em nota que não chancelou o curso ou seu conteúdo

MPF DF

O Ministério Público Federal (MPF) instaurou nesta sexta-feira, 26 de fevereiro, procedimento para apurar responsabilidades pela divulgação, em redes sociais, de um curso que teria o propósito de curar homossexuais e que cita, de forma indevida, uma chancela do MPF. O pedido de investigação foi feito pela procuradora da República Luciana Loureiro Oliveira e encaminhado ao Ofício de Cidadania. O assunto também é objeto de apuração pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT). (mais…)

Ler Mais