‘Mídia brasileira usou seu poder para legitimar golpe de direita’, afirma referência mundial da análise do discurso

Por Luana Macieira, da UFMG

Após meses de intenso debate nacional e de massivas manifestações, o Senado brasileiro destituiu a presidente Dilma Rousseff, processada por crime de responsabilidade na gestão do orçamento nacional. O caso, ainda que recente, já serve de objeto de estudo para muitos pesquisadores do campo da análise do discurso, que buscaram entender como, em tão pouco tempo, a então presidente perdeu o apoio parlamentar e de boa parte da população. (mais…)

Ler Mais

É pior que 7 a 1. Na Justiça, a lei perde de 13 a 1. Veja o voto corajoso contra absurdos de Moro

Por Fernando Brito, no Tijolaço

Não é possível, e em escala muito mais grave, esconder o sentimento de vergonha ao ver um tribunal referendar, por 13 votos a um, a ação ilegal de um magistrado, como foi a de Sergio Moro ao divulgar as escutas ilegais que recebeu da Polícia Federal, onde não apenas extrapolou aquilo que tinha autorizado , mas coonestou a escuta ilegal do telefone da então Presidenta da república, Dilma Rousseff. (mais…)

Ler Mais

Dallagnol explica a corrupção no Brasil: Cristãos de verdade foram para os Estados Unidos

“Em razão da minha cosmovisão cristã, eu acredito que nós temos uma janela de oportunidade, que Deus está abrindo para mudanças. Se a igreja luta por isso, Deus está respondendo” (Deltan Dallagnol)

No Vi o Mundo

Em O Maluco Solitário e o Ministério Público, Maria Cristina Fernandes traça um interessante perfil do procurador Deltan Martinazzo Dallagnol nesta sexta-feira, 23, no Valor Econômico. A jornalista faz um balanço das palestras que o integrante da Força Tarefa da Lava Jato tem feito pelo Brasil em defesa das 10 medidas anticorrupção propostas pelo MPF ao Congresso. (mais…)

Ler Mais

Povo Munduruku desmente posicionamento do governo na ONU

No Greenpeace

O governo brasileiro apresentou respostas que não condizem às críticas e orientações do relatório do Conselho de Direitos Humanos da ONU (UNHRC) sobre violações de direitos indígenas. A posição brasileira defendida pela embaixadora Regina Dunlop, em Genebra, na terça-feira (20/9), durante a 33ª sessão do Conselho de Direitos Humanos da ONU (UNHRC), afirma que o processo de licenciamento da hidrelétrica de São Luiz do Tapajós, recentemente arquivado pelo Ibama, incluiu a consulta ao povo indigena Munduruku que seria afetado pelos planos de construção do mega empreendimento. O Brasil discordou do conteúdo do documento em quase todos os pontos. (mais…)

Ler Mais

Presidentes de OABs criticam propostas do MPF e mudança do ensino médio: “Carta de Maceió”

No Consultor Jurídico

Presidentes das seccionais da Ordem dos Advogados do Brasil de todo o país assinaram manifesto definindo como “inaceitáveis” algumas das propostas elaboradas pelo Ministério Público Federal – batizadas de 10 medidas contra a corrupção. Também criticaram as novas regras no ensino médio, publicadas na sexta-feira (23/9), por entenderem que esse assunto deveria ser discutido com a sociedade, e não definido rapidamente em Medida Provisória. (mais…)

Ler Mais

Rogério Arantes: “Protagonismo da Justiça deslocou centro gravitacional da democracia brasileira”

Para Arantes, tese de ‘propinocracia’ é similar à figura do ‘conjunto da obra’ que tirou Dilma do poder

Por André de Oliveira, em El País

Em tempos menos turbulentos, talvez os últimos cerca de dez dias que passaram fossem classificados como um dos momentos mais agitados na vida nacional do último ano. Teve posse da nova presidenta do Supremo Tribunal Federal (STF). Teve o ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), cassado. E teve, por fim, o ex-presidente Lula sendo transformado em réu na Lava Jato depois de uma denuncia controversa apresentada por parte de procuradores. Professor da Universidade São Paulo (USP), o cientista político Rogério Arantes tem estudado há anos o sistema Judiciário brasileiro e, mais especificamente, a atuação do Ministério Público (MP) e da Polícia Federal (PF). Em conversa por e-mail com o EL PAÍS comentou os principais acontecimentos dos últimos dias. (mais…)

Ler Mais

Decisão histórica confirma que Terra Indígena Batelão (MT) é dos Kawaiwete

Vitória pode não ser definitiva, mas abre caminho para conclusão da demarcação da área. Sentença confirma que indígenas foram expulsos de suas terras e impedidos de retornar

No ISA

A Justiça Federal confirmou, na segunda (19/9), que a Terra Indígena (TI) Batelão, no norte de Mato Grosso, é mesmo de ocupação tradicional dos índios Kawaiwete, conhecidos como Kaiabi. (mais…)

Ler Mais