“Um novo massacre pode ocorrer em Caarapó”, manifesta Conselho Continental da Nação Guarani

Em carta divulgada após encontro, Conselho Continental da Nação Guarani repudia a reintegração de posse que ordena o despejo das comunidades tradicionais Pindoroki, Nhamõe Guavyray e Guapoy Guasu, dos povos Guarani e Kaiowá, em Mato Grosso do Sul.

No Cimi

O Conselho Continental da Nação Guarani (CCNAGUA) repudiou em carta a “ação violenta do Estado Brasileiro, que insiste em não reconhecer os direitos originários sobre os territórios Guarani e Kaiowá”. Divulgado após encontro ocorrido no último final de semana, de 1 a 4, em Foz do Iguaçu (PR), o manifesto rejeita a reintegração de posse emitida pela 1ª Vara da Justiça Federal de Dourados (MS) que ordena o despejo das comunidades tradicionais Pindoroki, Nhamõe Guavyray e Guapoy Guasu, dos povos Guarani e Kaiowá, em Mato Grosso do Sul. (mais…)

Ler Mais

Após quase 14 anos de tramitação no STF, PGR e STF arquivam inquérito para investigar Romero Jucá

Senador era suspeito de desvio de verba em Roraima. Supostos crimes teriam sido praticados até 2001 e prescreveram no ano passado. Para defesa, não havia provas e inquérito era ‘um abuso’.

Por Renan Ramalho, G1, Brasília

Após quase 14 anos de tramitação no Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Marco Aurélio Mello arquivou uma investigação sobre o senador Romero Jucá (PMDB-RR) por suposta prática de desvio de recursos públicos. O peemedebista é suspeito de receber comissões em obras no município de Cantá (RR) entre 1999 e 2001. Por causa da demora na coleta de provas e apresentação de denúncia, o caso prescreveu, isto é, não há mais possibilidade de punição.

(mais…)

Ler Mais

Coronelismo midiático: Brasil é campeão em falta de pluralidade nos meios de comunicação

Estudo dos Repórteres Sem Fronteiras confirma alta concentração em mãos de poucas famílias e oligopólio da Globo como ameaça à democracia

Da Redação Socialista Morena 

O Brasil apresenta os piores indicadores para a pluralidade na mídia entre 12 países em desenvolvimento analisados pelo Monitor de Propriedade de Mídia (MOM, na sigla em inglês), uma iniciativa dos Repórteres Sem Fronteiras (RSF) com coordenação em nosso país do Intervozes, entidade da sociedade civil que atua em defesa do direito à comunicação. O estudo mostrou que o ex-presidente Lula está absolutamente correto quando diz que a mídia brasileira está nas mãos de meia dúzia de famílias, verdadeiros coronéis midiáticos. (mais…)

Ler Mais

Auxílio-moradia que Moro e Bretas recebem supera salário de 92% dos brasileiros

Casos de magistrados responsáveis pela operação Lava Jato em Curitiba e Rio de Janeiro fizeram tema vir novamente à tona

Rafael Tatemoto, Brasil de Fato

Dois casos envolvendo integrantes da operação Lava Jato trouxeram à tona a questão do auxílio-moradia a magistrados: o de Sérgio Moro, de Curitiba, e o de Marcelo Bretas, lotado no Rio de Janeiro. (mais…)

Ler Mais

Vozes da Escravidão Contemporânea: vítimas de trabalho escravo participam de evento do MPF e da Conatrae

As dificuldades para combater a prática criminosa serão pauta do evento que acontece nesta terça-feira (6) e contará com a participação da PGR e da ministra de Direitos Humanos

Procuradoria-Geral da República

Pessoas que foram vítimas de trabalho escravo vão discutir a impunidade no combate a esse crime nesta terça-feira (6), às 14h30, no Memorial da Procuradoria-Geral da República, em Brasília. O evento Vozes da Escravidão Contemporânea: correntes invisíveis, marcas evidentes é promovido pelo Ministério Público Federal (MPF) e pela Comissão Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo (Conatrae), e contará com a mediação do jornalista Leonardo Sakamoto. O debate é uma das ações do MPF em homenagem ao Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo, celebrado em 28 de janeiro. (mais…)

Ler Mais

Radis de fevereiro debate austeridade na saúde pública

Mais pobres serão os mais afetados na prestação de serviços e aumento no número de transtornos mentais

Adriano De Lavor (Revista Radis)

 “Quando se perde o respeito por si mesmo, você está acabado”, desabafa Daniel Blake, em um momento de desânimo, quando busca os benefícios sociais a que tem direito após sofrer um ataque cardíaco. A personagem principal da trama ficcional de Ken Loach, “Eu, Daniel Blake”, laureada com a Palma de Ouro, o prêmio máximo do Festival de Cannes em 2016, mostra o processo de pauperização de um carpinteiro britânico por conta de um agravo de saúde, ao mesmo tempo em que expõe os efeitos dos problemas econômicos na vida de uma parcela da população excluída da sociedade de consumo. (mais…)

Ler Mais

CNDH alerta para o crescimento da violência contra defensores e defensoras de direitos humanos

O colegiado do CNDH emite alerta especialmente vinculado a conflitos fundiários, contra povos indígenas e para a quantidade de chacinas ocorridas em 2017

Cimi

O crescimento da violência que vitima povos, comunidades e trabalhadores e trabalhadoras do campo foi visto com preocupação e rechaço pelo Plenário do Conselho Nacional dos Direitos Humanos (CNDH), reunido em Brasília nos dias 31 de janeiro e 1° de fevereiro em Brasília, em sua 34ª Reunião Ordinária. (mais…)

Ler Mais

“Megaoperações policiais são desperdício de dinheiro público”, diz especialista

Em 2017, os índices de autos de resistência foram equivalentes ao do ano de 2008, antes das políticas de pacificação

Jaqueline Deister, Brasil de Fato

Em entrevista à Radioagência Brasil de Fato, Daniel Misse, professor do Instituto de Estudos Comparados de Administração de Conflitos, do Departamento de Segurança Pública da Universidade Federal Fluminense (UFF), falou sobre o aumento da letalidade da polícia militar a partir de 2015 e também sobre a orientação da política de Segurança Pública do estado do Rio que, após a crise política e econômica, intensificou a violência. (mais…)

Ler Mais

Bolsa Juiz x Bolsa Família: uma comparação que desnuda os dois Brasis

Neste artigo, um quadro que apresenta a comparação definitiva entre os programas do Bolsa Juiz (auxílio moradia + auxílio alimentação) e do Bolsa Família. Um retrato do comportamento das elites e do comportamento do povo; um exemplo concreto do tratamento que os ricos dispensam aos pobres no Brasil

Por Mauro Lopes – Outras Palavras

A diarista Selma Patrícia da Silva, de 42 anos, já foi beneficiária de programas de transferência de renda do governo, mas voluntariamente abriu mão depois que melhorou de vida. Selma diz ter recebido dinheiro do Auxílio Gás, do Bolsa Escola e do Bolsa Família na época em que ela e o marido faziam bicos como doméstica e pedreiro para sustentar os cinco filhos. Após construir a casa onde vive, em Formosa (GO), a diarista decidiu devolver o cartão, em 2013. “Pensei assim: da mesma forma que serviu para os meus filhos, vai ajudar outras pessoas. Acho muita covardia a pessoa não necessitar e ficar recebendo”, relembra Selma. (mais…)

Ler Mais