Ministério Público e Hydro abrem diálogo sobre acidente em Barcarena (PA)

Reunião deu início a conversações que podem resultar em entendimento sobre execução de medidas urgentes

Ministério Público Federal no Pará

Membros do Ministério Público e integrantes da direção internacional da mineradora Norsk Hydro reuniram-se nessa quarta-feira (7) para discutir medidas de redução dos danos provocados pelo transbordamento, no último dia 17, de um depósito de rejeitos de minério da empresa em Barcarena, no Pará. Também foram discutidas medidas para que novos acidentes sejam evitados.

As medidas consideradas urgentes pelo Ministério Público foram anunciadas no último dia 23 em recomendações encaminhadas à empresa e à Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Pará (Semas).

As recomendações foram feitas pelo Ministério Público do Estado (MPPA), pelo Ministério Público Federal (MPF) e pela Defensoria Pública do Estado (DPE). Da reunião desta quarta-feira, realizada em Belém, também participaram membros do Ministério Público do Trabalho (MPT).

Na reunião os representantes da empresa disseram ao Ministério Público que estão dispostos a cumprir voluntariamente as medidas apontadas como as mais urgentes pelo MPPA, MPF, MPT e DPE.

Entre essas medidas estão as que tratam de garantias à segurança de barragens e da revisão dos processos produtivos e de tratamento dos efluentes gerados.

Imagem: Cidade no nordeste do Pará enfrenta contaminação provocada por vazamento de rejeitos de barragem da mineradora Hydro – Foto: Ascom/Semas.

Deixe uma resposta

O comentário deve ter seu nome e sobrenome. O e-mail é necessário, mas não será publicado.

dezoito + 6 =