MPF instaura investigação criminal contra brasileiros que desrespeitaram mulher na Rússia

Objetivo é identificar os autores e apurar os fatos

Procuradoria da República no Distrito Federal

O Ministério Público Federal no Distrito Federal abriu inquérito criminal para apurar crime de injúria supostamente [SIC] cometido por brasileiros em viagem à Rússia, contra uma mulher estrangeira, conforme vídeo amplamente divulgado na imprensa e nas redes sociais. Na gravação, os homens levam a mulher a repetir palavras em português de baixo calão referentes ao órgão genital feminino, sem que ela saiba o significado do que diz.

As investigações, requisitadas em regime de urgência e prioridade, permitirão a identificação detalhada dos brasileiros envolvidos. O MPF entende que a conduta dos brasileiros denegriu a dignidade e expôs a estrangeira a humilhação pública, diante do cunho nitidamente machista e discriminatório percebido nas imagens.

A instauração da investigação foi determinada com base nos artigos 1, 3 e outros da Convenção Internacional sobre Eliminação de Todas as Formas de Discriminação Contra a Mulher. O normativo estabelece a definição do que significa discriminação contra a mulher e deixa acordado que os signatários devem garantir o exercício e gozo dos direitos humanos e liberdades fundamentais em igualdade de condições com o homem.

Deixe uma resposta

O comentário deve ter seu nome e sobrenome. O e-mail é necessário, mas não será publicado.

6 − dois =