“O Hospício é Deus”?

Tania Pacheco

O título acima aspeado é de um livro de Maura Lopes Cançado, escrito em meados da década de 1960. Numa espécie de diário, Maura documenta suas experiências como interna no sistema manicomial,  mas foi dele que me lembrei ao ver o vídeo abaixo, no qual uma turba invade um evento da CNBB para se manifestar (?).

Não penso serem necessários mais comentários. Ou, se forem, não sei o que dizer exceto quanto à minha perplexidade desesperada ante o nível de doença degenerada que esses seres revelam. 

Fecho mais cedo este blog, hoje. A Cinelândia me espera. A democracia ainda existe entre nós. Deixo o vídeo como uma instigação à reflexão. E à ação.

Em tempo: no Youtube, um comentário chamou a minha atenção. Diz sua autora: “Tá parecendo aquele povo que gritava em altos brados: crucifica ! Crucifica! Misericórdia SENHOR onde vamos parar?”

Também me pergunto e não sei.

 

Foto: Luis Moura /Estadão

Deixe uma resposta

O comentário deve ter seu nome e sobrenome. O e-mail é necessário, mas não será publicado.

dois × cinco =