As fotos de Bolsonaro que se tornaram virais

Atrás de Bolsonaro lia-se “transição governamental”, mas o enquadramento das fotografias com a cara do político criou palavras como “verme” ou “anta”. Fotógrafo nega ter sido intencional.

Por Manuel Pestana Machado, no Observador

O objetivo do fotógrafo Rafael Carvalho era capturar em imagens o que o gabinete de “transição governamental” do presidente eleito brasileiro Jair Bolsonaro anda a preparar, mas nas redes sociais as fotografias foram partilhadas como se tivessem sido tiradas como forma de protesto. Com as frases de fundo de “transição governamental”, o enquadramento de algumas fotografias com a cara de Bolsonaro e futuros ministros criou as palavras “traição”, “anta” ou “verme”.

“O meu trabalho na transição é voluntário, publiquei mais de 2.600 fotos e estão, infelizmente, falando dessas”, contou Rafael Carvalho à revista Veja, que avançou a notícia. As fotografias foram inicialmente partilhadas no Flickr numa página oficial do Governo de Transição, mas as que tinham ângulos que criavam as palavras polémicas rapidamente ficaram virais no Twitter.

O YouTuber brasileiro Filipe Neto, que tem mais de 28 milhões de seguidores no YouTube e 8 milhões no Twitter, foi uma das pessoas que partilharam as polémicas fotografias.

Outros utilizadores da rede social fizeram o mesmo.

Apesar de alguns enquadramentos de fotografias criarem as palavras ofensivas para os políticos que aparecem nas imagens, muitas foram cortadas de forma a salientar as ofensas que surgem no fundo. Em cima, vemos um exemplo de um imagem editada. Em baixo, a mesma imagem completa, apesar de ainda se poder ler “verme” no fundo, fica menos percetível quando surge completa como foi partilhada no Flickr.


Foto: Rafael Carvalho /Governo de Transição /Flickr

As fotografias que criaram maior polémica foram, entretanto, apagadas da rede social na tarde desta segunda-feira.

Gustavo Lopes, coordenador de comunicação do gabinete de transição governamental defendeu o fotógrafo, afirmando: “o Rafael é um profissional excelente e tem feito um ótimo trabalho”. Quanto às fotografias, o responsável de comunicação da equipa de Bolsonaro disse ainda: “o nosso foco principal é mostrar à sociedade o trabalho desenvolvido no gabinete de transição, de forma transparente”.

Jair Bolsonaro vai tomar posse como Presidente do Brasil a 1 de janeiro de 2019.

Uma das fotografias editadas para se ler a palavra “verme”, como foi partilhado nas redes sociais. Foto: Rafael Carvalho /Governo de Transição /Flickr



Deixe uma resposta

O comentário deve ter seu nome e sobrenome. O e-mail é necessário, mas não será publicado.

4 − 2 =