“In Fux we trust”: ministro diz a colegas do STF que diálogo relatado por Deltan a Moro não existiu

Na conversa, divulgada pelo editor do site The Intercept, Dallagnol diz que obteve apoio de Fux contra Teori Zavascki, no STF. Em resposta, Moro comemorou: “Excelente. In Fux We trust”

Na Fórum

Envolvido em uma conversa entre o procurador Deltan Dallagnol e o ex-juiz Sergio Moro em conversas divulgadas na Vaza Jato, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, procurou outros magistrados da corte para dizer que o diálogo relatado entre os dois membros da Lava Jata não existiu. As informações são de Mônica Bergamo, na edição desta segunda-feira (24) da Folha de S.Paulo.

Na conversa, divulgada por Leandro Demori, editor-executivo do The Intercept Brasil, em entrevista a Reinaldo Azevedo, Dallagnol relata uma conversa que teve com o ministro Luiz Fux, do TF, que teria dado apoio à operação, após uma “queda de braço” entre Moro e o também ministro do STF, Teori Zavascki, morto em acidente aéreo em janeiro de 2017.

Em resposta, o atual ministro da Justiça e Segurança Pública comemorou: “Excelente. In Fux We trust”. Deltan, então, responde com um: “kkk”.

Fux foi o ministro do STF que derrubou entrevista que seria concedida pelo ex-presidente Lula, durante o período eleitoral, e também trancou as investigações contra o Flávio Bolsonaro no caso Queiroz.

Foto: Alexandre Marchetti /Catraca Livre

Deixe uma resposta

O comentário deve ter seu nome e sobrenome. O e-mail é necessário, mas não será publicado.

17 + 7 =