Cerca de 250 famílias estão ameaçadas de despejo no Altiplano

O oficial de justiça sequer notificou as famílias e nem deixou cópia do mandado

Redação Brasil de Fato

Na noite desta segunda-feira (26), cerca de 250 famílias da ocupação Vitória, localizada no Bairro do Altiplano, em João Pessoa, fizeram reunião para decidir estratégias de resistência contra uma ordem de despejo previsto para o dia 06 de setembro. Dezenas de crianças, idosos, mulheres gestantes, deficientes e homens, desde 2014, ocupam um prédio abandonado ao lado do Colégio Motiva Oriental. De acordo com Kelly, uma das coordenadoras, o local servia de desova de corpos e outras práticas ilícitas até que as famílias deram uma função social para o lugar que passou a servir de moradia: “Nós viemos morar nesse local quando não tinha nada, era abandonado, e agora temos uma comunidade onde a gente arranja nosso sustento e cria nossos filhos”. 

No local, hoje, estão muitos pescadores, vendedores de açaí e coco, que trabalham na praia”. Há um reintegração de posse em nome de um suposto dono, exigindo a imediata retirada das 250 famílias. Contudo, o oficial de justiça sequer as notificou, muito menos deixou a cópia do mandado para que os moradores possam fazer a devida defesa, conforme estabelece a lei. Foi dado um prazo de 10 dias para se retirarem pacificamente, porém, as famílias prometem resistir.

Reunião ocupação Vitória / Foto: Arquivo pessoal

Deixe uma resposta

O comentário deve ter seu nome e sobrenome. O e-mail é necessário, mas não será publicado.

dezessete + 15 =