Mulheres Sem Terra: Contra os vírus e as violências

Mulheres Sem Terra convocam todas e todos em defesa da vida! Contra os vírus e as violências, contra o COVID e os covardes!

Da Página do MST

As mulheres do Movimento Sem Terra estendem a todas/os o convite, a convocatória de nos cuidarmos para encontrar, num cotidiano de lutas e afetos, a cura, a vacina, contra o COVID e os covardes.

Já está diagnosticado, o covarde provoca os mesmos sintomas do COVID: ele aprisiona, apavora, sufoca, faz doer a garganta e o corpo – e ambos podem ser letais. Neste momento, nossas panelas precisam soar contra as covas coletivas do vírus, da fome, do feminicídio, da violência doméstica e da ignorância. Na luta cotidiana, mais uma vez, março foi marcado pela jornada de luta das mulheres.

Fizemos ecoar as vozes aprisionadas em nossas gargantas diante deste cenário que estava por vir. Nestes tempos de quarentena, temos vivido, sentido e ouvido o bom alimento crescer. Nossos saberes nos permitem produzir saborosas receitas que nos fortalecem e nos imunizam contra alguns vírus letais. Vamos dividir algumas.

Tomemos um chá de gengibre bem quentinho, ele ajuda a combater dor de garganta. Mas não se esqueça de acrescentar aquele carinho e respeito que as companheiras merecem.

Sabe aquele suco de manga? Ele é cheio de vitamina C. Essa delícia reforçada com mel e com a divisão de tarefas no cuidado da casa das crianças, é fundamental para fortalecer e prevenir.

Vamos beber muita água e muito suco. Graviola e mamão são excelentes! Pra acompanhar, podemos ler um bom livro e entender que o feminismo é uma luta de todos e todas que lutam por transformações e contra as opressões, e que com feminismo camponês e popular construiremos o socialismo!

Vamos tomar aquele chazinho de ervas, de manhã, de tarde ou de noite, a seu gosto. É um excelente remédio caseiro para fortalecer o sistema imunológico. Acompanhe seu chá com aquela reflexão sobre os momentos em que desqualificamos ou ignoramos a fala e capacidade de uma companheira.

É fundamental para prevenção contra a opressão. Evita os sufocamentos e as dores no corpo. O modo de fazer nós já aprendemos, porque de nós sabemos nós mesmas.

E haveremos de gritar com toda a nossa força, seja qual for a dor sentirmos. Não deixaremos de sorrir, não aceitaremos covas coletivas. Lavaremos bem nossas mãos, usaremos no rosto nossos lenços coloridos por quanto tempo for necessário para eliminar o COVID e os covardes!

Alimente sua rebeldia! POR NÓS E POR NENHUMA A MENOS!

Reprodução/MST

Deixe uma resposta

O comentário deve ter seu nome e sobrenome. O e-mail é necessário, mas não será publicado.

9 + oito =