Ministra suspende processos na Justiça Federal que investigam extração ilegal de madeira no PA e no AM

Fatos investigados nas varas federais do Pará e do Amazonas são conexos aos apurados no STF em inquérito contra o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles.

STF

A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou a suspensão de todos os processos em trâmite na Justiça Federal do Pará e do Amazonas relativos à Operação Handroanthus, que investiga a comercialização de madeira extraída ilegalmente na Amazônia. A decisão foi tomada no âmbito do Inquérito (INQ) 4871, que tem como alvo de investigação o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e o presidente afastado do Ibama, Eduardo Bim, pelo suposto cometimento dos crimes de obstrução à fiscalização ambiental, embaraço das investigações e advocacia administrativa.

(mais…)

Ler Mais

Com GLO “redux”, Mourão tenta retomar algum protagonismo na Amazônia

ClimaInfo

Depois de passar os últimos meses escanteado nas discussões e decisões do governo federal sobre a Amazônia, o vice-presidente Mourão tenta aproveitar as encrencas judiciais de Salles e a explosão do desmatamento para retomar o protagonismo na agenda. O primeiro esforço nesse sentido foi propor uma nova operação militar de garantia da lei e da ordem (GLO) para combater o desmatamento.

(mais…)

Ler Mais

Amazônia: indígenas viveram na floresta por 5 mil anos sem destruir bioma, mostra estudo

Os povos indígenas viveram na Floresta Amazônica por milênios “sem causar perdas ou distúrbios detectáveis de espécies”. concluiu um estudo publicado na revista PNAS.Victoria Gill

por Victoria Gill, em BBC News

Cientistas que trabalham no Peru pesquisaram camadas de solo em busca de evidências fósseis microscópicas de impacto humano. Eles descobriram que as florestas não foram “desmatadas, cultivadas ou de outra forma significativamente alteradas na Pré-História”.

(mais…)

Ler Mais

Dejar morir a la Naturaleza y las personas: la necropolítica llegó a la Amazonia. Por Eduardo Gudynas*

La necropolítica es una política del dejar morir, a las personas y a la Naturaleza, y que es aceptada y naturalizada por un creciente número de ciudadanos. La crisis desatada por el Covid19, y con ella el colapso sanitario, ha hecho que a lo largo de más de un año, enormes mayorías convivan con la muerte diariamente. Esa necropolítica es la que ahora llegó a la Amazonia. 

No Servindi

En estos tiempos de pandemia todo parece indicar que la crisis socioambiental se está agravando en América Latina. En ocasión del 5 de junio, Día Mundial del Ambiente, es adecuado observar lo que sucede en la Amazonia como ejemplo del avance de una aceptación de la destrucción de la Naturaleza, que a su vez va de la mano con la muerte de las personas. Es la necropolítica.

(mais…)

Ler Mais

Bolsonaro consolida Amazônia como foco de violência agrária no Brasil, aponta CPT

Indígenas, quilombolas e camponeses são alvos da violência ligada a territórios e acesso à água; o número de casos de conflitos é recorde na história, com mais de 70% na região amazônica; cresce a presença do próprio Estado como agressor direto

Por Leonardo Fuhrmann, em De Olho nos Ruralistas

O relatório da Comissão Pastoral da Terra (CPT) divulgado nesta segunda-feira (31/05) aponta um recorde de conflitos no campo em 2020, com 2.054 casos registrados. A Amazônia Legal, formada pelos estados da região Norte, Mato Grosso e a maior parte do Maranhão, consolida-se como o principal foco de violência no campo brasileiro, com 77% dos casos.

(mais…)

Ler Mais

Governo de Rondônia “passa a boiada” e derruba proteção de quase 220 mil hectares da Amazônia

ClimaInfo

Uma verdadeira comédia de erros marcou mais um golpe contra o meio ambiente. Poucas horas após afirmar publicamente que não sancionaria uma lei para reduzir a proteção ambiental de diversas áreas de conservação em Rondônia, o governador Coronel Marcos Rocha ratificou sem vetos a decisão da Assembleia Legislativa do estado. Vale ressaltar: o projeto em questão, aprovado por unanimidade entre os deputados estaduais, foi apresentado pelo próprio governador. Folha e G1 deram mais informações sobre a decisão.

(mais…)

Ler Mais

Desmatamento na Amazônia avança para áreas antes intocadas

Por Fabio Pontes, em Amazônia Real

Rio Branco (AC) – O pior abril dos últimos dez anos para a floresta amazônica prova que o presidente Jair Bolsonaro mentia ao mundo, na Cúpula do Clima, afirmando que seu governo se empenhava em combater o desmatamento. No mês passado, a Amazônia teve 778 quilômetros quadrados de matas devastadas pelas motosserras. Em março, o Imazon indicava que o corte florestal já tinha alcançado outro patamar recorde: 810 quilômetros quadrados.

(mais…)

Ler Mais

Comissão para a Amazônia e REPAM-Brasil divulgam carta aprovada em encontro dos bispos da Amazônia

A Comissão Episcopal Especial para a Amazônia da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e a Rede Eclesial Pan-Amazônica/ REPAM-Brasil divulgam nesta quarta-feira, 19 de maio, a carta aprovada pelos bispos da Amazônia que reunidos, de modo on-line, entre os dias 18 e 19 de maio, se dirigiu ao povo brasileiro diante às ameaças a toda casa comum. 

por Repam-Brasil / CPT

No texto, os bispos afirmam que se sentem “sensibilizados pela situação de vulnerabilidade e ameaças que sofre toda casa comum, agravada pela pandemia da Covid-19, e pelo acirramento das disputas territoriais com expansão das atividades minerais e do agronegócio em terras de populações tradicionais”. 

(mais…)

Ler Mais