Petróleo: como se fabrica o subdesenvolvimento

Brasil é um dos maiores produtores mundiais, mas importa bilhões em diesel, gás de cozinha, gasolina e adubo. Sandice cresce a cada ano: mesmo com refinarias, tecnologia e indústria, optamos por gerar lucros e empregos no exterior

por Artur Araújo, em Outras Palavras

Como informa O Cafezinho, “[a]s importações de derivados de petróleo, em especial, vêm pesando cada vez mais na balança comercial brasileira, neutralizando todo aumento de receita derivado das exportações de petróleo bruto.

(mais…)

Ler Mais

A refinada operação pelo subdesenvolvimento

Em criminoso “erro”, Agência Nacional de Petróleo admite abandonar refinarias estatais. Medida obrigará país a processar cada vez mais petróleo no exterior. População pagará, pelos combustíveis, o que o mercado global quiser cobrar

Por Artur Araújo*, para a Federação Nacional dos Engenheiros

O Brasil importou 11% da gasolina, 23% do diesel, 33% do gás de cozinha e 12% do querosene de aviação que consumiu em 2018, mesmo em quadro de paradeira econômica e demanda reduzida. Em torno de R$ 70 bilhões foram gastos em moeda estrangeira. Os dados relativos ao ano passado devem ser divulgados ainda no primeiro trimestre de 2020 e certamente terão perfil semelhante.

(mais…)

Ler Mais

Resíduos de óleo ainda contaminam 467 localidades no Nordeste e no Sudeste

Por Mariama Correia, em Marco Zero Conteúdo

Apesar da aparente limpeza, muitas praias que foram atingidas pelo derramamento de petróleo no Nordeste continuam contaminadas. De acordo com o boletim do Ibama divulgado esta semana, vestígios esparsos de óleo foram encontrados em pelo menos 467 localidades (áreas com até 10 quilômetros de extensão) nos nove estados da região, mais Espírito Santo e Rio de Janeiro. Nesses locais o nível de contaminação é de até 10% da área total.  

(mais…)

Ler Mais

O ataque dos Estados Unidos ao Irã e suas consequências para o mundo do petróleo. Por José Luís Fiori e Rodrigo Leão

O reconhecimento do presidente Donald Trump, e a comemoração de algumas autoridades norte-americanas, transformam o “ataque americano ao aeroporto de Bagdá”, numa operação direcionada e bem sucedida de eliminação de um general iraniano de alta patente, em território iraquiano, por cima de toda e qualquer ideia de direito internacional, ou de respeito pela “soberania” das nações, ou  pelos “direito universal” dos indivíduos. Deste ponto de vista, a ação norte-americana só pode ter sido uma de duas coisas: um assassinato internacional, premeditado e por cima da lei, ou então foi um “ato de guerra”, ou mais precisamente, uma “declaração de guerra’ feita sem o consentimento do Congresso norte-americano.

(mais…)

Ler Mais

Estados Unidos e Irã: “Foi um ato terrorista”, analisa Igor Fuser

Brasil de Fato

Um conflito histórico que envolve a briga pelo petróleo e por influência no oriente médio, somado às relações entre Estados Unidos e Israel e às pretensões eleitorais de Donald Trump resultaram uma ação sem precedentes e no assassinato de uma das figuras políticas mais importantes do Irã: Qassem Soleimani , principal líder do setor de inteligência e das forças de segurança iranianas.

(mais…)

Ler Mais

MPF consegue ampliar na Justiça auxílio a pescadores e marisqueiros afetados pelo derramamento de óleo em Pernambuco

Investigação do órgão apontou que benefício não contemplava todos os atingidos pelo desastre ambiental

O Ministério Público Federal (MPF) em Pernambuco conseguiu, na Justiça Federal, decisão em caráter liminar que amplia o número de pescadores e marisqueiros aptos a receber o auxílio emergencial em razão do  derramamento de óleo no litoral pernambucano. O benefício havia sido concedido pelo governo federal, por meio de Medida Provisória nº 908/2019, mas contemplava apenas 4.236 trabalhadores. A ação é assinada pela procuradora da República Carolina de Gusmão Furtado, titular da Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão (PRDC) em PE, e pelas procuradoras da República Natália Soares e Ana Fabíola Ferreira, substitutas na PRDC.

(mais…)

Ler Mais

Manchas de óleo: após ação do MPF, mais pescadores e marisqueiras receberão benefício emergencial em Sergipe

Liminar concedida pela Justiça Federal atendeu parcialmente os pedidos do MPF e amplia o número de trabalhadores aptos a receber o auxílio

Ministério Público Federal em Sergipe

Após ação do Ministério Público Federal em Sergipe (MPF/SE), a Justiça Federal concedeu liminar que atende parcialmente os pedidos do MPF e amplia o número de trabalhadores aptos a receber o auxílio emergencial concedido pelo governo federal por meio de Medida Provisória. Na decisão, a juíza Telma Maria Machado reconhece os argumentos do MPF de que o número de pescadores e marisqueiras beneficiados anteriormente pela Medida Provisória 908/2019 não reflete a realidade dos trabalhadores afetados pelo derramamento de óleo no litoral do estado.

(mais…)

Ler Mais

Não é a primeira vez que contaminação das águas afeta o litoral de PE

Impactos do derramamento de petróleo no meio ambiente, na saúde e na economia de pescadores artesanais é antigo

Eloísa Amaral, Rodrigo Lima e Edson Fly*, Brasil de Fato

O ano era 1983, o período início das chuvas fortes no litoral, as marés grandes, suas corredeiras, correntezas e redemoinhos assombravam os não conhecedores das dinâmicas do ambiente molhado. Predominantemente verde, mangue fortemente diversificado, de informações equiparadas às importantes contextualizações do ponto de vista acadêmico nas cadeiras das exatas, biológicas, sociais e humanas. Ou seja, um verdadeiro laboratório vivo.

(mais…)

Ler Mais

O destino incerto do óleo que atinge o litoral do Nordeste

Três meses após a tragédia, descarte em lixões e armazenamento em escola abandonada são alguns dos casos registrados pela Pública; improviso impera em alguns municípios afetados

Por Mariama Correia, Agência Pública

Três meses depois do primeiro registro, a mancha de petróleo continua se espalhando pelo litoral brasileiro, sem que sua origem tenha sido identificada. Neste desastre, até as soluções viáveis, como a destinação adequada dos resíduos coletados nas praias, se tornaram fonte de impactos ambientais.

(mais…)

Ler Mais