Autoritarismo do STF e da Lava Jato nasceu no ‘impeachment’ Tabajara. Por João Filho

No The Intercept Brasil

Quando as elites toparam esgarçar as instituições para forçar a saída de Dilma, uma perigosa linha foi ultrapassada. Não que antes reinasse a mais perfeita a harmonia, mas pelo menos durante duas décadas o país se manteve perto de um eixo de estabilidade política, sem graves crises institucionais. Para o insuspeito ex-ministro do Supremo Joaquim Barbosa, o processo que derrubou Dilma foi “patético”, “bizarro”, “uma farsa”, “um impeachment Tabajara” que devolveu ao país o status de “República das Bananas”. Eu chamo de golpe mesmo. De lá para cá, o desrespeito à ordem constitucional virou padrão e, em muitos momentos, contou com o apoio popular.

(mais…)

Ler Mais

A intransparente transparência: Assange, Lula e Moro. Por Boaventura Sousa Santos

O que une Assange, Lula e Moro é o serem peões do mesmo sistema de poder imperial, Assange e Lula, enquanto vítimas, Moro enquanto carrasco útil e por isso descartável.

No Público

O problema da transparência, tal como o da luta contra a corrupção, é a sua intransparente selectividade. Quem talvez viva mais directamente este problema são os jornalistas de todo mundo que ainda persistem em fazer jornalismo de investigação. Todos tremeram no passado dia 11 de Abril, qualquer que tenha sido o teor dos editoriais dos seus jornais, ante a prisão de Julian Assange, retirado à força da embaixada do Equador em Londres para ser entregue às autoridades norte-americanas que contra ele tinham emitido um pedido de extradição.

(mais…)

Ler Mais

Nota do CIR-Conselho Indígena de Roraima sobre o encontro de indígenas de Roraima com o presidente Bolsonaro

O discurso do Presidente Jair Bolsonaro contra nós, povos indígenas de Roraima, não é novidade. Também não é de hoje que parlamentares de Roraima tentam dividir nosso movimento indígena, através de promessas econômicas. Na quinta, 17, em uma transmissão ao vivo na página do facebook, o presidente incentivou mais uma vez a invasão das terras indígenas, ignorando a diversidade cultural, e alimentando o preconceito aos povos indígenas ao afirmar que o Estado de Roraima não cresce economicamente porque não explora os recursos minerais, apontando que essas riquezas estão nas terras indígenas.

(mais…)

Ler Mais

“Bolsonaro quer um país pobre, triste, assustado, violento e preconceituoso”

Bolsonaro não tem propostas, tem desejos. Deseja o caos para falar do caos. E é por isso que ele não faz nada. Pois se algo melhorar ele perde o palco.

Por Martel Alexandre del Colle, policial militar, no Justificando

Domenico de Masi lançou, em 2013, a obra intitulada O Futuro Chegou. Basicamente, o livro procura examinar vários exemplos de formas de organização das sociedades modernas. O autor apresenta o modelo econômico e social de alguns países que se destacavam no cenário global da época. China e Estados Unidos da América, por exemplo. Em outros capítulos, ele retrata o modo de produção capitalista, alguns exemplos de capitalismo mais social, comunismo e mais. A ideia de Domenico é apresentar pontos fortes e fracos de cada modelo e, no capítulo final, mostrar qual seria o melhor modelo para as sociedades do futuro.

(mais…)

Ler Mais

Novo plano de Bolsonaro estreia esta semana: uma TV estatal verde-oliva

Na prática, a mudança representa o fim da NBR, que deveria dar transparência aos atos do Executivo

Por Daniel Giovanaz e Vivian Fernandes, no Brasil de Fato

10 de abril de 2019. Essa é a data que trará uma pá de cal sobre a experiência de uma TV pública no Brasil. Nossa potencial BBC tupiniquim vai, definitivamente, ser oficializada como uma máquina de propaganda para o governo federal. E, ainda que o fim de uma TV pública agrade o oligopólio privado do rádio e da TV no país, um outro segmento vai ser ainda mais beneficiado: os militares.

(mais…)

Ler Mais

MPF faz recomendação ao ministro da Educação após episódio de carta enviada às escolas

Procedimento apurou possível improbidade administrativa na conduta do ministro

O Ministério Público Federal recomendou ao ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez, que se abstenha de praticar atos que violem a laicidade do Estado e a liberdade religiosa dos estudantes. Nesse aspecto, o MPF orientou também que não sejam utilizadas gravações e imagens dos alunos para qualquer fim.

(mais…)

Ler Mais

Partidos alemães condenam absurdo de Bolsonaro sobre nazismo

Distorção e falsificação da história e difamação da memória das vítimas foram algumas das reações de parlamentares à declaração do presidente e seu chanceler de que o nacional-socialismo teria sido movimento de esquerda.

Clarissa Neher , na DW

Políticos de todos os partidos que compõem o Parlamento alemão  condenaram as declarações do presidente Jair Bolsonaro e do ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, de que o nazismo teria sido um movimento de esquerda. Deputados ouvidos pela DW consideraram inaceitável a comparação feita pelo governo brasileiro.

(mais…)

Ler Mais

Michel Gherman: Israel de Bolsonaro é aquela da novela da Record

Judeu imaginário, Jerusalém imaginária, templo imaginário: há um fuso horário com a realidade

Por Morris Kachani, no Estadão

Um presidente brasileiro que enaltece Carlos Alberto Brilhante Ustra, notório torturador, responsável pela morte ou desaparecimento de ao menos 45 presos políticos, de acordo com a Comissão da Verdade, decide visitar o Museu do Holocausto em Jerusalém e sai dele ratificando o pensamento tortuoso de seu chanceler, que atribui o nazismo às esquerdas.

(mais…)

Ler Mais

O que une e separa Trump e Bolsonaro

Os dois tuiteiros têm muitas características em comum, mas há também grandes diferenças. Bolsonaro não esconde sua admiração pelo presidente dos EUA e quer transformar país norte-americano no principal aliado do Brasil.

Por Alexander Busch. na DW

A primeira viagem oficial do presidente Jair Bolsonaro provavelmente será também a mais importante. O encontro dele com o presidente dos EUA, Donald Trump, nesta terça-feira (19/03), cerca de cem dias após o início do mandato, marca uma reviravolta na política externa brasileira. Bolsonaro viaja a Washington para se oferecer como apoiador à “grande potência do norte”: no governo dele, os EUA deverão ser o principal aliado do Brasil.

(mais…)

Ler Mais

Datena e o jornalismo mundo cão vendem o ódio bolsonarista há 3 décadas na TV

Por João Filho, no The Intercept Brasil

LOGO DEPOIS de saber que seu filho havia matado oito pessoas e se suicidado, Tatiana foi perseguida na rua por um repórter do Brasil Urgente. Bastante incomodada, ela escondeu o rosto e tentou escapar das perguntas. A dor que ela estava sentindo parecia irrelevante para o jornalista. Ele continuou a perseguição pela calçada com uma abordagem inacreditável:

(mais…)

Ler Mais