Fachin defendeu Moro como nem Dallagnol foi capaz de fazer

Relator da Lava Jato no STF não viu problema em Moro divulgar delação de Antonio Palocci a seis dias da eleição. A Lava Jato viu.

Por Rafael Moro Martins, no The Intercept Brasil

EM 13 DE MARÇO DE 2016, o procurador Deltan Dallagnol enviou a seguinte mensagem privada a Sergio Moro pelo aplicativo Telegram:

“E parabéns pelo imenso apoio público hoje. Você hoje não é mais apenas um juiz, mas um grande líder brasileiro (ainda que isso não tenha sido buscado). Seus sinais conduzirão multidões, inclusive para reformas de que o Brasil precisa, nos sistemas político e de justiça criminal. Sei que vê isso como uma grande responsabilidade e fico contente porque todos conhecemos sua competência, equilíbrio e dedicação.”

(mais…)

Ler Mais

Brasil elogia Fundação Palmares por combate ao racismo e cita Secretaria que extinguiu em documento enviado à ONU

Governo federal também citou no documento secretaria que foi extinta no primeiro mês da presidência de Bolsonaro

Por Igor Carvalho, no Brasil de Fato

O governo brasileiro enviou um documento ao Comitê para a Eliminação da Discriminação Racial da Organização das Nações Unidas (ONU), no dia 16 de julho deste ano, elogiando a atuação da Fundação Cultural Palmares no combate ao racismo no país.

(mais…)

Ler Mais

Grupos evangélicos e olavistas ajudaram a espalhar fake news de Bolsonaro sobre esquerda e pedofilia

Notícia falsa é antiga mas foi impulsionada por site gospel em maio e voltou a circular entre grupos religiosos e discípulos de Olavo de Carvalho em julho

Por Ethel Rudnitzki, Mariama Correia, Agência Pública

Maior portal de notícias evangélicas do país, o Gospel Prime publicou, ainda em maio, texto onde afirmava haver um crescimento de “grupos pela legalização da pedofilia nas redes sociais”. Embora amparado em argumentos falsos e vagos como “muitos usuários das redes sociais relataram a criação de grupos para esse fim”, a publicação do site – listado pela CPMI das Fake News – circulou em grupos de WhatsApp cristãos e foi amplamente compartilhada por evangélicos nas redes sociais no começo de julho.

(mais…)

Ler Mais

Governo patrocinou propaganda da Previdência para canais infantis, religiosos e investigados pela Justiça

Reportagem analisou 500 canais que atingiram 9,8 milhões de visualizações em cerca de um mês; Secom gastou R$ 6 milhões em anúncios

Por Alice Maciel, Bruno Fonseca, Ethel Rudnitzki, Laura Scofield, Mariama Correia, Agência Pública

“E essas pessoas cheias de saúde que se aposentam com 50 anos?”, pergunta o ator de um vídeo encomendado pelo governo Bolsonaro sobre a reforma da Previdência. A série publicitária, parte da campanha oficial mais cara realizada na atual gestão da Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom), foi veiculada em rádios, TVs, jornais impressos e na internet, onde encontrou um nicho peculiar: canais de YouTube para crianças.

(mais…)

Ler Mais

A “guerra” à corrupção. Por Rubens R.R. Casara

Na Revista Cult

A crise da democracia representativa se faz sentir em todo o mundo, em especial diante da aproximação antidemocrática (e tipicamente) neoliberal entre o poder político e o poder econômico. Contudo, em países como o Brasil e a Itália, que podem ser vistos como uma espécie de laboratório de novas técnicas de controle dos indesejáveis, as agências do Sistema de Justiça exerceram um papel determinante para transformar a crise da representação em uma crise dos próprios valores, princípios e regras democráticos.

(mais…)

Ler Mais

Durante pandemia, governo gasta R$ 10 milhões para divulgar “imagem positiva” no Brasil e exterior

Levantamento inédito revela que em 2020 aumentaram os gastos com publicidade para mostrar que país “está no rumo certo”; Secom já contratou mais de R$ 300 mi em campanhas

Por Bruno Fonseca, Agência Pública

Cerca de 50 filmes. Publicidade em jornais, rádios, televisão, cinema, na internet e em outdoors. Uma campanha em todos os estados brasileiros para mostrar “como cada ato do governo beneficia diretamente o cidadão e faz mudar seu dia a dia para melhor”, segundo palavras do próprio secretário de Comunicação da Presidência, Fábio Wajngarten. Tudo isso a um custo que supera os R$ 14 milhões – parte do valor contratado durante os meses de março e abril, período em que o país passa pela pandemia do novo coronavírus.

(mais…)

Ler Mais

Filipe Martins e a rede de mentiras agonizam: um tuiteiro nocauteou a grana de sites de fake news. Por João Filho

No The Intercept Brasil

UMA REPORTAGEM do El País revelou como um perfil no Twitter virou a grande pedra no sapato da extrema direita americana. Com o nome de Sleeping Giants, o perfil criado em 2016 expôs ao escracho público as marcas que anunciavam em sites de fake news. O perfil informava ao público os nomes das empresas e compartilhava as capturas de tela dos anúncios nas suas redes oficiais. A tática foi um sucesso, e as empresas se viram obrigadas a anunciar publicamente o bloqueio dos anúncios.

(mais…)

Ler Mais

Decreto de Bolsonaro permite privatização da EBC; servidores repudiam medida

Para a Frente em Defesa da EBC, ação é inconstitucional e tem por base discurso mentiroso que associa a empresa ao PT

Redação Brasil de Fato

Logo após a publicação do decreto presidencial que permite a privatização da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), no Diário Oficial da União (DOU), desta quinta-feira (21), a “Frente em Defesa da EBC e da Comunicação Pública” soltou uma nota em repúdio à decisão de Jair Bolsonaro (sem partido).

(mais…)

Ler Mais

Guia traz informações sobre novo coronavírus para populações indígenas e tradicionais

Publicação do MPF traz dados contemplando a situação e o modo de vida dessas comunidades, que podem ser severamente afetadas pela pandemia

Procuradoria-Geral da República

A Câmara de Populações Indígenas e Comunidades Tradicionais do Ministério Público Federal (6CCR/MPF) lançou, nesta quinta-feira (14), um guia prático de orientações sobre o coronavírus destinado a comunidades indígenas e tradicionais de todo o Brasil. A publicação digital reúne informações do Ministério da Saúde sobre a doença, contágio e prevenção, com atenção ao contexto e modo de vida dos povos tradicionais. Segundo a Secretaria de Saúde Indígena (Sesai) do Ministério da Saúde, as populações indígenas são consideradas grupos vulneráveis à covid-19, já que outras pandemias (como a H1N1, por exemplo) se comportaram de forma mais grave entre esses povos.

(mais…)

Ler Mais

A rede de Fake News que derrubou Mandetta

Investigamos quem são os aliados de Bolsonaro que ajudaram a espalhar desinformação sobre Coronavírus e isolamento social defendido pelo ex-ministro

Por Ethel Rudnitzki, Laura Scofield, Raphaela Ribeiro, Natalia Viana,na Pública. Infográficos: Bruno Fonseca

No dia 27 de março, em entrevista ao programa do Datena, na TV Bandeirantes, o presidente Jair Bolsonaro lançou uma dúvida sobre os dados de mortos por coronavírus em São Paulo: “Sem querer polemizar com ninguém, tem um estado aí que orientou via decreto que, em última análise, se não tiver uma causa concreta do óbito, bota lá coronavírus, pra colar”. Ele prosseguiu depois de Datena deixar claro que o Estado era mesmo São Paulo, governado pelo seu agora arqui-inimigo João Doria (PSDB). “Se tá todo mundo morrendo de coronavírus, é sinal de que está fraudando a causa mortis das pessoas, querendo fazer uso político de números, é isso que a gente não pode permitir”, disse.

(mais…)

Ler Mais