Comissão pede apoio do arcebispo para barrar usina nuclear no Sertão de Pernambuco

Por Pascom AOR, na CPT NE2

O arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido, recebeu na manhã desta quarta-feira (22/05), em seu gabinete na Cúria Metropolitana, no Recife, uma comissão formada por representantes das Pastorais Sociais da Diocese de Floresta, da organização social Pró-Vida, do Conselho Indigenista Missionário e da Comissão Pastoral da Terra do Regional NE2. A pauta foi a preocupação com os impactos socioambientais que podem ser gerados pela instalação de uma usina nuclear em Itacuruba, no Sertão do São Francisco.

(mais…)

Ler Mais

MPF entrega ao presidente da Funai nota técnica com proposta alternativa para linha de energia entre Manaus e Boa Vista

Documento produzido por especialistas foi entregue durante reunião da Funai com o povo Waimiri Atroari, realizada na sede do MPF no Amazonas

Procuradoria da República no Amazonas

O Ministério Público Federal (MPF) no Amazonas entregou ao presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai), Franklimberg de Freitas, nota técnica assinada por três especialistas em sistemas energéticos de universidades brasileiras na qual apontam a geração de energia solar fotovoltaica centralizada como alternativa para garantir a segurança energética do estado de Roraima.

(mais…)

Ler Mais

MPF recebe nota técnica de especialistas com proposta de alternativa para linha de energia entre Manaus e Boa Vista

Especialistas em sistemas energéticos sugerem que a construção de sistemas solares fotovoltaicos pode resolver o problema energético em menos tempo e a custo menor

O Ministério Público Federal (MPF) recebeu nota técnica assinada por três especialistas em sistemas energéticos de universidades brasileiras na qual apontam a geração de energia solar fotovoltaica centralizada como alternativa para garantir a segurança energética do estado de Roraima. Segundo o estudo, a linha de transmissão de energia entre Manaus e Boa Vista, que faz parte do chamado Linhão de Tucuruí e vem sendo defendida pelo governo federal como única saída para o problema, não é a opção mais rápida nem mesmo mais barata para oferecer uma solução urgente.

(mais…)

Ler Mais

Em Campina Grande, CPT denuncia a parlamentares impactos dos parques eólicos a comunidades camponesas e ao meio ambiente

Por CPT Campina Grande, na CPT NE2

Nessa última sexta-feira, dia 12 de abril, às 9h, a Comissão Pastoral da Terra, em Campina Grande/PB, realizou um encontro com parlamentares do estado para denunciar as injustiças causadas às famílias camponesas impactadas pela implantação de parques eólicos na região. Estiveram presentes os Deputados Estaduais, Melchior Batista e Jeová Campos; o vereador de João Pessoa, Marcos Henrique, e o Deputado Federal, Frei Anastácio Ribeiro. Participaram também o Secretário estadual da Agricultura Familiar e Desenvolvimento do Semiárido e Padre responsável pelo Setor Pastoral Social na Diocese. 

(mais…)

Ler Mais

Comissão de Juventude Indígena de PE organiza encontro e marcha antinuclear na TI Serrote dos Campos

A Carta da Marcha Antinuclear foi divulgada ao término do encontro que reuniu povos indígenas, Cimi e movimentos sociais. “O nosso Rio São Francisco, animais, pedras e matas merecem ser protegidos”

Por Articulação dos Povos e Organizações Indígenas do Nordeste, Minas Gerais e Espírito Santo (Apoinme), no Cimi

Por conta da potencial ameaça de construção de uma Usina Nuclear no município de Itacuruba, sertão de Pernambuco, na divisa com Rodelas, pelo lado baiano, a Comissão de Juventude Indígena de Pernambuco (Cojipe) organizou a Marcha Antinuclear.

(mais…)

Ler Mais

O nome não é “Ajuda Humanitária”. É Dívida Climática!

Prof. Alexandre Costa, no O que você faria se soubesse o que eu sei?

Neste ano já tivemos enchentes devastadoras associadas a eventos extremos aqui mesmo no Brasil (com impacto bastante severo em nossas megacidades, Rio e São Paulo), nos EUA (com enormes danos e prejuízos em Minnesota e Nebraska).

Mas, como em tantas outras ocasiões, eventos similares produzem impactos maiores – e um número bem maior de mortes – quanto mais pobres e vulneráveis forem os países e as comunidades sobre os quais eles se abaterem.

(mais…)

Ler Mais

Feira inédita na Amazônia apresenta soluções energéticas para comunidades isoladas

Superar a exclusão energética, substituir o diesel por fontes renováveis não poluentes, mais baratas e sustentáveis, apontar caminhos e soluções e mostrar as inovações no setor de energia são as propostas da feira Energia & Comunidades que acontecerá em Manaus, entre 25 e 28 de março deste ano.

Em Energia para a Vida

O Centro de Convenções do Amazonas, em Manaus, será a sede de um encontro inédito: a ENERGIA & COMUNIDADES Feira e Simpósio de Soluções Energéticas para as comunidades da Amazônia.  O objetivo é promover a inclusão energética de comunidades isoladas na Amazônia – indígenas, ribeirinhas e tradicionais, que não são atendidas pelo Sistema Interligado Nacional (SIN) e nem pelos programas de universalização do acesso à energia elétrica, como o Luz para Todos.

(mais…)

Ler Mais

PFDC firma termo de cooperação com Movimento dos Atingidos por Barragens

Protocolo focará em denúncias de violências, perseguições e outras ações arbitrárias contra populações impactadas por esses empreendimentos no Brasil

Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão

Contribuir para a garantia dos direitos de populações impactadas pela construção e operação de barragens no Brasil – especialmente no que se refere à proteção à vida, à dignidade, à moradia, à função social da propriedade e também à liberdade de expressão e de associação.

(mais…)

Ler Mais

Oito anos depois: as lições de Fukushima que não queremos aprender. Por Chico Whitaker

Onde ficam as vidas humanas, na lógica do mundo econômico e político? Conluios sempre existem entre empresas e governos

Na Carta Capital

Há exatos oito anos, em 11 de março de 2011, no Japão, um forte terremoto estremeceu as estruturas da usina nuclear de Fukushima, seguido de um enorme tsunami que afogou suas máquinas. Pouco depois três dos seus reatores explodiram. Do desastre natural passou-se à catástrofe social e ambiental provocada por acidentes nucleares em que os reatores derretem. Era o terceiro desse tipo que ocorria no mundo, considerado impossível até o primeiro em 1979 nos Estados Unidos e o segundo na então União Soviética em 1986, em Chernobyl.

(mais…)

Ler Mais

Ibama arquiva pedido de licença para mina de urânio de Santa Quitéria, Ceará

Órgão considerou que o empreendimento é inviável do ponto de vista ambiental

por Cida de Oliveira, da RBA

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (Ibama) negou pedido de licenciamento ambiental para a instalação de um complexo industrial de mineração e beneficiamento de fosfato e urânio no município de Santa Quitéria (CE), a 220 quilômetros de Fortaleza. Em nota, o órgão vinculado ao Ministério do Meio Ambiente informou que o processo de licenciamento ambiental foi arquivado em razão da inviabilidade ambiental do estudo apresentado.  

(mais…)

Ler Mais