Ocupação do IBAMA por atingidos por Belo Monte completa uma semana

Os moradores da lagoa do bairro Independente 1 (Altamira-PA) organizados no Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) continuam ocupando o escritório especial do IBAMA. A manifestação já dura uma semana. 

MAB

Os moradores solicitam ao órgão que suspenda ou cancele a licença de operação de Belo Monte até que a concessionária Norte Energia reconheça como atingidas pela barragem as 500 famílias que vivem em área alagadiça. A Norte Energia se recusa a reconhecer o impacto da barragem sobre as famílias.   (mais…)

Ler Mais

Pesquisadores internacionais discutem as periferias na Maré

Julianne Gouveia – ANF

Pensar a ideia de periferia. Esta foi a missão nada fácil de ativistas, pesquisadores e intelectuais de 15 países, reunidos no Complexo da Maré durante a última semana. Eles participaram do seminário internacional “O que é a periferia afinal e qual o seu lugar na cidade?”, que aconteceu nos dias 16 e 17 de março no Galpão Bela Maré. (mais…)

Ler Mais

“X-Week” no Studio-X Rio debateu escala local vs. grande nas soluções para água e esgoto

Consenso era usar novas iniciativas sustentáveis e mecanismos de baixo para cima

Lisa Godde – RioOnWatch

De 9 a 14 de março, o Studio-X Rio sediou a x-Week (Semana X) como parte das comemorações do seu sexto aniversário. Organizada em parceria com o Columbia Global Centers (Centros Global Columbia)–que comemora o seu quarto aniversário–o Museu do Amanhã e a Prefeitura do Rio de Janeiro, os eventos do Studio-X focaram nos tópicos de água e habitação. Especialistas do Brasil e do exterior participaram dos debates, exposições, mesas redondas e de uma visita guiada. (mais…)

Ler Mais

MP 759: Regularizar a exclusão

Por Raquel Rolnik

Está tramitando no Congresso Nacional uma Medida Provisória (MP 759/16) que trata de três questões muito importantes para o país: a regularização de terras envolvidas em projetos de assentamento de reforma agrária, a regularização fundiária urbana e a venda das terras públicas pertencentes à União. Os assuntos são extensos e complexos, apresentados em um juridiquês de difícil compreensão para a maioria dos cidadãos. Mas trata de um assunto fundamental no Brasil: o acesso à terra. (mais…)

Ler Mais

Anatomia de um crime

Repórter da Pública percorre a história do Maracanã, patrimônio cultural destruído com autorização do Iphan e abandonado pelo poder público depois de mais de R$ 1,3 bilhão gasto em obras suspeitas de alimentar a corrupção

por Rogério Daflon para a Agência Pública

O Maracanã era a casa coletiva dos cariocas e dos brasileiros apaixonados por futebol. O mítico templo do esporte bretão nunca intimidou o torcedor; ao contrário, era ali que ele se sentia à vontade. No dia 2 de junho de 2013, porém, o estádio mais popular do planeta – já reformado para acolher a próxima Copa do Mundo – se apresentou tão metamorfoseado que chocou frequentadores. “Fiquei catatônico”, disse o historiador e antropólogo Marcos Alvito à Pública. “Eu, que me sentia tão pertencente àquele lugar, de repente tive a sensação de estar perdido, deslocado. Minha então namorada me disse que fiquei cinco minutos calado e perplexo.” (mais…)

Ler Mais

Medida Provisória pretende regularizar terras urbanas e rurais, concedendo títulos em favelas e fazendas

A partir de dezembro de 2016, a titulação de favelas e outras comunidades em terras federais inicialmente ocupadas sem permissão em todo o Brasil pode ter se tornado muito mais fácil

Laura Bachmann – RioOnWatch

Medida Provisória 759/2016, publicada em 23 de dezembro, se propõe a facilitar a regularização das terras federais tanto urbanas quanto rurais em todo o Brasil. Medidas Provisórias são atos emitidos somente pelo presidente e entram em vigor imediatamente. Notadamente, além de facilitar a regularização das terras e estimular os indivíduos nas terras federais a buscar o título legal, a MP 759/2016 também reconheceu o direito a laje, um bem de investimento comum nas favelas–referente à propriedade do direito de construir um andar adicional sobre o prédio em questão. (mais…)

Ler Mais

O discursinho do emprego e a revisão do Plano Diretor, por Raquel Rolnik

Raquel Rolnik

Não é de hoje que ouvimos o argumento de que a regulação urbanística que define o que pode ser feito em cada terreno da cidade limita a indústria da construção civil e o mercado imobiliário, que seriam grandes geradores de empregos. Essa ideia tem servido de pretexto para o anúncio, pela gestão do prefeito João Doria, de propostas de mudanças no Plano Diretor Estratégico de São Paulo, em vigor desde 2014 e com revisão programada apenas para 2030. (mais…)

Ler Mais

O que aprendemos cozinhando com o MTST

Grupo que ofereceu feijoada aos acampados na avenida Paulista relata três dias com ativistas que, em condições precárias, transformaram suas vidas e autoestima ao cultivar a luta e o acolhimento

Pela Rede Aparelhamento

Para Francisco, Cleide, Tia Maria e toda a equipe da Ocupa Paulista

Sabíamos que 8 de março seria um dia importante para a Ocupação do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) na Avenida Paulista, em São Paulo. Naquela tarde, eles negociavam com o governo a retomada das contratações da faixa 1 do programa Minha Casa, Minha Vida, descontinuado pelo atual governo. Se conseguissem seu objetivo junto ao ministro das Cidades, à noite, seria decidido em assembléia desocupar a Paulista. Precisávamos estar fortes, resolvemos então preparar juntos um banquete. (mais…)

Ler Mais

Caso Mariana: após workshop, MPF E MP-MG criam grupo de trabalho para garantir participação dos atingidos

Durante o encontro, foram discutidas questões socioeconômicas relacionadas às comunidades e povos tradicionais atingidos pelo rompimento da barragem de Fundão

MPF/MG

A Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão, órgão do Ministério Público Federal em Minas Gerais (MPF/MG), e o Ministério Público de Minas Gerais (MP-MG), por meio de dois de seus órgãos – Coordenadoria de Inclusão e Mobilização Sociais (CIMOS) e Centro de Apoio Operacional dos Direitos Humanos (CAODH) -, realizaram, no último dia 10 de março, um workshop com representantes de entidades e instituições que desenvolvem pesquisas e ações junto aos atingidos pelo rompimento da barragem de Fundão, ocorrido em novembro de 2015, em Mariana/MG. (mais…)

Ler Mais