Ativistas comunitários lançam Série de Rolés em Favelas para cariocas e turistas

‘Rolé dos Favelados’ Destaca Cultura e Resistência

Stephanie Reist – RioOnWatch

A segunda edição do Rolé dos Favelados deu seu pontapé inicial no sábado passado, 18 de fevereiro, na favela da Providência, no Centro do Rio, que comemorará seu 120º aniversário neste ano. Em meio a um cenário de foliões e vendedores ambulantes do Grande Rio que desembarcavam na Central do Brasil para participar do pré-carnaval carioca, um grupo de onze visitantes–todos moradores do Rio, entre eles cariocas e estrangeiros–encontrou o guia Cosme Felippsen “O Favelado” e a jornalista comunitária Gizele Martins para um tour pela Providência, primeira favela do Rio. (mais…)

Ler Mais

Breve radiografia dos conflitos ambientais no Brasil tendo por base o Mapa da Fiocruz*

Por Tania Pacheco

O Mapa de Conflitos envolvendo Injustiça Ambiental e Saúde no Brasil foi disponibilizado na internet em março de 2010, após dois anos de pesquisas. Na ocasião, apresentava 297 casos, georreferenciados numa plataforma construída a partir do Google Maps. Eram os 297 conflitos considerados os mais graves existentes no País à época, e não digo isso considerando apenas os depoimentos e as vivências das comunidades neles empenhadas, fontes primárias das nossas pesquisas, ou dos parceiros e instituições que colaboraram no levantamento de dados a respeito. Os resultados dos levantamentos por estado foram cuidadosamente referendados por respeitados pesquisadores locais, que concordaram com a nossa triagem em 100% dos casos. No máximo, algumas dessas pessoas, às quais chamamos de ‘validadores’ e cujos nomes podem ser verificados no site, sugeriram outros casos a serem pesquisados num segundo momento, considerando sua importância secundária ante a nossa seleção. (mais…)

Ler Mais

Moradores de Santa Cruz cobram reparações após venda da TKCSA

No Instituto Pacs 

Foi anunciada na noite desta terça-feira, 21, a venda da ThyssenKrupp Companhia Siderúrgica do Atlântico (TKCSA) para a empresa Ternium. O preço de compra foi de 1,5 bilhão de euros (R$ 4,9 bilhões) e incorpora na cifra a dívida de 300 milhões de euros que a TK tem com o BNDES. A siderúrgica opera em Santa Cruz desde 2009 e só recebeu a licença de operação definitiva no ano passado. A operação de venda da TKCSA, que ainda precisa ser autorizada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), será concluída entre os meses de julho e setembro deste ano, uma vez que sejam definidos os bancos que financiarão a aquisição. (mais…)

Ler Mais

Sem-Teto são recebidos a tiros no Recife

Polícia militar atacou com balas de borracha; entre 15 e 20 militantes estão presos

Da Redação Brasil de Fato

Na última terça-feira (21) centenas de militantes do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST), em Pernambuco realizaram ato em frente à Companhia Estadual de Habitação e Obras (CEHAB), no cruzamento da avenida Agamenon Magalhães com a rua Odorico Mendes, nas proximidades do Shopping Tacaruna. O MTST teria uma reunião com o Secretário Estadual de Habitação, Bruno Lisboa, mas que foi desmarcada em cima da hora. O movimento tentou ocupar o prédio estadual. Alguns militantes entraram e centenas ficaram do lado de fora. (mais…)

Ler Mais

TJES começa a definir futuro de ações sobre rompimento da barragem da Samarco/Vale-BHP

Por Nerter Samora, Século Diário

Após mais de quatro meses com ações judiciais paradas, o Judiciário capixaba voltou a se debruçar sobre as consequências do maior crime ambiental da história do País: o rompimento da barragem da Samarco/Vale-BHP, em Mariana (MG). Na última quinta-feira (16), o Pleno do Tribunal de Justiça do Estado (TJES) iniciou o exame do Incidente de Resolução de Demandas Repetitivas (IRDR). O julgamento definirá a possibilidade ou não do direito à indenização por danos morais dos afetados pela tragédia, ocorrida em novembro de 2015. (mais…)

Ler Mais

Ciclos Virtuosos de Desenvolvimento: Maré Fala por Si Mesma (Maré Vive)

Esta é a terceira matéria de uma série de três que analisa iniciativas comunitárias em três favelas. Lideradas por um ou mais moradores, estas iniciativas têm em comum o objetivo de levar às comunidades um ciclo virtuoso de desenvolvimento econômico, social e/ou cultural

Mathilde Mouton – RioOnWatch

O Complexo da Maré é o maior complexo de favelas do Rio de Janeiro, estendendo-se por 16 comunidades da Zona Norte, com cerca de 140.000 moradores. Embora seja frequentemente destacado em notícias da grande mídia sobre a violência urbana, é o lar de uma sociedade civil muito diversificada e dinâmica. Um ator fundamental nesse dinamismo é Maré Vive, um coletivo informal de mídia comunitária que trabalha para proteger e empoderar os moradores da Maré, através do acompanhamento da violência e documentação da memória coletiva. (mais…)

Ler Mais

MPF/RJ acompanha impactos de obras na BR-393 a moradores da Vila Maia, em Barra do Piraí

Objetivo é garantir direito a moradia de famílias cujos imóveis estão sendo removidos para realização das obras

MPF/RJ

O Ministério Público Federal (MPF) em Volta Redonda (RJ) instaurou inquérito civil público para acompanhar os impactos de obras na BR-393 (Rodovia Lúcio Meira) sobre o direito à moradia das famílias que vivem na Vila Maia, em Barra do Piraí (RJ). A Concessionária Rodovia do Aço (Acciona), responsável pelas obras, tem movido ações de reintegração de posse ou demolição dos imóveis construídos à margem da rodovia, em área de domínio federal. A concessionária alega que as moradias foram construídas irregularmente. (mais…)

Ler Mais

População se mobiliza contra privatização de águas minerais

Cidades do sul de Minas, famosas por suas águas terapêuticas, podem ser alvo de exploração de empresas

Por Rafaella Dotta, Brasil de Fato

A ONG Nova Cambuquira, da cidade de Cambuquira, sul de Minas, está organizando um abaixo-assinado contra a exploração e venda das águas minerais da região. A ONG se posiciona contra uma consulta pública aberta pela Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig) e que pretende buscar empresários interessados em usar as águas de forma comercial.  (mais…)

Ler Mais

Removidos pelo Parque Olímpico lutam por compensação mais justa

Famílias expulsas para dar lugar ao complexo, hoje abandonado, foram à Justiça por reparação; dados obtidos pela Lei de Acesso à Informação comprovam tratamento desigual dado pelo governo Eduardo Paes

por Mariah Queiroz, da Agência Pública

A notícia de que as arenas do Parque Olímpico estão abandonadas não trouxe alento para ex-moradores da Vila Autódromo como Luciana Souza da Silva. Afinal, na região em que antes moravam mais de 500 famílias num local privilegiado, à beira da lagoa de Jacarepaguá, onde ficava a Vila Autódromo, hoje há espaços vazios, mal aproveitados e deteriorando-se. Apenas 20 famílias conseguiram permanecer em uma porção pequena do terreno antes ocupado pela comunidade, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro. (mais…)

Ler Mais

Violência estrutural através da perigosa alterização de moradores de favelas

Christian Kuitert – RioOnWatch

A teoria do Orientalismo de Edward Said oferece uma referência útil para compreender as atitudes de brasileiros abastados para com os moradores de favelas, assim como a de não brasileiros para com brasileiros em geral. Edward Said afirma que o Ocidente tem historicamente criado uma imagem específica do Oriente, particularmente do leste da Ásia e do Oriento Médio, que legitima o imperialismo. É uma imagem dupla que reduz a cultura oriental a algo exótico e romantizado, salientando suas ricas e misteriosas tradições, as mulheres sensuais e personagens apaixonados, enquanto que, por outro lado, ridiculariza os povos orientais e suas habilidades, descrevendo-os como irracionais, violentos, sempre presos ao passado, e, assim, subdesenvolvidos. Ele argumenta que a conclusão que resulta da ênfase dada às diferenças das pessoas do Oriente, é que o Ocidente se vê como racional, melhor e superior. Outra conclusão, que acompanha esta primeira, é que o Ocidente tem de tomar o Oriente pela mão, e governar ou ajudar a seu povo, porque eles não podem fazê-lo por si mesmos. (mais…)

Ler Mais