Manual de Etnobotânica (plantas, artefatos e conhecimentos indígenas) será lançado dia 10, no Rio

O ISA, em parceria com o Jardim Botânico do Rio de Janeiro e demais parceiros do Brasil e da Inglaterra, lançará a publicação Manual de Etnobotânica (Plantas, Artefatos e Conhecimentos Indígenas).

A publicação é fruto de pesquisa e intercâmbio de conhecimentos em etnobotânica com povos indígenas da região do Alto Rio Negro, noroeste amazônico, e faz parte de um projeto pioneiro unindo instituições brasileiras e inglesas, com o objetivo central de reconectar os povos indígenas com as observações e coleções realizadas pelo botânico inglês Richard Spruce, no século XIX. Spruce percorreu a América do Sul no século XIX, estudando as plantas da Amazônia, do Norte dos Andes peruanos e do Equador, coletando-as e enviando-as para a coleção do Jardim Botânico Real de Kew, na Inglaterra.

Clique aqui para acessar o Manual de Etnobotânica (Plantas, Artefatos e Conhecimentos Indígenas).

Lançamento do Manual de Etnobotânica e debate

10 de outubro, terça-feira, às 14h

Museu do Meio Ambiente, Jardim Botânico do Rio de Janeiro

R. Jardim Botânico, 1008 – Jardim Botânico, Rio de Janeiro – RJ

Palestrantes:

– Nurit Rachel Bensusan e AloÌsio Cabalzar, do Instituto Socioambiental (ISA)

– Viviane Stern da Fonseca Kruel, do Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro (JBRJ)

– Dagoberto Lima Azevedo, do Núcleo de Estudos da Amazônia Indígena, da Universidade Federal do Amazonas (NEAI/UFAM)

Deixe uma resposta

O comentário deve ter seu nome e sobrenome. O e-mail é necessário, mas não será publicado.