Indígenas promovem manifestação em Autazes

A manifestação acontece como forma de cobrança aos órgãos governamentais por melhorias prometidas e não concretizadas

Cimi

Nas primeiras horas deste sábado (11) a rodovia AM-254, que liga a os municípios de Careiro e Autazes, poderá ser fechada pelas comunidades indígenas Mura nas proximidades da cidade de Autazes. A manifestação promovida pelos indígenas acontece como forma de cobrança aos órgãos governamentais por melhorias prometidas e não concretizadas.

Há exatos dois anos aconteceu uma manifestação no mesmo local reivindicando a construção de uma escola, asfaltamento da estrada da aldeia São Félix, indenização pela destruição de um sítio arqueológico naquela aldeia e pelo fim da discriminação dos indígenas na travessia da balsa ligando a estrada à sede do município de Autazes. A estrada ficou fechada durante todo o dia e só foi reaberta depois que o prefeito de Autazes compareceu ao local e assumiu o compromisso de intermediar um diálogo com as autoridades do Governo do Estado do Amazonas para garantir o pagamento da indenização.

Neste sábado, o fechamento da estrada deve acontecer mais uma vez para que o Governo do Estado se manifeste sobre a indenização e sobre o asfaltamento da estrada da aldeia São Félix.

Os organizadores da manifestação esperam a presença de representante da Fundação Estadual do Índio (FEI), da Fundação Nacional do Índio (Funai) e Ministério Público Federal, para que estes informem às aldeias sobre o cumprimento das obrigações assumidas pelo Poder Público.

Manaus (AM), 09 de agosto de 2018.

Conselho Indigenista Missionário – CIMI
Regional Norte I (AM/RR)

A manifestação promovida pelos indígenas acontece como forma de cobrança aos órgãos governamentais por melhorias prometidas e não concretizadas. Foto: J. Rosha/Ascom do Cimi Norte I

Deixe uma resposta

O comentário deve ter seu nome e sobrenome. O e-mail é necessário, mas não será publicado.