DPU autoriza que defensor público trabalhe do Canadá

Na Conjur

O defensor público Felipe Dezorzi Borges agora vai atender hipossuficientes do Canadá. A Defensoria Pública da União acaba de autorizá-lo a se mudar para Ottawa para trabalhar a distância, por meio de teletrabalho. Antes, ele morava em Bridgetown, na ilha caribenha de Barbados.

De acordo com portaria publicada no dia 5 de novembro, o defensor está de mudança para “acompanhamento de cônjuge”. A publicação não diz a data que o defensor vai mudar de domicílio, mas diz que pode fazer isso “enquanto perdurar sua necessidade”. Ele é defensor da categoria especial, com salário bruto de R$ 30.166.91, segundo informações do site da DPU.

Citando a resolução 101/2014, a DPU estabeleceu como medida compensatória que Felipe terá aumento na distribuição de processos em 20%.

Deixe uma resposta

O comentário deve ter seu nome e sobrenome. O e-mail é necessário, mas não será publicado.

três × dois =