Defensoria Pública cria Grupo de Trabalho para avaliar degradação e racismo ambiental em Santo Amaro, BA

O Grupo é composto por uma equipe intersetorial, multidisciplinar e as reuniões acontecerão mensalmente

Por Amanda Santana, na DPE BA

Em julho de 2018 a Defensoria Pública do Estado da Bahia – DPE/BA realizou uma audiência pública em Santo Amaro da Purificação sobre a degradação ambiental, poluição e o impacto à vida das comunidades quilombolas pesqueiras. Agora, considerando a necessidade de discutir acerca da contaminação por metais pesados e a degradação ambiental naquele município, a DPE/BA instituiu 0 Grupo de Trabalho Degradação e Racismo Ambiental em Santo Amaro e arredores.

A equipe foi criada com o intuito de contribuir para a reparação das vítimas do dano ambiental, pela necessidade de monitorar as ações realizadas e para compilar os estudos produzidos pelo Poder Público e pelas Universidades.

De acordo com a Portaria 209/2019, publicada no Diário Oficial desta terça-feira, 26, a equipe será composta de forma intersetorial e multidisciplinar, com previsão de vagas para representantes da Defensoria Pública do Estado e da União, do Ministério Público do Estado e da União, do Poder Público, das Universidades e da sociedade civil.

O Grupo de Trabalho terá prazo de um ano de funcionamento e será subdivido em dois tópicos, que são estes, a comissão executiva com competência deliberativa e impulsionadora, e o pleno, com caráter consultivo

MOTIVAÇÃO

Também estão entre os objetivos a elaboração do projeto de atuação estratégica da Instituição; a criação do material de orientação em direitos destinada ao público-alvo; propor ao defensor-público geral a realização de audiências, articular o relacionamento institucional com as redes de proteção, coletar dados sobre a atuação da Defensoria na área de interesse, entre outros.

Os dois eixos temáticos do GT serão baseados na poluição ambiental decorrente da fábrica de papel, do chumbo e outros metais pesados, e na poluição ambiental decorrente da fábrica de papel e desdobramentos. O Grupo se reunirá mensalmente com a maioria de seus membros em dias e horários definidos previamente.

Rica culturalmente, Santo Amaro sofre com a contaminação por metais pesados decorrentes da atividade industrial. Foto: Leopoldo Silva

Deixe uma resposta

O comentário deve ter seu nome e sobrenome. O e-mail é necessário, mas não será publicado.

16 + 3 =