‘Políticas públicas’ é o tema da Campanha da Fraternidade de 2019

Temática da Igreja Católica brasileira levanta preocupação quanto ao desmonte dos direitos sociais e a falta de atuação do poder público em atender a população

por Redação RBA

A importância das políticas públicas para a população brasileira é tema da Campanha da Fraternidade de 2019 que será oficialmente lançada nesta quarta-feira (6) pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). O objetivo da ação da Igreja Católica é debater e trazer visibilidade à temática do direito e da justiça em todas as paróquias do país durante este período da quaresma, que antecede a Páscoa Cristã.

“Vamos tratar de todas as ações, como diz o próprio texto (do profeta Isaías), que são desenvolvidas pelo Estado para garantir e colocar em prática direitos previstos na Constituição Federal e outras leis”, explica o coordenador da Pastoral do Povo de Rua, padre Júlio Lancellotti, à repórter Martha Raquel, do Seu Jornal, da TVT.

Sob o lema “serás libertado pelo direito e pela justiça”, o padre Júlio relembra ainda o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), o Estatuto do Idoso e a questão previdenciária. “Tudo aquilo que, neste momento, está sendo desmontado”, critica. “Nós estamos sofrendo porque estamos perdendo a liberdade, os nossos direitos e a justiça, que parece que migrou do Brasil.”

Assista à reportagem:

Imagem: Campanha da Fraternidade 2019 – Intuito da ação é despertar nas igrejas pelo Brasil a importância do direito e da justiça durante período da quaresma(Divulgação/CNBB)

Deixe uma resposta

O comentário deve ter seu nome e sobrenome. O e-mail é necessário, mas não será publicado.

um + dezesseis =