Vídeo obsceno publicado por Bolsonaro choca correspondentes internacionais

“Alô, alô Brasil: alguém tire o telefone dele, rápido”.

Da Revista Fórum

O vídeo pornográfico compartilhado pelo presidente Jair Bolsonaro no Twitter na terça-feira (5) de Carnaval chocou não apenas a população brasileira. Correspondentes internacionais baseados no Brasil estão estupefatos.

O escocês Andrew Downie, que faz cobertura esportiva da América Latina e escreveu o livro “Doutor Sócrates”, biografia do lendário jogador brasileiro, retuitou o tuíte de Bolsonaro.

“O presidente do Brasil está tuitando um vídeo de uma golden shower ao ar livre para seus 3,4 milhões de seguidores no que ele diz ser uma denúncia do Carnaval. #eunãoestouinventando”, escreveu Downie para seus seguidores.

Golden shower (chuva dourada) é um fetiche no qual uma pessoa urina sobre a outra, algo que aparece no vídeo compartilhado por Bolsonaro e ele alegou retratar o que estaria acontecendo nos blocos de Carnaval pelo país.

O repórter britânico Dom Phillips, baseado no Rio de Janeiro e que escreve para veículos como o The Guardian e o Financial Times, também comentou o vídeo.

“Aviso: alguns seguidores podem ficar incomodados. O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, tuíta um vídeo sobre alguém fazendo xixi em outra pessoa no topo de uma parada de ônibus e diz: ‘Isso é o que muitos blocos de Carnaval se tornaram. Inacreditável”.

Tom Philips, correspondente do The Guardian para a América Latina, sugeriu que alguém tirasse o celular do presidente. “Alô, alô Brasil: alguém tire o telefone dele, rápido”.

Juliana Barbassa, editora internacional do New York Times, não sabia o que fazer. “O presidente do Brasil tuitou um vídeo de uma golden shower ao ar livre. O que um editor deve fazer a respeito? (estou perguntando para um amigo)”, postou.

Charge publicada por Renato Aroeira no Humor Político, em 05/12/2018

Deixe uma resposta

O comentário deve ter seu nome e sobrenome. O e-mail é necessário, mas não será publicado.

dezessete + oito =