Prefeito de Nova York volta a atacar Bolsonaro nas redes sociais

Bill de Blasio afirmou que se é ‘radical’ se levantar contra a “ideologia destrutiva” de Bolsonaro, então “somos radicais orgulhosos”

Por Bárbara Libório, na Época

O prefeito de Nova York, Bill de Blasio, voltou a criticar o presidente brasileiro Jair Bolsonaro nas redes sociais, neste sábado 11. Em seu Twitter, Blasio afirmou: “Se você quer invadir nossa cidade e se gabar de destruir o meio ambiente, ou sobre como você é um ‘homofóbico orgulhoso’, então os novaiorquinos te criticarão por sua porcaria”. Sobre as acusações de que seria “radical” por ter afirmado que Bolsonaro não seria bem-vindo na cidade, o prefeito respondeu: “Se é ‘radical’ se levantar contra sua ideologia destrutiva, então somos radicais ORGULHOSOS.”

A inimizade

O bate-boca indireto entre os dois começou em abril, quando se iniciou a discussão sobre o local que seria palco do recebimento de uma homenagem da Câmara de Comércio Brasil-EUA a Bolsonaro. Blasio havia acusado o presidente brasileiro de ser “racista, homofóbico e destrutivo” e afirmou que ele não era bem-vindo na cidade. Na semana passada, o prefeito comemorou com ironia o cancelamento da viagem do presidente à cidade. “Nós expusemos sua intolerância. Ele correu. Não fiquei surpreso – ‘valentões’ geralmente não aguentam um tranco. Seu ódio não é bem-vindo aqui”, afirmou nas redes sociais.

Segundo Bolsonaro, ele não poderia comparecer “a uma cidade onde o chefe do Executivo, o prefeito, no caso, se comportava como um radical, promovendo e se preparando para fazer manifestações, as piores possíveis, contra a minha presença.” Agora, a homenagem será entregue em Dallas, no Texas,

Foto: Rafael Carvalho /Governo de Transição /Flickr

Deixe uma resposta

O comentário deve ter seu nome e sobrenome. O e-mail é necessário, mas não será publicado.

3 + 20 =