Ministério Público Federal em Erechim realiza reunião com indígenas de Cacique Doble

Evento discutiu pedido de grupo indígena pela escolha de um novo cacicado

Ministério Público Federal no Rio Grande do Sul

No dia 19 de junho de 2019, o Ministério Público Federal realizou, na sede da Procuradoria da República no município de Erechim, RS, reunião com indígenas da Terra Indígena de Cacique Doble, visando à mediação entre o grupo de oposição, o qual reivindica a realização de eleições para a troca do cacicado, e o grupo que compõe a liderança atual.

O ato foi presidido pela Procuradora da República Luciane Goulart de Oliveira e contou com a presença de representantes da Funai e da Polícia Federal e com o apoio de segurança da Brigada Militar. Estiveram presentes integrantes do grupo opositor e da atual liderança, tendo sido limitada a participação ao número de cinco de cada lado, em vista do clima de tensão na comunidade. Foram pontuadas as dificuldades enfrentadas pela Comunidade Indígena na relação com a atual liderança, inclusive na gestão das suas terras. O MPF asseverou que as decisões políticas da Comunidade Indígena devem ser tomadas com base na sua autodeterminação e em respeito aos seus usos, costumes e tradições, sem interferências alheias à própria Comunidade, mas eventuais abusos serão combatidos com rigor, inclusive pelos meios de repressão criminal.

Na ocasião, provocados pelo MPF, os grupos rivais assumiram o compromisso de buscarem um entendimento pacífico entre si, sem o emprego de violência ou qualquer outra forma de retaliação às posições divergentes, até que seja realizada a próxima reunião, marcada para o próximo dia 5 de agosto, quando será apresentado o resultado dos seus debates internos, dando continuidade às conversas iniciadas na reunião.

Imagem: PRM-Erechim

Deixe uma resposta

O comentário deve ter seu nome e sobrenome. O e-mail é necessário, mas não será publicado.

11 + onze =