Chega de racismo

FOIRN

A FOIRN (Federação das Organizações Indígenas do Rio Negro), que representa 23 povos indígenas do Amazonas, repudia a declaração racista do presidente da República, Jair Bolsonaro, que mais uma vez ofende os povos indígenas afirmando em uma fala ao vivo oficial que “cada vez mais o índio é um ser humano igual a nós”.

Como integrantes da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib), nós da FOIRN apoiamos a declaração da coordenadora-executiva da Apib, Sonia Guajajara, na qual informou que a Apib irá processar o presidente por crime de racismo. “Somos povos originários e exigimos respeito”.

“O presidente mais uma vez demonstra sua profunda ignorância em relação a nós povos indígenas e a nossa história e cultura. Sua intenção é destruir nossos territórios com grandes projetos de agronegócio e mineração, sem respeitar nossas decisões e planos de vida”, ressalta Marivelton Barroso, do povo Baré, presidente da FOIRN.

Deixe uma resposta

O comentário deve ter seu nome e sobrenome. O e-mail é necessário, mas não será publicado.

2 × quatro =