Famílias recebem ordem de despejo no acampamento Chê Guevara, em Piranhas (GO)

Ocupação de fazenda pelas famílias alvo do despejo foi determinada pelo Incra. 

CPT

Na manhã última quarta-feira (20), 45 famílias que residem no acampamento Che Guevara, localizado no município de Piranhas (GO), foram surpreendidas por uma ordem despejo da Justiça do estado. 

As famílias foram encaminhadas para a fazenda que hoje ocupam por definição do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) em outubro de 2015, inclusive com comodato, um contrato de empréstimo gratuito. A definição tem o próprio órgão como interveniente, que também promete assentar as famílias. Desde então, uma comunidade que possui grande produção de alimentos saudáveis, com lavouras diversificadas e criação de animais, se constitui no território.

Todos os documentos disponibilizados pelo Incra sobre a área apontam para a viabilidade de desapropriação da fazenda para reforma agrária e, inclusive, foi feito o empenho de pagamento da mesma. Apesar de todos esses elementos, e em pleno crescimento dos casos de COVID-19 no estado, a ordem de despejo contra as famílias foi expedida. 

A notícia sobre o despejo foi divulgada pelo Movimento dos Trabalhadores Sem Terra. 

Deixe uma resposta

O comentário deve ter seu nome e sobrenome. O e-mail é necessário, mas não será publicado.