O agro MATA!

Por Josiene da Costa e Bruno Pilon, do MPA, no Mídia Ninja

Durante a passagem que narra o julgamento de Jesus Cristo, talvez uma das expressões que marcaram esse fato é o momento onde Pôncio Pilatos decide não se envolver com o problema da condenação de Jesus, e lava suas mãos o entregando a Herodes. Dois mil anos se passaram e seguimos vendo os verdadeiros responsáveis seguidamente “lavando as mãos” aos problemas que eles mesmo causaram e deveriam ao menos reparar os seus danos. (mais…)

Ler Mais

Temer mantém prejuízo ao trabalhador com alterações na Reforma Trabalhista

Por Ana Magalhães e Leonardo Sakamoto, no blog do Sakamoto

Michel Temer editou, nesta terça (14), uma medida provisória com ajustes à Reforma Trabalhista. As mudanças encaminhadas ao Congresso Nacional, que passam a valer no momento de sua publicação, haviam sido acordadas com os senadores da base do governo para que aceitassem aprovar o texto vindo da Câmara dos Deputados sem alterações. (mais…)

Ler Mais

PFDC recebe visita da Comissão Interamericana de Direitos Humanos para debater sistema socioeducativo

Durante reunião procuradora Deborah Duprat critica falta de implementação da lei do Sinase

PFDC

A procuradora federal dos Direitos do Cidadão, Deborah Duprat, esteve reunida nessa segunda-feira (13) com os representantes da Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) James Cavallaro e Esmeralda Arosemena  para discutir as violações de direitos de adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas no Brasil. Também esteve presente a secretária de Cooperação Jurídica Internacional da Procuradoria-Geral da República, Cristina Romanó. (mais…)

Ler Mais

Época de caça às bruxas: a bancada conservadora promove uma nova era medieval

Por Alanna Aléssia Rodrigues Pereira, no Justificando

Em tempos de dados alarmantes de feminicídio e de violência contra a mulher, a nossa bancada do atraso – vulgo bancada conservadora, religiosa, ruralista… – promove mais um retrocesso dentre tantos que estamos vivendo, ampliaram as dificuldades para a prática do aborto, inclusive, quando se é estuprada. (mais…)

Ler Mais

As inimigas do Brasil não são a pobreza e a violência, mas as filósofas, por Leonardo Sakamoto

Blog do Sakamoto

Quando descobri que uma das pessoas insanas que agrediram fisicamente a filósofa Judith Butler (conhecidas por seus estudos sobre gênero), no aeroporto de Congonhas, e foi parte do grupo que queimou a boneca de uma ”bruxa”, representando Butler em um protesto, já havia feito um pocket show de horror se esgoelando contra o vereador Eduardo Suplicy em uma livraria, senti um certo calor de esperança. (mais…)

Ler Mais

Nota de apoio do MPBA à promotora de Justiça Lívia Maria Santana e Sant’Anna Vaz

MP BA

O Ministério Público do Estado da Bahia manifesta seu apoio irrestrito à promotora de Justiça Lívia Maria Santana e Sant’Anna Vaz, coordenadora dos Grupos de Atuação Especial de Defesa da Mulher e da População LGBT (GEDEM) e de Proteção dos Direitos Humanos e Combate à Discriminação (GEDHDIS), que vem sofrendo duros ataques pessoais, com ofensas e ameaças, em virtude de sua atuação. A Instituição afirma a sua convicção na eficiência e lisura do trabalho que a promotora realiza no enfrentamento a injustiças históricas e práticas desrespeitosas sofridas especialmente por mulheres, homossexuais, negros, comunidades religiosas de matrizes africanas e grupos sociais oprimidos. (mais…)

Ler Mais

Judith Butler responde aos ataques de ódio sofridos no Brasil

Em vídeo, filósofa explica por que desperta incômodos ao discutir gênero; ‘nós temos alegria e liberdade do nosso lado’, disse Butler

Opera Mundi

A filósofa norte-americana Judith Butler, que foi alvo de ataques de ódio durante sua passagem pelo Brasil na última semana, respondeu às manifestações de intolerância que sofreu nos últimos dias. Em vídeo publicado pela TV Boitempo, Butler comenta os discursos agressivos dos quais foi vítima e aponta para a escalada mundial conservadora. (mais…)

Ler Mais

Militantes brasileiros detidos no Zimbábue foram liberados neste sábado (11)

Eles foram acusados de entrar em área restrita de extração de diamante e tiveram que pagar fiança para serem soltos

No Brasil de Fato

Os três militantes brasileiros que haviam sido detidos no Zimbábue, na sexta-feira (10), foram soltos neste sábado (11), após pagamento de fiança de $100 dólares cada. Eles integravam uma comitiva de direitos humanos que visitava uma região de mineração de diamantes em Mutare, a 270 quilômetros da capital do país, Harare, próximo à fronteira com Moçambique. (mais…)

Ler Mais

Bancada evangélica converte proposta pró-mulher em projeto antiaborto

Comissão da Câmara aprovou texto para incluir na Constituição que a vida começa na concepção. Movimentos feministas temem que aborto passe a ser criminalizado nos casos hoje permitidos por lei

Por Talita Bedinelli, no El País

Uma proposta que buscava ampliar o direito de mulheres à licença maternidade se transformou, após passar por uma comissão da Câmara liderada pela bancada evangélica, em uma pauta que pode restringir o acesso ao aborto. A medida aprovada pelo colegiado na última quarta-feira foi apelidada de “Cavalo de Troia” pelos movimentos feministas, que marcaram protestos. Ela quer introduzir na Constituição a noção de que a vida começa na concepção. Isso, segundo os movimentos feministas, pode levar à revogação do direito já pacificado à interrupção da gravidez: em casos de estupro, risco à gestante e quando o feto é anencéfalo. A medida segue para votação no plenário e, depois, ainda terá que passar pelo Senado e ser sancionada por Michel Temer. (mais…)

Ler Mais

Militantes do MAM e da CPT são presos durante intercâmbio no Zimbábue

No MAM

Hoje, 10 de novembro de 2017, três brasileiros foram presos no Zimbabwe: Frei Rodrigo Peret, militante da Comissão Pastoral da Terra de Uberlândia, Maria Julia Gomes Andrade e Jarbas Vieira, militantes do MAM – Movimento pela Soberania Popular na Mineração e membros da secretaria do Comitê Em Defesa dos Territórios Frente à Mineração.

O grupo de brasileiros participava de atividade de intercâmbio do Diálogo dos Povos Brasil e América Latina e foram detidos com mais 22 pessoas de cinco países africanos que também estavam na mesma comitiva. Eles estão detidos na delegacia central da cidade de Mutare, que fica a 270 quilômetros da capital, Harare, na fronteira com Moçambique. (mais…)

Ler Mais