Xadrez do dossiê Intercept. Por Luis Nassif

Além disso, o Intercept dá as cartas do jogo. Tem uma mina inesgotável de dados. É um jogo de poker em que quem dá as cartas, o Intercept, consegue controlar o resultado. Principalmente quando sabe que o adversário não tem mais que um par de paus.

No GGN

Dizia Vitor Hugo que nada é mais poderoso que uma ideia que chegou no tempo certo.

Tome-se o caso Lava Jato no seu auge e, agora, depois do dossiê Intercept. As mesmas cenas, o mesmo jogo político, as mesmas arbitrariedades, mas, agora, vistas de uma ótica diferente e produzindo reações completamente opostas.

(mais…)

Ler Mais

Punitivismo, antipolítica e avanço da direita: o caso da Lava Jato. Por Luis Felipe Miguel

No Justificando

Quando a Lava Jato eclodiu, muita gente a apoiou de boa fé. Os vieses da operação eram evidentes a qualquer olhar um pouco atento, mas era possível admitir o discurso de que, cedo ou tarde, a “limpeza” iria alcançar todos.

Desde o começo, os métodos eram, digamos, heterodoxos, mas também era fácil aceitar que um tanto a mais de “pressão” era o preço a pagar para romper o ciclo de impunidade. Mesmo à esquerda, colava a ideia de que a corrupção – sempre vista como um problema do caráter de alguns indivíduos, não um elemento sistêmico da relação entre capital e política – era o maior problema nacional.

(mais…)

Ler Mais

Não se pode tergiversar com os princípios constitucionais. Por Claudio Lemos Fonteles, Álvaro Augusto Ribeiro Costa, Manoel Lauro Wolkmer de Castilho e Wagner Gonçalves

No blog de Claudio Fonteles

Em 21 de fevereiro de 2016, o então juiz federal Sergio Moro, em conversa com o procurador da república Deltan Dallagnol, diz:“Olá. Diante dos últimos desdobramentos talvez fosse o caso de inverter a ordem das duas planejadas”.

(mais…)

Ler Mais

#VazaJato: Associação Brasileira de Juristas pela Democracia quer que STF inclua diálogos vazados pelo The Intercept em Inquérito sobre fake news contra a Corte

A entidade também pede que Moro preste esclarecimentos na Câmara

ABJD

A Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD) protocolou nesta quarta-feira (12/06) uma petição no Supremo Tribunal Federal (STF) para que seja incluído no Inquérito (INQ) 4781 – que investiga notícias fraudulentas (fake news) que agridem a Corte – os conteúdos das reportagens do The Intercept que mostram as combinações entre o juiz Sérgio Moro e procuradores sobre as investigações na operação Lava Jato.

(mais…)

Ler Mais

Os isentões tomam a frente do golpe. Por Luís Felipe Miguel

No Demodé

A divulgação das conversas da força-tarefa da Lava Jato com o então juiz Sérgio Moro adquiriu tal magnitude que se tornou impossível, para o establishment político e midiático, ignorá-las. A direita extremada manda suas hordas, nas redes virtuais, redobrar a virulência nos ataques ao “petismo” (categoria ampla que engloba todo o campo democrático), lançar acusações contra Glenn Greenwald e preparar falsificações para, a partir delas, tentar desmoralizar os diálogos autênticos. Ações de quem está na defensiva e não vê como sair dessa posição.

(mais…)

Ler Mais

Eugênio Aragão destrói tese de violação de privacidade: São de celulares funcionais!

O ex-Ministro da Justiça e membro do Ministério Público Federal de 1987 até 2017 explica que as conversas de procuradores e juízes via iPhones funcionais passam por servidor institucional e devem, com exceções, ser transparentes ao público

Por Eugênio Aragão, no Jornalistas Livres

NÃO SÃO PRIVADOS! Há tempos tenho chamado a atenção de colegas para o fato de que a divulgação de conteúdos de conversas da lista  @membros  não configura violação de privacidade, a uma porque tal lista é hospedada em servidor institucional; a outra porque essas conversas tratam de matéria de interesse público, não sendo lícito a procuradores portarem-se, nesse âmbito, de forma conspirativa.

(mais…)

Ler Mais

Glenn Greenwald: “a Globo e a força-tarefa da Lava Jato são parceiras”

Em entrevista à Pública, jornalista coautor das reportagens do The Intercept Brasil diz que “a grande mídia não estava reportando sobre a Lava Jato, ela estava trabalhando para a Lava Jato” e que a “arrogância de Sergio Moro causou seu comportamento antiético”

Por Thiago Domenici, na Pública

“Se você não quer esses riscos, você não deve fazer jornalismo”, afirma Glenn Greenwald sobre a série do The Intercept Brasil que revelou no último domingo trocas de mensagens nada republicanas entre o então juiz federal Sérgio Moro e a força-tarefa da Lava Jato.

(mais…)

Ler Mais

CNJ arquivou processos que julgavam parcialidade de Moro dias antes do vazamento de conversas

Por André Zanardo, no Justificando

O corregedor nacional de justiça, ministro Humberto Martins, determinou neste último dia 6 de junho, o arquivamento do pedido de providências instaurado contra o ex-juiz federal Sérgio Moro para apuração de “supostas” irregularidades cometidas na época em era titular da 13ª Vara Federal de Curitiba. O caso tramitou em sigilo no CNJ e reuniu fatos controversos do ex-juiz desde 2016 até 2018. 

Os casos arquivados, foram tratados tanto pelos juízes do TR4 quanto pelo corregedor como “mero inconformismo” e “alegações genéricas”.

(mais…)

Ler Mais

A conspiração que destruiu o Estado de Direito no Brasil. Por Marcio Sotelo Felippe, Patrick Mariano e Giane Ambrósio Alvares

Na Revista Cult

A matéria publicada pelo  The Intercept traz elementos suficientes para, em tese, fundamentar a convicção de que procuradores da Lava Jato e o então juiz Sérgio Moro teriam praticado o crime previsto no artigo 288 do Código Penal, antes denominado de quadrilha ou bando, agora “associação criminosa”: associação de três ou mais pessoas para o fim específico de cometer crimes. Para a caracterização desse delito não importa se os crimes se consumaram ou se a condenação era tecnicamente possível. Basta a chamada volunta celeris.

(mais…)

Ler Mais

Conselho Federal da OAB recomenda afastamento de Moro e Dallagnol

Entidade, reunida da tarde desta segunda-feira (10), pede afastamento para investigação após matéria do The Intercept

Redação Brasil de Fato 

O Conselho Federal da OAB, após um longo debate realizado na tarde desta segunda-feira (10), recomendou o afastamento do ministro Sérgio Moro e dos procuradores da Lava Jato, após divulgação de troca de mensagens por reportagem do The Intercept.

(mais…)

Ler Mais