MPF busca solucionar problema de 61 famílias em Monteiro (PB) prejudicadas com a transposição do São Francisco

População foi deslocada da área de cultivo, em prol do Pisf, mas até hoje não consegue produzir por falta d’água

Procuradoria da República na Paraíba

O Ministério Público Federal (MPF) em Monteiro (PB) busca solucionar o problema de 61 famílias deslocadas de suas áreas de cultivo, em prol do Projeto de Integração do São Francisco (Pisf), e que até hoje não conseguem produzir na Vila Produtiva Rural Lafayette, em razão da falta d’água.

(mais…)

Ler Mais

Sem Terra organizam produção agroecológica na Bahia em área degradada por monocultura

Mais de 70 famílias serão assentadas na área; processo faz parte da luta do MST contra a monocultivo no estado

Por Cristiane Sampaio, em Brasil de Fato / MST

A semana começou com um clima diferente para as 73 famílias do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) que agora integram o Assentamento José Martí, no município de Alcobaça, região Extremo Sul da Bahia. Na última sexta-feira (22), durante um ato político, os agricultores do local que se organizavam num esquema de acampamento receberam os lotes definitivos para a prática da agricultura familiar.

(mais…)

Ler Mais

Podcast – Agricultura orgânica: grupo de mulheres revela o casamento da faceta da raiz cultural às sementes crioulas

Por Sucena Shkrada Resk, do Blog Cidadãos do Mundo

A entrevistada desta semana, do Blog Cidadãos do Mundo – jornalista Sucena Shkrada Resk, é a agricultora familiar pernambucana Vilma Martins (terceira à direita na foto), radicada em São Paulo, que integra a composição feminina do Grupo de Agricultores Urbanos (GAU) – Culinária e Agricultura Orgânica, em União da Vila Nova – São Miguel Paulista, na capital, hoje composto por nove mulheres. A maioria são migrantes vindas do Nordeste e carregam esta raiz identitária nas práticas no campo e na culinária com benefício à saúde, com o cultivo de sementes crioulas e a manutenção de um viveiro-escola, no qual passam seus ensinamentos,  por meio da prática do processo da agricultura orgânica.

(mais…)

Ler Mais

Raposos, uma cidade que a mineração criou e destruiu

Município com prazo de validade: após escassez da mina da região, cidade se tornou um dormitório

Raíssa Lopes, Brasil de Fato

Camila Madeira é moradora de Raposos, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, mas não trabalha na cidade, assim como a maioria de seus familiares e dos mais de 15 mil habitantes de lá. “Meus primos estudam e trabalham fora, meus tios e a maior parte das pessoas. A gente depende muito de coisas que estão em outros municípios, até mesmo para atividades de lazer”, conta.

(mais…)

Ler Mais

Num quilombo em pleno Rio, mulheres formam rede de apoio e sonham em voltar a plantar

“É preciso sair dessa situação de pobreza”, diz moradora que aprendeu a fazer mistura nutricional para combater a fome

Por Angelina Nunes, Agência Pública

O olho esquerdo de Jorgina Ferreira Vieira tem cor cinza opaca. Ela conta que perdeu “a vista num galho de árvore” para depois acrescentar, meio sem jeito, que, “na verdade”, o pai de seus 11 filhos lhe deu uma surra dentro de casa e ela levou uma pancada muito forte do mesmo lado do olho machucado. Ele sumiu no mundo.

(mais…)

Ler Mais

Agricultura familiar e produção de queijo estão ameaçadas por mineração no Serro (MG)

Projeto idealizado pela empresa Herculano prevê abertura de mina a 5 km do centro histórico da cidade

Larissa Costa, Brasil de Fato

A economia tradicional da cidade do Serro, localizada na Região Central do Estado, está ameaçada pelo projeto de extração de minério de ferro que a Herculano Mineração pretende instalar na região. O alerta, feito por especialistas, é que as atividades que hoje movimentam economicamente a cidade – o turismo, a produção de queijo e a agricultura familiar – podem sofrer impactos graves.  

(mais…)

Ler Mais

Prazo para renovação de documento de agricultores familiares volta ser de dois anos, a pedido do MPF

Recomendação expedida pelo GT Agroecologia do MPF pedia revisão de prazo da Declaração de Aptidão (DAP), que dá acesso aos programas de compras das populações extrativistas

Atendendo à recomendação expedida pelo Grupo de Trabalho Agroecologia (GT Agroecologia) do Ministério Público Federal (MPF), o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) alterou o prazo de validade da Declaração de Aptidão (DAP) ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), que passa de um para dois anos. A mudança foi assinada pela titular do Mapa, Tereza Cristina Dias.

(mais…)

Ler Mais

MST incentiva produção de alimentos saudáveis em associação de moradores

As ações envolveram crianças e adultos do bairro Mathias Velho, em Canoas, no Rio Grande do Sul

Por Maiara Rauber, na Página do MST

Existem vários modos de promover a alimentação saudável. O Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) do Rio Grande do Sul realizou três ações, no último sábado (23), com o objetivo de incentivar a produção orgânica em espaços que envolvem comunidades locais. As atividades ocorreram na sede da Associação de Moradores da Vila Getúlio Vargas, no bairro Mathias Velho, em Canoas, na região Metropolitana de Porto Alegre.

(mais…)

Ler Mais

Mudança na Previdência rural fragiliza sindicatos e dificulta acesso à aposentadoria

Medida Provisória de Bolsonaro (PSL) transfere para as prefeituras a comprovação que era feita nos sindicatos rurais

Por Juca Guimarães, em Brasil de Fato / MST

O agricultor familiar Lucindo Alves é assentado da reforma agrária no município de São Domingo (GO) e está preocupado com sua aposentadoria. Ele produz milho, arroz, feijão e abóbora e cria galinhas para subsistência. A modalidade de cultivo em que Alves atua é conhecida como “sequeiro”, ou seja, só produz no período das chuvas. Com a mudança na Previdência Rural, encabeçada por Jair Bolsonaro (PSL), o agricultor tem o receio de não conseguir comprovar o tempo trabalhado e, com isso, ficar sem o benefício: “Se o governo está querendo fazer isso, é para o trabalhador morrer sem o benefício que ele tanto luta, no fim da sua vida”.

(mais…)

Ler Mais

Referência em políticas de combate à fome, Consea fechou as portas nesta quarta (30)

Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea) teve suas atividades encerradas pelo governo Bolsonaro

Rafael Tatemoto, Brasil de Fato 

O Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea) encerrou suas atividades nesta quarta-feira (30), por conta das mudanças administrativas trazidas pela Medida Provisória 870 de 2019, editada pelo governo Bolsonaro. 

(mais…)

Ler Mais