CPT realiza sua 33ª Assembleia Nacional e elege nova diretoria e coordenação executiva nacional para o próximo triênio

Entre os dias 6 e 8 de abril, foi realizada de forma virtual devido à pandemia da Covid-19, a 33ª Assembleia Nacional da CPT. Foram discutidas as prioridades de ação da Pastoral para os próximos três anos e, também, foram eleitas a nova diretoria e coordenação executiva nacional da entidade. A atividade contou com a participação remota de cerca de 77 delegados e delegadas, de todas as regiões do Brasil, que contribuíram na análise de conjuntura e na partilha das realidades dos povos do campo, das águas e das florestas em todo o país.

 Cristiane Passos, Amanda Costa e Andressa Zumpano*, na CPT

A CPT iniciou sua 33ª Assembleia Nacional com a triste notícia da perda de mais uma lutadora para a Covid-19. Fátima Barros, liderança quilombola do Bico do Papagaio (TO), foi mais uma vítima do governo de morte, instituído pela atual gestão presidencial. Fátima virou semente e deixou como legado a força da mulher negra e a luta ancestral de seu povo. Em suas palavras: “Nós somos povo Bantu, nós não morremos, nós sempre voltaremos. Nós somos os guerreiros de Zumbi e Dandara, nós somos a força do quilombo!”. Fátima Presente! 

(mais…)

Ler Mais

Nova edição da ‘lista suja’ do trabalho escravo tem 92 nomes e mais de 1.700 resgatados

Relação traz construtoras, mineradoras e empresas do setor agropecuário

Por Redação RBA

Com 92 nomes, o governo atualizou e publicou ontem (5) a chamada “lista suja”, que inclui empregadores envolvidos com trabalho análogo à escravidão. A relação inclui mais de 1.700 resgatados em 19 unidades da federação. São mais casos em Minas Gerais, com 24 nomes, na Bahia (10) – com destaque para construtoras – e no Pará (nove).

(mais…)

Ler Mais

Colosso do agronegócio nasce com casos de devastação e invasão de terras públicas

Satélites apontaram destruição de vegetação nativa em propriedades da Terra Santa Agro e da SLC Agrícola ao longo de 2020; em processo de fusão, empresas somam quase 600 mil hectares no Cerrado, uma área maior que a do Distrito Federal

Por Luís Indriunas, em De Olho nos Ruralistas

Cerca de 2 mil quilômetros separam os municípios de Tasso Fragoso, no Maranhão, e Nova Maringá, no Mato Grosso. Um trajeto que, de carro, é percorrido em dois dias de viagem quase ininterrupta, que liga a Amazônia mato-grossense a um dos últimos remanescentes intactos do Cerrado. Essa distância, no entanto, é muito mais curta do que parece.

(mais…)

Ler Mais

Projeto que beneficia agronegócio ameaça agricultura familiar capixaba

Com tramitação em urgência, PL altera Programa Nacional de Alimentação Escolar, prejudicando fornecimento por camponeses

Por Elaine Dal Gobbo, Século Diário

Apresentado em regime de urgência na Câmara dos Deputados, o Projeto de Lei 3.292/2020, que promove mudanças na lei que rege o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), é rejeitado por trabalhadores rurais do Espírito Santo. Entre as alterações, a oferta de carne suína ao menos uma vez por semana nas escolas, reserva de mercado para leite fluido, retirada da obrigação do trabalho de nutricionistas para elaboração do cardápio, e fim da prioridade às comunidades indígenas e quilombolas no fornecimento de alimentos.

(mais…)

Ler Mais

STF suspende a Ferrogrão: é preciso respeitar a Constituição

Por Marcos Saes, na Revista ConJur

No último dia 15, o ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes decidiu suspender o trâmite dos processos administrativos referentes à instalação da EF-170, a Ferrogrão. Como era inevitável, a decisão repercutiu pelo país todo. Afinal, trata-se de um projeto considerado estratégico pelo Poder Executivo. E o Brasil hoje presta mais atenção do que nunca às movimentações que ocorrem no Supremo.

(mais…)

Ler Mais

Após intimidações por luta contra agrotóxicos, pesquisadora decide deixar o país

Larissa Bombardi, autora do “Geografia do Uso de Agrotóxicos no Brasil e Conexões com a União Europeia, publicou carta-desabafo onde avisa sua decisão

Por Marcelo Santos, na RBA

A professora Larissa Bombardi, colunista da Rádio Brasil Atual e pesquisadora do Departamento de Geografia da Universidade de São Paulo (USP), publicou uma extensa carta aberta nesta quinta (18). Em tom de desabafo, ela relata ataques ao seu trabalho, sobretudo após a publicação de seu atlas “Geografia do Uso de Agrotóxicos no Brasil e Conexões com a União Europeia”, em 2019 (aqui, em PDF). As intimidações, além de outros motivos pessoais, a fizeram decidir por deixar o país.

(mais…)

Ler Mais

Mineração, agronegócio e urbanização são os vilões da qualidade da água no Brasil

Estudo indica que a simples aplicação das normas e leis já existente tem potencial de reverter o cenário atual

Nara Lacerda, Brasil de Fato

O uso desordenado do solo no Brasil vem causando impactos significativos na qualidade das águas e pode gerar graves consequências já nos próximos anos. Os principais vilões são a urbanização, o agronegócio e a mineração.

(mais…)

Ler Mais

“O Acordo entre a União Europeia e o Mercosul terá um impacto direto na subsistência e na economia das famílias camponesas”

O jornal espanhol “El Salto Diario” entrevistou Jeane Bellini, da coordenação nacional da Comissão Pastoral da Terra, sobre a situação dos povos indígenas do Brasil, os impactos do agronegócio na Amazônia, o governo Bolsonaro e as consequências do acordo comercial entre a União Europeia e os países Mercosul, entre outros assuntos. Confira:

El Salto Diario / CPT

Bellini fala devagar, em um português calmo, para que possamos entendê-la. Conversamos, é claro, pela internet, depois de uma de suas visitas a comunidades rurais. A situação no Brasil com a pandemia “está piorando”, e que “chove no molhado”. Em 2019, durante o primeiro ano de governo Jair Bolsonaro, as invasões de terras indígenas no Brasil aumentaram 135%. 60% desses conflitos por terra ocorreram na Amazônia, que também concentrava a maior violência com 84,4% das 32 pessoas assassinadas no período.

(mais…)

Ler Mais

Ferrogrão: direito à consulta aos indígenas deve ser decidido nesta sexta-feira (12)

Decisão pode orientar aplicação do direito à Consulta Livre, Prévia e Informada de indígenas e populações tradicionais do Brasil sobre obras que impactem suas vidas antes que elas sejam implantadas

ISA

O direito à consulta dos indígenas que serão impactados pela Ferrogrão pode ser decidido nesta sexta-feira (12). O Ministério Público junto ao TCU (MPC) deve se manifestar sobre a procedência de uma Representação do Ministério Público Federal que exige a consulta aos povos indígenas na fase de planejamento do projeto, decisão que pode influenciar a aplicação do direito à Consulta Livre, Prévia e Informada de povos indígenas e populações tradicionais do Brasil.

(mais…)

Ler Mais

Rede de mulheres de Tocantins promove live “Mulheres de fibra: desafios e resistências das camponesas em conflitos com o agronegócio”

Na atividade, camponesas compartilham seus desafios e resistências no enfrentamento às violações de direitos que não entraram em quarentena

CPT

A Rede de Proteção às Mulheres Camponesas Flores de Sucupira, convida todas e todos para acompanhar a live Mulheres de fibra: desafios e resistências das camponesas em conflitos com o agronegócio, no dia 11 de março, às 19h, horário de Brasília. 

(mais…)

Ler Mais