Guerra Química: Comunidades rurais do Maranhão denunciam mais de 90 ocorrências de pulverização aérea de agrotóxicos, somente em 2024

Por Carlos Henrique Silva (Comunicação CPT Nacional), com informações da CPT Regional Maranhão e da Rede de Agroecologia do Maranhão (RAMA)

Moradores do território Campestre, município de Timbiras (MA), denunciam que hoje (22 de maio), desde as 7h da manhã, na comunidade Manoel dos Santos, perceberam a movimentação de um drone sobrevoando a área da comunidade, jogando veneno de forma criminosa. Segundo informações, o drone está vindo da Fazenda Conceição, que fica ao lado da comunidade. O veneno, além de cair nas roças das famílias, atingiu várias pessoas da comunidade, inclusive, crianças que estavam indo para a escola. Na semana passada, nesta mesma localidade, um avião pulverizou veneno na plantação de arroz. A comunidade está em pânico e pede que medidas sejam tomadas o mais rápido possível. (mais…)

Ler Mais

‘No ritmo em que está a destruição dos campos, o Pampa vai acabar’, avisa pesquisador

Valério Pillar aponta os vilões: a monocultura da soja, os agrotóxicos, o descaso dos governos e a fiscalização ausente

Por Katia Marko, no Brasil de Fato

Professor do Departamento de Ecologia do Instituto de Biociências da Ufrgs, Valério Pillar há mais de 20 anos adverte para um equívoco que cometem leigos e mesmo conhecedores do meio ambiente: achar que derrubar uma floresta é um problema, mas devastar o campo nativo não é. (mais…)

Ler Mais

Abrasco lança publicações sobre efeitos dos agrotóxicos na saúde reprodutiva

Projeto realizado em parceria com o Centro de Direitos Reprodutivos de Bogotá contou com a participação de mais de 40 pesquisadores, incluindo movimentos sociais. Produtos incluem um relatório e um almanaque

Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela Vida

Dentre os diversos efeitos que os agrotóxicos causam na saúde humana, um conjunto deles provoca especial preocupação: os efeitos relacionados à saúde reprodutiva. Isso porque afetam não só as pessoas diretamente expostas aos agrotóxicos, mas também as futuras gerações; pessoas que nem nasceram ainda podem sofrer os efeitos pela exposição dos pais. (mais…)

Ler Mais

Empresas de agrotóxicos financiam ativistas contrários à ocupação, denuncia MST

Fazenda Coqueirinho atende aos requisitos para desapropriação e reforma agrária, afirmam acampados

Por Fernanda Couzemenco, Século Diário

Empresas de agrotóxicos financiam ativistas do Movimento Invasão Zero, contrário à ocupação da Fazenda Coqueirinho, em São Mateus, norte do Estado. A denúncia é do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), que organiza as mais de 200 famílias integrantes da ocupação, iniciada na última quarta-feira (17), como parte da Jornada Nacional de Luta pela Reforma Agrária. (mais…)

Ler Mais

Estudo identifica pelo menos três mortes ao ano provocadas por agrotóxicos em Goiás

Pesquisadores da Universidade de Rio Verde identificaram 2.938 casos de intoxicação entre 2012 e 2022, que causaram câncer e outras doenças; perfil dos afetados coincide com o dos trabalhadores do agronegócio

Por Nanci Pittelkow, em De Olho nos Ruralistas

Um grupo de sete pesquisadores da Universidade de Rio Verde, em Goiás, analisou dados do Ministério da Saúde entre 2012 e 2022 e localizou 2.938 notificações de intoxicação por agrotóxicos. A média anual é de 267,09 casos, com taxa de letalidade de 1,46%. Ou seja, 33 óbitos no período, pelo menos três mortes ao ano. (mais…)

Ler Mais

Ruralistas tentam atropelar governo para beneficiar o agro e a indústria de alimentos na reforma tributária

Projetos apresentados pela bancada ruralista para regulamentar a reforma, em geral, abrem brecha para isentar alimentos nocivos à saúde, como ultraprocessados, contrariando diretriz do governo. E dão mais benefícios ao setor de agrotóxicos e transgênicos

Por Redação RBA

Deputados da bancada ruralista e de outras dominadas pela oposição trabalham para beneficiar o agronegócio e a indústria de alimentos ultraprocessados na regulamentação da reforma tributária, aprovada no final do ano. Esses parlamentares, ligados a 23 frentes parlamentares na Câmara, já apresentaram 13 projetos de lei nesse sentido. O objetivo é protagonizar a discussão sobre o tema e pressionar e fazer o governo recuar. (mais…)

Ler Mais

MP recorre de decisão que negou prisão a pecuarista que fez desmate químico no Pantanal

Com 11 fazendas no Mato Grosso, pecuarista Claudecy Oliveira Lemes aplicou herbicidas por três anos e gastou R$ 25 milhões só na compra dos agrotóxicos.

ClimaInfo

O Ministério Público de Mato Grosso recorreu da decisão, proferida em 18 de março, que negou o pedido de prisão do pecuarista Claudecy Oliveira Lemes. Ele é investigado por gastar mais de R$ 25 milhões num desmatamento químico em áreas que somam 81 mil hectares – equivalente à cidade de Campinas (SP) – no Pantanal mato-grossense. De acordo com o MP, foi o maior dano ambiental já registrado no estado, destaca o g1. (mais…)

Ler Mais