Syngenta patrocina viagem de parlamentares ruralistas brasileiros à Suíça

Viagem ocorreu após proibição de uso no Brasil de substância produzida pela empresa transnacional

Rafael Tatemoto, Brasil de Fato

Parlamentares brasileiros integrantes da bancada ruralista realizaram uma viagem à Suíça com o apoio da transnacional Syngenta, uma das maiores produtoras de agrotóxicos. A visita ao país ocorreu após a Agência Nacional da Vigilância Sanitária proibir o uso e comercialização do paraquate, agrotóxico banido em diversos países. (mais…)

Ler Mais

O agronegócio predador envenena a terra e mata gente, por Jacques Távora Alfonsin

No Sul 21

A violenta e extraordinariamente danosa agressão imposta a terra pelos venenos agrícolas, responsáveis por consequências de difícil – por vezes irrecuperável – sustentabilidade do meio ambiente natural, tem sido denunciada e combatida em todo o mundo, inclusive por sucessivas declarações da ONU, realizadas em 1972 (Estocolmo), Rio 92 e Rio + 20, essa em 2012, ambas no Rio de Janeiro. (mais…)

Ler Mais

“O governo não é complacente com o agronegócio. O agronegócio está no governo. O agronegócio é o governo.” Entrevista especial com Leonardo Melgarejo

Por Vitor Necchi, no IHU

O Diário Oficial da União publicou no dia 6 de novembro a liberação do Benzoato de Emamectina. A decisão causou estranhamento e protesto, porque este veneno, conforme Leonardo Melgarejo, não tem similares. “É o pior que pode ser oferecido”, resume. “A prioridade à morte das lagartas, a despeito das ameaças à saúde da população, é por demais desrespeitosa para ser aceita.” O especialista sustenta que a decisão da Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa deve ser explicada para a sociedade. (mais…)

Ler Mais

Operação Deriva II: Fiscalização conjunta interdita oito aeronaves agrícolas em MS

Uma das empresas investigadas foi autuada em R$ 1,6 milhão por irregularidades na pulverização de agrotóxicos

Por Núcleo de Comunicação da Operação Deriva II, no MPF

Foi deflagrada nesta segunda-feira (20) a operação Deriva II, uma fiscalização voltada ao combate de irregularidades na aplicação de agrotóxicos por empresas de aviação agrícola em Mato Grosso do Sul. Hangares localizados nos municípios de Ponta Porã, Rio Brilhante e Aral Moreira foram alvo das diligências, que continuam nesta terça-feira (21). A ação é desdobramento da Deriva, que ocorreu em março deste ano e resultou em sete aeronaves apreendidas e quatro empresas autuadas. (mais…)

Ler Mais

O agro MATA!

Por Josiene da Costa e Bruno Pilon, do MPA, no Mídia Ninja

Durante a passagem que narra o julgamento de Jesus Cristo, talvez uma das expressões que marcaram esse fato é o momento onde Pôncio Pilatos decide não se envolver com o problema da condenação de Jesus, e lava suas mãos o entregando a Herodes. Dois mil anos se passaram e seguimos vendo os verdadeiros responsáveis seguidamente “lavando as mãos” aos problemas que eles mesmo causaram e deveriam ao menos reparar os seus danos. (mais…)

Ler Mais

Outdoor com propaganda de agrotóxico leva MPF a propor Ação Civil Pública contra Anvisa e mais quatro empresas

Em Mato Grosso do Sul foram fixados nove outdoors referentes ao fungicida “Unizeb Gold” em seis municípios

MPF/MS

O Ministério Público Federal (MPF) em Dourados (MS) propôs junto à Justiça Federal Ação Civil Pública (ACP) contra a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e as empresas UPL do Brasil, MS Door, Agromídia e Duas Propaganda e Promoção. A medida judicial visa a condenação das quatro empresas pela exposição ilícita de propagandas de agrotóxicos e a condenação da Anvisa à obrigação de fazer, que consiste na edição de restrições legais à publicidade de agrotóxicos, mediante regulamentação da legislação vigente. (mais…)

Ler Mais

‘Cana é o 28° estado da federação. O mais rico, que manda no Brasil’

Segundo Ângelo Cavalcante, professor de Economia na Universidade Estadual de Goiás, o Brasil é governado por um “oligopólio de canavieiros isento de impostos, que despeja agrotóxicos 24 horas por dia”

por Redação RBA

São Paulo – A cultura da cana, que se espalha por regiões fronteiriças dos estados do Paraná, Mato Grosso do Sul, Goiás, São Paulo e Minas Gerais, isenta de impostos, destruindo ecossistemas, sugando as águas do Aquífero Guarani, ganha contornos e já se configura como o 28º estado da federação. (mais…)

Ler Mais

A redução da presença de resíduos em alimentos só será feita por pressão do consumidor. Entrevista especial com Amir Bertoni Gebara

Patricia Fachin – IHU On-Line

A pedido do Greenpeace, o Laboratório de Resíduos de Pesticidas do Instituto Biológico de São Paulo analisou a quantidade de resíduos de agrotóxicos presentes em uma série de alimentos à venda em São Paulo e Brasília. Sobre o resultado geral da análise, o pesquisador do Instituto, Amir Bertoni Gebara, é categórico: “Esperávamos que o número de alimentos com resíduos fosse menor, mas também não esperávamos que fosse zero. Aconteceu de em algumas amostras, como a do pimentão, encontrarmos sete diferentes produtos. Não que isso já não tenha acontecido antes, em outras ocasiões, mas continua acontecendo, e isso é ruim”. (mais…)

Ler Mais