Raquel Dodge pede ao STF para reabrir caso que discute anistia a militares

No DC

Mais de dois anos após ter sido suspensa pelo Supremo Tribunal Federal (STF), uma ação penal contra cinco militares acusados pela morte do deputado federal Rubens Paiva, em janeiro de 1971, ganha reforço da procuradora-geral da República, Raquel Dodge.

Em manifestação enviada no dia 1º de fevereiro, ela pede que o caso seja desarquivado e julgado pela Corte. O pedido poderá levar o STF a rediscutir o alcance da anistia dada aos agentes da ditadura militar (1964-1985) e reconhecida pela própria Corte em 2010. (mais…)

Ler Mais

Liderança indígena é assassinada dentro de reserva no Oeste de SC

Homem de 38 anos levou golpe de facão no pescoço. Polícia deve pedir prisão de suspeito do crime nos próximos dias.

Por G1 SC

Um indígena de 38 anos, liderança da Aldeia Pinhalzinho, no Oeste catarinense, foi assassinado com um golpe de facão dentro da reserva Xapecó, no município de Ipuaçu. O crime ocorreu por volta de 1h30 de domingo (11), segundo a Polícia Militar. A vítima, Valmir Antonio de Freitas Soares, morreu no local com um corte no pescoço.

(mais…)

Ler Mais

Assassinato de líder de assentamento pode ter ligação com disputa de terras, diz polícia em MT

Carlão, como era conhecido, foi morto a tiros nessa quarta-feira (7) em frente à Prefeitura de Paranatinga (MT), a 411 km de Cuiabá (MT). Ele havia registrado boletins de ocorrência sobre ameaças em 2017 e seu assassinato pode ter motivação relacionada à disputa de terras.

Do G1 MT, na CPT

O assassinato de Carlos Antônio da Silva, de 51 anos, líder de um assentamento rural, pode ter motivação relacionada à disputa de terras em Mato Grosso. Carlão, como era conhecido, foi morto a tiros nessa quarta-feira (7) em frente à Prefeitura de Paranatinga, a 411 km de Cuiabá. (mais…)

Ler Mais

BR-116, rodovia da morte: menina e moça indígenas são mortas por atropelamento no RS

Motorista que atropelou duas irmãs Guarani Mbya, de 9 e 21 anos, fugiu sem prestar socorro. “Isso acontece anualmente”, lamenta cacique de aldeia à margem da rodovia

Por Cristina Ávila, Cimi

Duas irmãs Guarani Mbya – uma menina de 9 anos e uma jovem de 21 – morreram atropeladas às 6h30 dessa segunda-feira (5/2), ao tentarem atravessar a BR-116, na altura do Km 318, cerca de 70 km da capital gaúcha, no município de Barra do Ribeiro. Elas saíam da área indígena Passo Grande, vizinha à aldeia Guapoy, onde foram veladas e moravam. Com o impacto, a moça foi arremessada para fora da pista e o carro passou por cima da criança de nove anos. O motorista fugiu, mas pelos pedaços de faróis e para-choque, que ficaram no asfalto, já se sabe que dirigia um veículo de passeio, cor cinza. A Polícia Rodoviária Federal colheu os materiais no local do acidente, para futuro inquérito. (mais…)

Ler Mais

20 anos da morte de Sebastião Camargo e um assassinato que se repete muitas vezes

Trabalhador sem-terra foi assassinado por presidente de União Democrática Ruralista, no Paraná

Fernando Prioste*, Brasil de Fato

Há 20 anos, em Marilena, interior do Paraná, uma organização criminosa de fazendeiros realizou um despejo violento ilegal contra integrante do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) que ocupavam a Fazenda Boa Sorte, que já estava em processo de destinação para reforma agrária.   (mais…)

Ler Mais

Disseminação de facções tem impacto profundo na violência geral, diz pesquisadora

Fracasso de políticas prisional e de segurança pública – incluindo a guerra às drogas – superlota prisões e fortalece facções geradas nos presídios, atualmente em disputa, explica autora de livro sobre o PCC

Ciro Barros, da Agência Pública

Desde meados de 2016, as duas maiores facções criminosas do Brasil estão rompidas. A disputa entre a facção paulista Primeiro Comando da Capital (PCC) o Comando Vermelho (CV) está presente nos conflitos que extrapolaram as cadeias e atingem a população de Manaus, Boa Vista, Porto Velho, Natal e o Rio de Janeiro. Recentemente, o secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária do Goiás, Ricardo Balestreri, admitiu que a disputa entre as facções foi o principal motivo da rebelião que deixou nove mortos e 14 feridos no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia logo no primeiro dia do ano. (mais…)

Ler Mais