Polícia é principal responsável por mortes intencionais de crianças e adolescentes em SP

Estudo feito a pedido da Unicef, com base em dados da Secretaria da Segurança Pública, aponta que mortes causadas por policiais superaram os homicídios dolosos (com intenção de matar), com 580 mortes entre 0 e 19 anos na capital de 2014 a 2018

por Arthur Stabile, em Ponte Jornalismo

A principal causa de mortes intencionais de crianças com menos de um ano e adolescentes e jovens de até 19 anos na cidade de São Paulo é a ação das polícias, seja Civil ou Militar. O índice faz parte de um estudo da Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância), que integra a ONU (Organizações das Nações Unidas).

(mais…)

Ler Mais

MPF deve investigar ação de militares que resultou em duas mortes no Rio de Janeiro, defende Câmara de Controle Externo

Posicionamento da 7CCR questiona decisão do CNMP, que determinou arquivamento de investigação do MPF sobre caso dos 80 tiros

O Ministério Público Federal (MPF) tem atribuição para investigar crimes cometidos por militares contra civis, entre eles a ação do Exército que resultou na morte do músico Evaldo Rosa e do catador de materiais recicláveis Luciano de Barros Goes, em abril deste ano no Rio de Janeiro. É o que defende a Câmara de Controle Externo da Atividade Policial e Sistema Prisional do MPF (7CCR), em memorando enviado à procuradora-geral da República, Raquel Dodge, nesta sexta-feira (14). O documento, assinado pelo coordenador da 7CCR, o subprocurador-geral da República Domingos da Silveira, questiona a decisão do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), que determinou o arquivamento da investigação do MPF sobre o caso.

(mais…)

Ler Mais

MPF acompanha apurações sobre assassinato de militante do MST

Aluciano Ferreira dos Santos foi assassinado em 5 de junho, em Brejo da Madre de Deus (PE)

Procuradoria da República em Pernambuco

O Ministério Público Federal (MPF) em Caruaru (PE) instaurou procedimento para acompanhar as investigações relacionadas ao homicídio de Aluciano Ferreira dos Santos, militante do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), em 5 de junho, no município de Brejo da Madre de Deus, no agreste pernambuco. O despacho de instauração foi assinado pelo procurador da República Luiz Antônio Miranda de Amorim Silva.

(mais…)

Ler Mais

Disputa por terra pode ter levado a assassinato de sindicalista no Pará

Polícia Civil de Rio Maria trabalha com duas linhas principais de investigação para a morte com sinais de execução de Carlos Cabral; nossa reportagem esteve lá e conta como os conflitos de terra fazem da região a líder de chacinas no país

Por Ciro Barros, Agência Pública

Em silêncio, trabalhadores rurais sentados em um arco de cadeiras de plástico evitavam olhar o caixão colocado no meio da sala de reuniões do Sindicato de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Rio Maria (STTR de Rio Maria), município que fica na região sul do Pará, localizado a 960 quilômetros da capital Belém. A salinha de piso de concreto batido em tons amarelados e forro de plástico branco esburacado era o palco do velório de Carlos Cabral Pereira, 58 anos, presidente do sindicato, morto a tiros na última terça-feira, com claros sinais de execução, segundo a Polícia Civil. Aos poucos, a sala foi se enchendo. Alguns carros de som circularam pelas ruas do município durante todo o dia seguinte após a morte convidando a população a despedir-se de Carlos no velório realizado nesta quarta-feira, 12 de junho. Em um dos momentos mais emocionantes, familiares e amigos entoaram orações e cânticos em memória do sindicalista.

(mais…)

Ler Mais

MPF vai acompanhar as investigações do assassinato de Carlos Cabral em Rio Maria (PA)

Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais foi morto a tiros ontem (11), na cidade que tem um histórico sangrento de lideranças mortas por conflitos agrários

Ministério Público Federal no Pará

O Ministério Público Federal (MPF) abriu procedimento para acompanhar as investigações sobre o assassinato a tiros do sindicalista Carlos Cabral Pereira, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Rio Maria, no sudeste do Pará. 

(mais…)

Ler Mais

No interior do Pará, terceiro presidente do mesmo sindicato é assassinado em 34 anos

Todos os homicídios foram em Rio Maria, cidade conhecida como “A terra da morte anunciada”

por Igor Carvalho, em Brasil de Fato

Na tarde desta terça-feira (11), Carlos Cabral Pereira, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) de Rio Maria, na região sudeste do Pará, foi assassinado. De acordo com testemunhas, dois homens em uma moto preta teriam disparado contra o ativista. Fontes da Comissão Pastoral da Terra (CPT) confirmaram o homicídio.

(mais…)

Ler Mais

Nota Pública da CPT – Fazendeiro mandante do assassinato de líder rural é preso no Pará

Na CPT

A Comissão Pastoral da Terra no Pará (CPT-PA) divulga, nesta segunda-feira, 10, Nota Pública sobre a prisão do fazendeiro José Carlos Silva, identificado pela Polícia Civil como mandante do assassinato da liderança da ocupação da “Fazenda Pontal”, no município de Santa Maria das Barreiras (PA), Juvenil Martins Rodrigues, conhecido como “Foguinho”. Silva é irmão do ex-governador e atual deputado federal pelo estado de Goiás, Alcides Rodrigues Filho, recentemente condenado a 10 anos e 10 meses de prisão pela prática de crimes eleitorais. Confira o documento:

(mais…)

Ler Mais

Brasil atinge maior nível histórico de assassinatos, aponta Atlas da Violência. E 75,5% são de negros

Levantamento aponta que, em 2017, o Brasil teve 65.602 pessoas assassinadas; 75,5% das vítimas de homicídio são negras

Por Ingrid Soares, do Correio Braziliense, no EM

Um levantamento do Atlas da Violência de 2019, realizado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública aponta que em 2017, o Brasil teve 65.602 pessoas assassinadas. Trata-se do maior nível histórico de letalidade violenta intencional no país.

(mais…)

Ler Mais

Por que é tão fácil matar e deixar morrer

Fausto Salvadori, editorial Ponte Jornalismo

No segundo dia de massacre de detentos em presídios privatizados de Manaus (AM), quando a contagem de corpos alcançou a marca de 55 pessoas assassinadas, as principais emissoras de tevê do país interromperam sua programação para transmitir, ao vivo, as últimas informações sobre… a morte de Gabriel Diniz, que cantava Jenifer, a que não era sua namorada, mas poderia ser.

(mais…)

Ler Mais